Começar um diálogo rompendo o silêncio previamente estabelecido em uma sala de reuniões, no momento da sua entrevista, é um desafio e tanto, não é mesmo?

Imagina agora que você deve fazer isso em outro idioma. Algumas pessoas chegam a suar frio só de pensar nessa situação.

O seu objetivo em uma entrevista deve ser causar uma boa primeira impressão e passar todas as suas principais qualidades para o entrevistador. Mas eu te pergunto, você sabe como começar e manter o diálogo até chegar nesse ponto?

Se a resposta foi não, mantenha a calma. Neste artigo eu vou te ajudar a superar este problema e estruturar suas frases de maneira compreensível, interessante e, o melhor, descomplicada.

 

Como cumprimentar alguém em inglês

 

Para iniciar qualquer diálogo de maneira educada, você deverá ter na ponta da língua algumas saudações, afinal, além de precisar delas na entrevista em si, você pode esbarrar com seu futuro chefe ou algum colega no corredor, e é aí que já começa o seu  networking.

Pensando nisso, separei pra você os melhores cumprimentos e pronomes de tratamento, e vou te explicar quando você deve usar cada um.

Vamos começar pelos formais, ou seja, esses são os que você deve usar na entrevista ou quando encontrar o seu futuro chefe, ok?

 

Saudações formais

  • Good morning - Cumprimento usado ao encontrar alguém pela manhã (semelhante ao “bom dia” no português);

  • Good afternoon - Cumprimento usado ao encontrar alguém após o almoço, durante toda a tarde (semelhante ao “boa tarde” no português);

  • Good evening - Cumprimento usado ao encontrar alguém durante a noite (semelhante ao “boa noite” no português, porém, usado ao chegar em algum lugar);

  • Good night - Cumprimento usado ao se despedir de alguém durante a noite (também semelhante ao “boa noite” no português, porém usado apenas em despedidas).

 

Tratamentos formais

  • Mr. acompanhado de sobrenome - para homens;

  • Mrs. acompanhado de sobrenome - para mulheres casadas;

  • Miss acompanhado de nome ou sobrenome - para mulheres solteiras;

  • Sir. - para homens de mais idade;

  • Ma’am - para mulheres de mais idade.

 

Beleza, agora ao encontrar algum colega pelos corredores da empresa, você não vai querer parecer careta tratando ele de maneira tão formal, certo? Para essa situação, você deve usar as seguintes saudações e pronomes.

 

Saudações informais

Nessas situações são usados: Hello; Hi; Hey; Howdy; e Yo. Todas essas palavras no fundo tem a mesma funcionalidade, dizer “olá” para um colega de maneira informal e descontraída.

 

Tratamentos informais

Aqui, você pode usar alguma das seguintes opções para se referir ao seu amigo: thereyoumanbuddy; e dude.

 

Principais perguntas e respostas

 

Seguindo os padrões de um diálogo normal, você já deve esperar o que vamos aprender agora, certo? Perguntar como a pessoa está vai demonstrar, além de educação, simpatia e interesse pela pessoa.

Sendo assim, veja abaixo as formas que preparei, para continuar o diálogo com cada pessoa.

 

Perguntas formais

Para seu chefe, escolha uma das seguintes:

  • How do you do?;

  • How are you doing?;

  • How's everything?;

  • How are you?;

  • How's it going?.

 

Perguntas informais

Para o colega do corredor:

  • What's up?;

  • What's happening?;

  • What have you been up to?;

  • What's going on?;

  • What's new?;

  • Are you okay? - Apenas no caso de você notar que há algo errado com a pessoa.

 

Respostas em geral

Para responder a essas perguntas, existem algumas estruturas que podem ser usadas e mescladas, para te dar mais opções de combinações e não se tornar repetitivo, já que é algo que você responderá constantemente.

Quando perguntarem sobre seu estado, você poderá seguir o seguinte esquema:

 

 

Vozes no inglês

 

Para prosseguir com o seu diálogo, é importante entender como a língua inglesa se constrói. Para isto, vamos entender agora duas formas presentes em todos os tempos verbais, para estruturar uma frase afirmativa, a ativa e a passiva.

 

Ativa

A forma ativa é constituída, necessariamente, pela sequência: sujeito + verbo + objeto. Sendo o verbo conjugado no respectivo tempo e o objeto presente apenas quando requisitado.

Para clarear o entendimento, veremos agora alguns exemplos:

  • It’s raining - It (Sujeito) is (Verbo auxiliar) raining (Verbo principal);

  • Rafael (Sujeito) bought (Verbo) a new pen (Objeto);

  • Monica is writing;

  • Felipe (Sujeito) fixed (Verbo) the car (Objeto);

  • Mike (Sujeito) will (Verbo auxiliar) make (Verbo principal) lunch today (Objeto).

 

Passiva

Já a forma passiva é constituída pela sequência: objeto + verbo + “by” + sujeito. O verbo é formado sempre por verbo “to be”, atuando como verbo auxiliar, seguido pelo “past participle” do verbo.

A seguir veremos alguns exemplos:

  • English (objeto) is (verbo “to be”) taught (verbo principal) by her (sujeito);

  • The movie (objeto) was (verbo “to be”) recorded (verbo principal) by Johny (sujeito);

  • The car (objeto) is (verbo “to be”) driven (verbo principal) by Michael (sujeito);

  • Dinner (objeto) will be (verbo “to be”) made (verbo principal) by Susan (sujeito).

 

Aspectos verbais

 

Para construir frases em inglês, muitas pessoas encontram grande dificuldade ao se deparar com um obstáculo, o tempo verbal. Para superar esse obstáculo, vou te propor o seguinte: que tal mudar a forma de enxergar a estruturação da frase, analisando então o aspecto verbal da mesma?

Se você não sabe do que se tratam os aspectos verbais, não se preocupe que agora eu vou te explicar direitinho. Se o tempo verbal tem como função indicar quando uma ação ocorre, o aspecto verbal, por sua vez, deve explicar como esta ação acontece.

No inglês existem três aspectos verbais, que podem ser usados em todos os tempos. Veremos agora cada um deles, com definição e exemplos.

 

Simple

Esse aspecto verbal revela uma verdade como fato verificável no tempo a que estivermos nos referindo. Não revela nada sobre a duração dos eventos ou conexão com outros eventos na linha do tempo.

Veja alguns exemplos de simple present:

  • I love coffee;

  • I play the guitar;

  • My brother is a doctor.

 

Para fixar o entendimento, veja agora alguns exemplos de simple past:

  • I was born in a very small town;

  • She bought a new car;

  • I used to play the piano.

 

Este aspecto pode ainda ser combinado com o aspecto perfect, como veremos mais à frente.

 

Continuous

O aspecto continuous é usado para descrever ações que estão em progresso no momento do diálogo, preenchendo a linha do tempo.

Para isto, utiliza-se uma união de um verbo auxiliar com o verbo principal. O verbo auxiliar, sendo “to be”, é quem se articula no tempo para fazer a conjugação, enquanto o verbo principal fica sempre fixo no “gerund”. Isto ficará mais claro nos exemplos abaixo:

  • Past continuous: We were studying last night;

  • Present continuous: We are studying now;

  • Future continuous: I will be studying the whole weekend.

 

Este aspecto também pode ser combinado com o aspecto perfect, é o que veremos a seguir.

 

Perfect

 

O aspecto perfect é usado para relacionar uma ação a algum segundo momento ou ação. Ele nos permite falar de coisas que aconteceram antes ou depois de algum marcador de tempo. Pode ser combinado com os dois aspectos anteriores. Veja alguns exemplos:

  • Present perfect simple: I have worked for the same company for 5 years;

  • Present perfect continuous: I have been working for the same company for 5 years;

  • Past perfect simple: I had worked for the same company for 5 years;

  • Past perfect continuous: I had been working for the same company for 5 years;

  • Future perfect simple: I will have worked for the same company for 5 years;

  • Future perfect continuous: I will have been working for the same company for 5 years;

 

Vamos treinar?

 

Agora que você já está de posse de todo esse conhecimento, que tal praticar um pouco? A professora Aline Coutinho, traz, nesta vídeo-aula do nosso curso “ Inglês para processos seletivos”, vários diálogos para você praticar com situações cotidianas e ganhar confiança na hora de iniciar um diálogo durante o seu processo seletivo em inglês.

 

 

Não pare por aqui!

 

Espero que, com essas dicas, você tenha se motivado e percebido que, com um pouco de esforço, você pode vencer mais esta importante etapa do seu processo seletivo.

Neste artigo, busquei apresentar para você as melhores formas de se iniciar um diálogo, de cumprimentos, perguntas e respostas até algumas das mais utilizadas estruturas em inglês.

Mas isso não é tudo, para arrasar na sua entrevista, você deverá aprender como falar sobre suas informações pessoais, como falar sobre seus estudos, como falar sobre sua experiência profissional e como agradecer e se despedir.

Se você deseja aprender tudo isso, não deixe de acessar os próximos artigos da série e fazer o curso completo “ Inglês para processos seletivos”, clicando no botão abaixo.