Um dos meios eficientes para assegurar que a empresa tenha um desempenho satisfatório, é o uso contínuo dos sistemas de controles internos. Estes proporcionam segurança para a administração na busca que seus objetivos e metas estabelecido sejam atingidos. Um desses sistemas é o fluxo de caixa com análise bancária.

Logo, seja qual for o processo, é importante que a empresa tenho meios de controlá-los, que variam de acordo com a complexidade dos mesmos. Quanto as movimentações financeiras, especificamente, a necessidade de registro e controle é intrínseca, visto que as análises oriundas das mesmas são fundamentais para as tomadas de decisões futuras.

O principal objetivo da planilha é oferecer uma ferramenta prática e objetiva para controle e análises das movimentações de caixa de uma empresa, além de estratificá-las por banco, o que possibilita maiores análises.

 

Veja na vídeo-aula abaixo o funcionamento da planilha

 

 

Entenda a Ferramenta

 

Para começar a usar o fluxo de caixa com análise bancária, é preciso entender a ferramenta primeiro. A página inicial possui a estrutura mostrada abaixo. Utilize os botões para navegar entre as abas. Basta clicar no botão e você será direcionado para a aba respectiva. Os gráficos apresentados são uma amostra do que contém nas respectivas abas. Os resultados presentes neste exemplo são meramente ilustrativos.

 

 

Contas

 

A primeira aba de contas tem o intuito de reunir informações básicas sobre a empresa, já as discriminando em seus diferentes tipos. Os campos marcados em pretos tidos como “tópicos” e os seus subtópicos deverão ser preenchidos de acordo com a realidade da empresa. No exemplo abaixo, tem se o tópico de Receita, que deve ser preenchido com os produtos e serviços que geram receita para a empresa.

 

Bancos

 

O segundo tipo de cadastro diz respeito aos bancos relacionados às contas da empresa. Nessa aba, deverão ser listados todos os bancos para avaliação do fluxo de caixa, conforme exemplo:

 

 

Receitas e Despesas

 

As receitas e despesas possuem campos para acompanhamento detalhado do fluxo de caixa com análise bancária para os dozes meses do ano. O preenchimento da mesma é intuitivo e deve ser feito de modo a possibilitar um gerenciamento preciso.

  • Data: data da movimentação;

  • Item: discriminação objetiva do item de modo a facilitar a identificação;

  • Plano de Contas: preenchimento com o plano de contas referente, de acordo com a aba anterior;

  • Banco: banco referente;

  • Entrada: indicar o valor que está “entrando” no caixa da empresa;

  • Saída: indicar o valor que está “saindo” do caixa da empresa;

  • Situação: selecionar a situação atual do pagamento. Caso a mesma se modifique, esta deve ser atualizada.

 

 

DRE

 

A Demonstração do Resultado do Exercício visa evidenciar a formação do resultado líquido em um exercício, através do confronto das receitascustos e resultados, oferecendo uma síntese financeira dos resultados operacionais e não operacionais de uma empresa em certo período. Embora sejam elaboradas anualmente para fins legais de divulgação, em geral são feitas mensalmente para fins administrativos.

Com o preenchimento da aba anterior, a planilha irá apresentar a DRE referente a cada mês, conforme o exemplo:

 

 

DRE por Banco

 

Nessa aba encontramos a Demonstração do Resultado do Exercício por Bancos. No campo ao lado de “Banco”, onde nesse exemplo está escrito “Banco 1”, perceba que existe uma barra de rolagem de modo a possibilitar a escolha do banco. Basta selecionar o banco desejado e as informações da DRE serão retornadas com base no banco escolhido.

 

 

Fluxo de Caixa

 

A aba de Fluxo de Caixa é interessante por apresentar de forma objetiva as informações acumulativas mensais de despesas e receitas, sendo possível ainda realizar um comparativo entre o realizado e planejado.

  • Realizado: apresenta o realizado em cada mês, de acordo com as receitas e despesas preenchidas;

  • Variações: mostra as variações entre um determinado mês e o subsequente, tanto para as receitas quanto para despesas e saldo final;

 

 

  • Projetado: deve ser preenchido com os valores de receitas e despesas projetados para cada mês;

  • Projetado x Realizado: faz o comparativo mensal entre os valores projetos e realizados;

 

 

  • Gráficos:

    • Realizado: ilustra os valores de receita, despesas e saldos realizados;

    • Projetado: ilustra os valores de receita, despesas e saldos projetados;

 

 

Fluxo de Caixa com Análise Bancária

 

Com a seleção do banco na etapa anterior, os fluxos de caixas mensais apresentados nessa aba, serão referentes ao banco selecionado.

 

 

 

Que tal aprender mais?

 

Para que você possa continuar aprendendo sobre fluxo de caixa com análise bancária, separei alguns estudos de caso para você!

 

BM Salotti, MM Yamamoto - Revista Contabilidade & Finanças, 2004 - SciELO Brasil
 

G Barbieri - Caderno de Estudos, 1996 - SciELO Brasil
 

D Cardoso, HF Amaral - Encontro Nacional de Engenharia de …, 2000 - abepro.org.br
 

L Endler - Contexto, 2004
 

KSP Sales, JTV Lourenço - avm.edu.br