Você já se pegou no “mundo da lua” enquanto deveria estar prestando atenção em uma aula ou em uma reunião de trabalho?

Sem dúvidas, a dificuldade em se manter focado prejudica seu desempenho no trabalho e nos estudos, além da sua capacidade de liderar outras pessoas.

De acordo com as teorias do autor Daniel Goleman, é possível, seguindo alguma práticas, aumentar o seu foco e melhorar o seu desempenho.

Neste resumo, explicaremos todos esses métodos que são discorridos ao longo do livro.

 

Sobre a obra

 

O livro Foco (2013), do original em inglês “Focus”, escrito por Daniel Goleman, é um guia para se dominar o recurso mais raro dos nossos tempos: o foco.

Com base em pesquisas científicas, o livro nos revela que dominar o nosso foco em um mundo onde estamos cercados de distrações é a chave para o sucesso profissional e realização pessoal.

Dito isso, se você deseja se inteirar de todos os detalhes do livro, a edição completa está disponível para compra no link:

  • Foco (versão em português).

  • Focus (versão em inglês).

 

Sobre o autor

 

Daniel Goleman é um psicólogo e ex-jornalista científico. Trabalhou no The New York Times por 12 anos e é autor de 13 livros, entre eles o best-seller Inteligência Emocional.

Ele concluiu seu PhD na Universidade de Harvard, onde também foi professor.

Atualmente, é co-diretor do Consórcio para Pesquisa sobre Inteligência Emocional entre as organizações e é membro do Conselho do Instituto Mente & Vida.

 

Esse livro é indicado para quem?

 

Esta obra é indicada para trabalhadores e estudantes que querem aumentar seu foco e sua produtividade ou para qualquer um que queira viver uma vida focada e consciente.

Além disso, o conteúdo do livro contempla também líderes que desejam canalizar suas energias de forma eficaz e melhorar o relacionamento com seus funcionários.

 

Ideias principais do livro

 

Os pontos de destaque do livro são:

 

  • Existem três categorias de foco essenciais para uma vida altamente funcional: foco interior, foco exterior e foco no outro.

  • Atenção seletiva é a capacidade de se concentrar em uma tarefa, apesar das distrações sensoriais e emocionais.

  • Emoções interferem no foco, completar uma tarefa é mais difícil quando você está chateado.

  • A atenção fica mais forte e mais nítida com o uso, exercício e prática.

  • Os jovens de hoje, membros da primeira geração digital, estão crescendo mais sintonizados com aparelhos do que com pessoas.

  • Todo líder deve focar a atenção da empresa onde ela é mais necessária e mais produtiva.

 

Este livro é dividido em 8 partes: a habilidade sutil, a anatomia da atenção, autoconsciência, lendo as outras pessoas, o contexto maior, práticas inteligentes, o líder bem focado e a grande pintura. Agora, vamos ao que interessa?

 

Overview: Prefácio: A habilidade sutil

 

No prefácio, Goleman apresenta os três tipos de foco e a atual dificuldade em se concentrar, tanto por parte dos adultos quanto das crianças.

 

 

O quão bem você presta atenção afeta todos os aspectos da sua vida. As habilidades eficazes de foco aprimoram os processos mentais, incluindo a compreensão, o aprendizado, a criatividade e a leitura dos sinais de outras pessoas.

Você precisa exercitar as três categorias de foco para que sua vida funcione bem. São elas:

 

  • O foco interior refere-se à atenção aos seus sentimentos, valores e habilidades de tomar decisões.

  • O foco no outro trata-se de como você se relaciona e se conecta com outras pessoas.

  • O foco externo permite que você navegue pelo mundo que te rodeia.

 

O momento de ameaça

 

 

A atração constante da tecnologia tira a atenção dos jovens e compromete suas interações com outras pessoas.

A juventude de hoje, a primeira geração digital, cresce mais sintonizada com dispositivos do que com pessoas, o que pode comprometer as habilidades perspicazes necessárias para construir empatia e destreza social.

 

O empobrecimento da atenção

 

Muitos profissionais vem se queixando da dificuldade de se concentrar no trabalho, pois sentem a necessidade de checar seus smartphones de minuto em minuto.

Por conta disso, muitos pacientes tem se automedicado com remédios para déficit de atenção, pois alegam que sem eles não conseguem trabalhar.

A atenção é, hoje, o problema número um dentros das empresas, escolas e demais organizações.

 

Overview: Parte I - A anatomia da atenção

 

A parte I do livro traz o conceito de foco e explica o funcionamento cerebral responsável pela atenção.

 

Noções Básicas

 

 

Alguém que escreve poesia num laptop em um café movimentado está demonstrando atenção seletiva, concentrando-se em uma tarefa e ignorando estímulos externos.

As distrações são sensoriais ou emocionais e a explicação para tudo isso se encontra na neurociência.

A região pré-frontal do cérebro é responsável pela atenção seletiva. Quanto mais você se concentrar em uma coisa, melhor será seu desempenho, pois focar no alvo suprime a interferência emocional e ajuda você a permanecer calmo sob pressão.

 

Fora do ar


 

 

Sua mente errante - onde seus pensamentos viajam quando não estão engajados em uma tarefa mental - é a configuração de ausência do cérebro. Nesse estado, as pessoas fazem uma pausa para a auto-reflexão, contemplam cenários futuros, projetam ideias, relembram memórias ou questionam suas suposições.

Fazer atividades que não exigem muito foco libera sua mente para divagar.

Se sua atenção estiver sendo tirada por alguma coisa, para recuperá-la, faça pausas, medite, faça exercícios ou faça algo divertido.

 

Você ama o que você faz?

 

Você se concentra mais facilmente quando faz algo de que gosta.

Em contrapartida, as tarefas repetitivas e insatisfatórias causam desengajamento, tédio e apatia.

Apenas 20% das pessoas conseguem se entregar totalmente a alguma atividade, pelo menos uma vez por dia. O segredo para chegar lá é fazer o que queremos com paixão.

 

Atenção superior e atenção inferior

 

O cérebro humano é formado por dois sistemas semi-independentes. Esses sistemas são a parte superior do cérebro e a parte inferior do mesmo.

A atividade cerebral na parte inferior é involuntária, reflexiva e rápida.

Já a parte superior do cérebro, que está sob o controle consciente, é o local do foco voluntário, ativo quando você escolhe fazer alguma atividade.

 

Overview: Parte II - Autoconsciência

 

Nesta parte, é abordado o conceito de autoconsciência.

 

 

A autoconsciência é um foco que funciona como uma bússola interna. Ela governa suas ações e as alinha com seus valores. Força de vontade e autocontrole são funções de autoconsciência.

Concentrar-se em atingir um objetivo requer autocontrole para subjugar seus impulsos e ignorar emoções intrusivas.

 

Overview: Parte III - Lendo outras pessoas

 

Aqui, o autor mostra a importância de fazer a leitura da linguagem corporal das pessoas e do poder da empatia.

 

A habilidade de ler pessoas

 

A habilidade de ler as pessoas por seus gestos corporais pode ser extremamente útil, pois te permite saber quando alguém não quer tratar de determinado assunto, quando deixar alguém sozinho ou quando alguém precisa de algum conforto.

Isso pode melhorar o seu relacionamento com a sua família, amigos, colegas de trabalho e clientes.

 

A empatia

 

 

Empatia cognitiva é uma função cerebral que permite que você olhe para as coisas do ponto de vista de outra pessoa, entenda o que essa pessoa está pensando e sentindo e administre sua resposta emocional.

As pessoas que não possuem empatia geralmente agem de forma inadequada, perdendo mensagens não-verbais ou tendo uma leitura errada de determinados contextos.

Eles geralmente não percebem quando cometem gafes sociais, como ser rude ou falar muito ou muito alto.

 

Overview: Parte IV - O contexto maior

 

Nesta parte, vamos entender porque o foco é mais importante do que a repetição em si.

 

A regra das 10 mil horas

 

 

A regra das 10 mil horas diz que você precisa dedicar pelo menos 10 mil horas de esforço para se tornar bom em alguma coisa.

Segundo, o especialista Anders Ericsson, psicólogo da Universidade Estadual da Flórida “Ninguém se beneficia da repetição mecânica, mas sim de ajustar a sua execução várias vezes, até chegar mais próximo do seu objetivo.”

A prática somente te aproxima da perfeição se for feita de forma inteligente, isto é, se a pessoa que está praticando usa esse tempo para fazer ajustes e melhorias. Quanta atenção você emprega durante a prática é crucial.

 

Overview: Parte V - Práticas Inteligentes

 

Na quinta parte, o autor destaca a importância que escolher bem os jogos pode ter no desenvolvimento do foco.

 

 

Certos jogos melhoram algumas habilidades cognitivas, incluindo acuidade visual e percepção espacial, atenção, tomada de decisão e capacidade de rastrear objetos. Games inteligentes que melhoram o foco e aumentam a função cognitiva podem se tornar ferramentas educacionais e fornecem:

 

  • Objetivos específicos para diferentes níveis de jogo;

  • Feedback e ritmo voltados para cada usuário;

  • Desafios que progridem de acordo com as habilidades dos jogadores;

  • Contextos diferentes para aplicar um determinado conjunto de habilidades.

 

Overview: Parte VI - O líder bem focado

 

Nesta parte, o livro aborda o foco triplo direcionado para os líderes.

 

Todo líder eficaz deve focar a atenção da empresa onde ela é mais necessária e produtiva.

Uma maneira de fazer esse direcionamento é através do foco triplo. Falaremos agora sobre cada um desses 3 focos:

  • Foco interno: preste atenção aos seus comportamentos e aos efeitos de suas ações. Liderança requer conhecer seus valores e comunicar sua visão para inspirar e motivar os outros.

  • Foco no outro: significa desenvolver uma estratégia organizacional para fornecer um roteiro de problemas e metas que requerem atenção. Grandes gerentes desenvolvem habilidades interpessoais e podem efetivamente ouvir, responder e colaborar.

  • Foco externo: os líderes absorvem o panorama geral, visualizam sistemas complicados e preveem como suas decisões serão tomadas no futuro.

 

Overview: Parte VII - O quadro mais amplo

 

Aqui, se faz uma reflexão sobre nossos valores e motivações.

 

O foco triplo pode nos ajudar a alcançar os nossos objetivos, mas com qual finalidade? Devemos nos perguntar qual a nossa motivação para fazer aquilo. Não adianta apenas pensar em nós mesmos, pois a longo prazo isso irá condenar a nossa espécie.

Algumas perguntas de Dalai Lama nos ajudam a avaliar as nossas motivações:

 

  • É apenas para mim ou para outros também?

  • É para o benefício de poucos ou de muitos?

  • É para agora ou para o futuro?

 

Sem dúvidas, ficar focado causa um grande impacto em nosso desempenho e, consequentemente, na nossa capacidade de nos tornarmos bem-sucedidos.

Uma vida focada em nós, nas outras pessoas e em nosso planeta, nos leva a experiências mais ricas no dia a dia.

 

O que outros autores dizem a respeito?

 

No livro Essencialismo: A disciplinada busca por menos, o autor Greg Mckeown diz que o multifoco é um problema pois nós não conseguimos concentrar em duas coisas ao mesmo tempo, ao tentar fazer isso apenas nos enganamos e diminuímos nossa produtividade.

Já para o autor Peter F. Drucker em O Gestor Eficaz, em vez de fazer várias coisas conjuntamente, trabalhe de maneira inteligente e rápida em um objetivo por vez. Isso não quer dizer que você deva trabalhar com pressa, mas sim que deve se concentrar e trabalhar constantemente no trabalho à sua frente.

Por último, em O 8º Hábito de Stephen R. Covey, o foco e a execução são os pilares do Processo de Inspirar os outros, sendo que o foco engloba os papéis de modelar e descobrir caminhos.

 

Certo, mas como posso aplicar isso na minha vida?

 

Uma maneira de exercitar sua atenção é meditando. A meditação irá te ajudar a se concentrar em uma coisa por um determinado período de tempo.

Sentir-se otimista também é crucial. As emoções positivas ativam a área pré-frontal esquerda do cérebro, fazendo com que as pessoas se sintam motivadas, conscientes e energizadas.

Lembre-se que o foco é a chave para ser bem-sucedido em qualquer setor da sua vida.

 

O que achou?

 

Gostou do resumo? Deixe seu feedback nos comentários!

Além disso, se você se interessou pelo livro, pode comprá-lo clicando na imagem abaixo:

 

 

Finalmente você terá a oportunidade de estudar com referências em liderança e gestão e fazer parte de uma rede de alta performance para desenvolver habilidades e se preparar para o emprego dos sonhos!

A Voitto Premium é um plano de assinatura criado para quem está em busca de uma solução acessível para se preparar para os desafios do mercado.

No nosso clube de vantagens, os assinantes têm acesso aos cursos, mentorias, VoittoCast, Power Hacks, Let’s Grow, conteúdos exclusivos, além de uma rede de Networking conectada e engajada. Seja Premium!

 

 

Nota:
O conteúdo apresentado acima traduz a visão e análise crítica da nossa equipe de redatores, respeitando os fundamentos de propriedade intelectual no Brasil (artigo 8, inciso I).
Nenhuma parte do livro está sendo copiada. São conteúdos únicos e exclusivos, sempre dando créditos aos autores e indicando o link para aquisição da obra completa. A Voitto respeita o código de direitos autorais de acordo com o estabelecido na legislação brasileira, Lei número 9.610/98.
Este conteúdo é de propriedade exclusiva da Voitto e está protegido pela Lei de Direitos Autorais em seus artigos 46, I, (a) e em seu artigo 47, isto porque não se trata de reprodução e também não lhe implicam qualquer descrédito, pelo contrário, o direito moral é protegido e, como ressaltado anteriormente, o leitor recebe um link para adquirir a obra. É proibida a reprodução desse material sem a autorização da empresa.