O que é e como calcular o giro de estoque em uma empresa?

Descubra o que é o giro de estoque e como esse parâmetro pode auxiliar as empresas a verificarem o desempenho de seus resultados.

Tatiana Prado 09/07/2021 - 4 mins de leitura

Você sabia que o giro de estoque é fundamental para a gestão financeira de uma empresa?

E, ainda, você sabia que o giro de estoque está relacionado diretamente com o acompanhamento e com o monitoramento do controle de estoque, sendo fundamental para se programar para períodos futuros?

É sobre isso que vamos abordar nesse artigo, por meio dos seguintes tópicos:


  • O que é o giro de estoque?
  • Como calcular o giro de estoque?
  • Como fazer o controle de estoque?

O que é o giro de estoque?


O giro de estoque é um indicador, ou um parâmetro responsável por medir o desempenho do estoque de uma empresa.

Mas, como assim?

Mede-se o quanto do estoque foi vendido e quantas vezes ele foi reposto em determinado período de tempo, existem algumas ferramentas que podem te auxiliar nisto, como o caso do FIFO.

Quando uma empresa utiliza o giro de estoque, ela é capaz de visualizar e de medir a saúde financeira de seu estoque, avaliando a qualidade em relação aos recursos alocados no setor.

Além disso, é possível prever impedimentos e ameaças ao estoque, contribuindo para os resultados estratégicos da organização.

Pensando de forma enxuta, ou seja, buscando sempre aumentar a produtividade e diminuindo os desperdícios, nós temos uma super dica para você!

Adote o Lean Manufacturing para redução de desperdícios! Se você quer ter resultados como a Toyota, cujo resultado líquido subiu 29,4% e, após uso da metodologia, vendeu 7,4 milhões de carros, faça o nosso curso Introdução ao Lean Manufacturing!

Você estará apto a aplicar os 5 princípios Lean identificar os 8 desperdícios da sua empresa e quais processos agregam valor ao seu produto aplicar as técnicas de 5W2H e PDCA para soluções de problemas elaborar Histogramas, Diagramas de Fluxo, Gráfico de Pareto, Diagrama de Ishikawa e Carta de Controle e muito mais!

Então, que tal aprender mais sobre esse pensamento enxuto e ainda conhecer a plataforma da Voitto? É só usar o cupom BLOG100 e começar a se capacitar gratuitamente!

Esperamos você para estudar com a gente e depois publicar o certificado no LinkedIn, hein?


Como calcular o giro de estoque?


Para calcular o giro de estoque, você precisará saber o valor da variável chamada média de estoque e a quantidade de produtos vendidos.

Assim, você definirá o período que será analisado para o cálculo. Pode ser uma semana, um mês ou qualquer que seja o intervalo de tempo.

A conta para calcular o giro de estoque é bem simples. Você dividirá o valor das vendas do período pela média do estoque.

Para você entender melhor, confira o exemplo a seguir: uma empresa vende, durante um ano, 1000 produtos. O número médio de estoque, durante o período, foi de 200 produtos. Portanto, o cálculo seria:

Giro de estoque = 1000/200

Giro de estoque = 5

Isso significa que, durante um ano, o estoque da empresa se renova 5 vezes.

Será que esse é um número bom?

Quando o giro de estoque é menor do que 1, significa que ficaram no estoque produtos não vendidos, resultando em prejuízo para a empresa.

Já se o valor do giro for maior do que 1, significa que os produtos foram repostos ao menos uma vez. Ou seja, ocorreu entrada e saída do produto, resultado em lucro para a organização.


Como fazer o controle de estoque?


O controle de estoque é fundamental para monitorar a entrada e a saída de produtos da sua empresa. Mas, você sabe como fazer esse procedimento?

Confira abaixo!


Faça a gestão do inventário

Fazer a gestão do inventário significa avaliar a rotatividade dos produtos, registrando todas as entradas e saídas de mercadorias.

Assim, será possível avaliar e prever demandas futuras, evitando altos e baixos nos níveis de estoque.


Acompanhe as vendas

É importante acompanhar as vendas de mercadorias durante o ano para auxiliar, também, a previsão de demanda.

Isso evita riscos de perdas de estoque e prejuízos, servindo como um bom aliado do controle de estoque.

Para haver um bom acompanhamento das vendas, é necessário que o gestor esteja atualizado das tendências de consumo e monitore os dados de mercadorias vendidas na empresa.


Aumente a rotatividade

Aumentar a rotatividade de produtos na empresa evita a perda de dinheiro e, consequentemente, o prejuízo da organização.

Portanto, é essencial conhecer o lead time da produção, o prazo de entrega de matéria prima por parte de fornecedores e a frequência de vendas.

Fazendo a gestão de todos esses indicadores, a chance de você aumentar a rotatividade e a empresa lucrar mais, é muito mais assertiva!


Dica bônus!


Como você viu, fazer o controle e acompanhar o giro de estoque, auxilia o planejamento e controle da produção.

Para isso, nós temos uma dica imperdível para você!

Confira o nosso curso de Fundamentos de Planejamento e Controle da Produção!

Nele você será capaz de avaliar os processos de uma empresa quanto aos objetivos de desempenho, relacionar a estratégia da organização com o planejamento da produção e obter uma visão sistêmica do seu negócio!

É só clicar no botão abaixo:

Inscreva-se em nossa newsletter e acompanhe de perto todas as novidades

Voltar ao topo