Você pretende ser CEO algum dia? Você tem alguma função de liderança em sua empresa?

Se você pretende se tornar um CEO precisa, de fato, entender como eles pensam. Isso pode acelerar sua caminhada ou fazer com que possa lidar de maneira mais eficaz com as pessoas no topo.

A autora, Debra Benton, nos diz "Aja como o chefe para se tornar o chefe", porém, se o cargo do CEO não for o seu objetivo, você pode aprender a evitar ser demitido, ganhar promoções mais rápidas ou, simplesmente, aproveitar mais o trabalho.

 

Sobre a obra

 

O livro How to Think like a CEO (1996), em tradução livre, “Como Pensar como um CEO”, é uma obra da autora Debra A. Benton.

Nele a autora discute como diretores-executivos fazem sucesso. Para isso, ela baseia suas informações em entrevistas com centenas de CEOs de grandes corporações e com líderes conhecidos, além de figuras públicas.

O livro é um guia de fácil leitura que inclui muitos fundamentos já conhecidos e outros nem tanto.

Por isso, pode ser interessante para pessoas focadas em gestão, que podem aplicar esses conceitos na prática.

Para ajudar, o conteúdo foi separado em quatro segmentos principais, que são explicados ao longo deste artigo!

Se quiser saber mais, você pode adquirir o livro completo no link:

 

Sobre a autora

 

Debra A. Benton é uma coach executiva globalmente reconhecida, autora de best-sellers e palestrante em conferências de liderança e eficiência executiva.

Ela é uma aclamada autora de dez livros sobre desenvolvimento profissional, que foram traduzidos para vários idiomas. Entre eles, vários foram premiados e se mantiveram nas listas de mais vendidos do The New York Times e do Businessweek.

 

Esse livro é indicado para quem?

 

O livro How to Think Like a CEO é recomendado para aqueles que estão em ascensão na carreira de gestão, para os interessados em empreender, e para todos os que desejam aplicar esses princípios de sucesso em suas próprias carreiras.

 

Ideias principais do livro

 

  • Para se tornar um CEO, você deve pensar como um;

  • Você precisa ter confiança nas suas habilidades se quiser chegar ao topo;

  • Mesmo se encontrar dificuldades, siga avançando;

  • Bons CEOs são bons atores, eles sabem dançar conforme a música;

  • Não tente manter o status quo (situação atual). Use sua originalidade para promover mudanças e melhorias;

  • Se tornar um CEO é como subir uma montanha, você precisa saber usar as cordas e superar obstáculos durante sua subida;

  • Ter controle da sua postura é crucial, já que o sucesso nos negócios e na vida depende mais de atitude mental do que habilidade mental;

  • Mesmo se você enxergar o panorama geral, preste atenção nos detalhes;

  • Você pode fazer sua mensagem ser mais poderosa se utilizar humor, drama e estilo para transmití-la.

 

Neste livro, você encontrará os 22 pontos vitais para se tornar a pessoa no topo. Esses pontos estão divididos em várias categorias diferentes, desde qualidades fundamentais até os passos finais.

 

Overview: O equipamento básico necessário para se tornar um CEO

 

Você pode comparar a subida da escada corporativa com a escalada de uma montanha. Você precisa de certas qualidades, que são como equipamentos, para chegar ao topo. Você também precisa estar preparado para enfrentar situações difíceis e amedrontadoras, assim como se estivesse subindo cada vez mais alto em uma colina.

Para começar, você precisa estabelecer um lugar firme para pisar e aprender a usar os equipamentos. A partir disso, você pode subir e passar pelas dificuldades que se apresentam ao longo do caminho.

Para aumentar suas chances de chegar lá, tente entender o CEO para o qual você trabalha. Você vai aprender mais se trabalhar com um bom diretor, já que tem mais chance de gerenciar uma organização de sucesso.

No entanto, você quer trabalhar para um CEO quase perfeito, que possua vinte e duas características vitais para realizar o trabalho. Assim, você pode trabalhar para que essas características também sejam as suas, buscando sempre a melhoria contínua.

 

Overview: As oito qualidades fundamentais

 

As oito qualidades fundamentais que um CEO quase perfeito possui são:

 

1. Ele é seguro sobre si mesmo

 

Um ótimo chefe precisa ter a confiança de que consegue entregar os resultados. Pessoas incertas não chegam ao topo. Bons CEOs se cercam de pessoas confiantes e que desejam ser promovidas.

Um diretor sem confiança vai fazer aqueles ao seu redor se sentirem duvidosos e nervosos. Agir com confiança pode inspirar as outras pessoas a agirem da mesma forma.

 

2. Possui controle sobre sua postura

 

Domine sua postura. Adote uma atitude que se adeque a cada situação, como ser mais enérgico ou amigável quando for preciso. Ser otimista e tomar atitudes positivas também ajuda.

 

3. Persistência

 

Um executivo de ponta persevera e ultrapassa obstáculos. Mesmo se outras pessoas tentarem te desencorajar, você deve se manter firme no caminho traçado para alcançar o seu objetivo. Mesmo se vivenciar decepções, frustrações e contratempos, deve seguir em frente.

No entanto, você deve estar preparado para desistir e diminuir prejuízos se notar que está em um projeto ruim ou cometendo um erro.

 

4. Melhoria contínua

 

Continue aprendendo, assim você passa a saber mais sobre seu trabalho. Aprenda conversando com pessoas, analisando seus erros e estudando as experiências de outros trabalhadores.

 

5. Honestidade e ética

 

Você deve falar a verdade, ser íntegro, justo, autêntico e franco. Não participe de fraudes ou artifícios para levar vantagem pessoal ou para a sua empresa.

Traga problemas desconfortáveis para a discussão, para que eles possam ser resolvidos sem exageros. Dessa forma, é possível obter uma boa reputação.

 

6. Pensar antes de falar

 

Ao fazer isso, é possível controlar o que você fala e escolher cuidadosamente suas palavras. Você pode se expressar para obter o resultado desejado.

Além disso, você consegue evitar ser repetitivo e melhorar sua oratória. Lembre-se, às vezes é melhor ficar calado.

 

7. Originalidade

 

Bons CEOs conseguem expressar sua imaginação, sendo inovadores e originais. Esse traço vital é a base para o desenvolvimento humano e necessário para responder a mudanças.

 

8. Modéstia

 

À medida em que você melhora e se desenvolve, continue modesto. Evite ser presunçoso ou prepotente. Você quer ser reconhecido pelas suas realizações, sem que se torne arrogante sobre elas.

 

Overview: Práticas vitais que te ajudarão a progredir

 

Aqui, temos cinco práticas que vão te ajudar a aproveitar sua caminhada até o topo. São elas:

 

9. Atente para o estilo

 

Empregue o comportamento adequado para cada pessoa que você lidar. Estilos efetivos incluem ser decisivo, sincero ou colaborativo. Conheça seu próprio comportamento.

 

10. Seja um pouco selvagem

 

Muitas vezes a caminhada até o topo requer que você corra riscos. Você precisa de coragem que se baseie tanto na razão quanto no seus instintos.

Atinja um equilíbrio entre ser ousado sem ter foco ou propósito e ser um covarde com medo de qualquer mudança.

Coloque sempre seus limites para fora de sua zona de conforto.

 

11. Seja bem-humorado

 

O humor é importante para manter o trabalho divertido. A ideia é ser otimista, sem deixar de ser sério sobre consequências, comportamentos e valores. O humor pode ser uma importante ferramenta para manter seus funcionários produtivos.

 

12. Seja teatral na forma de se expressar

 

Um pouco de drama pode ajudar a passar uma mensagem de forma mais poderosa. Um bom CEO se sente confortável em atuar em diferentes situações com diferentes pessoas.

Lembre-se, as pessoas estão sempre lendo você, então ao atuar você consegue passar a imagem exata que deseja.

 

13. Seja detalhista

 

Preste atenção aos detalhes. Mesmo quando outros estão trabalhando para implementar suas ideias, continue alerta sobre o que acontece ao seu redor.

Mantenha o panorama geral sempre em mente. Manter atenção aos detalhes faz com que você seja preciso, o que ajuda a ser sincero.

 

Overview: Os passos finais para chegar ao topo

 

Para finalizar a sua caminhada, os últimos passos que você deve seguir são os seguintes:

 

14. Ser bom no seu trabalho e estar disposto a ajudar os outros

 

Ser eficiente no seu emprego tem duas facetas: conhecimento bruto, que é a excelência técnica, e a parte mais leve, que é sua habilidade de se relacionar com outras pessoas.

Se você é bom com pessoas, você consegue aprender os detalhes técnicos. A chave para o sucesso é conseguir as informações que você precisa a partir de pessoas, não de computadores.

Para isso, você precisa da habilidade de entender as pessoas e influenciá-las efetivamente. Você pode ser especialista em algumas áreas importantes de sua companhia, como marketing, engenharia ou tecnologia. Então, você pode partir para aprender sobre as outras áreas.

 

15. Lutar pela sua equipe

 

Você deve estar sempre pronto para lutar pela sua equipe e dar seu apoio. Você deve apoiar e dar crédito para as pessoas se você deseja que elas te ajudem e te deem crédito.

 

16. Estar sempre disposto a admitir seus erros

 

Se você cometer um erro, esteja sempre disposto a admitir. Dessa forma você pode corrigir esse erro e seguir em frente.

Um erro repetido demonstra falta de atenção aos detalhes ou uma atitude ruim. No entanto, apesar de você reconhecer o erro, não deve aceitá-lo facilmente.

 

17. Comunicar-se de maneira direta

 

Comunique-se de maneira clara e seja direto com as outras pessoas. Escreva ou fale de uma maneira simples e fácil. Dê instruções claras aos seus funcionários para que eles possam fazer o que você deseja.

Além disso, uma conversa franca e direta inspira as outras pessoas a agirem da mesma forma com você, o que diminui a chance de ocorrerem falhas na comunicação.

 

18. Ser gentil

 

Ser gentil com os outros te ajuda a conviver com as pessoas à medida em que você caminha até o topo. Você ainda pode tomar decisões duras e exigir que o trabalho seja feito, mas, se for amigável com as pessoas, essas serão mais responsivas.

 

19. Mostrar-se curioso, fazer perguntas

 

Ser curioso e inquisitivo também é muito importante, pois ao fazer perguntas você consegue aprender mais coisas. Procure respostas sobre qualquer coisa que você não compreenda perfeitamente.

Construa suas perguntas de maneira confortável. Se as questões parecem ataques, as pessoas podem entrar na defensiva.

 

20. Ter competitividade

 

Você também precisa ser competitivo, já que é importante ter um espírito saudável de luta. Isso vai ajudar em seu crescimento pessoal e profissional, além de permitir com que você passe por cima de obstáculos e conquiste vitórias.

No entanto, escolha bem suas batalhas para que você entre apenas naquelas que valham a pena serem lutadas. Não entre em combates destrutivos, já que você pode precisar trabalhar com seus oponentes também no futuro.

 

21. Estar aberto a mudanças e adaptações, ser flexível

 

Esteja disposto a mudar e se adaptar. Com flexibilidade, você pode ajustar suas respostas de acordo com as circunstâncias, isso não significa ser indisciplinado. Na verdade, significa ser possível mudar e não continuar teimosamente em uma posição insustentável.

 

22. Ser um bom contador de histórias (storytelling)

 

Ter uma boa narrativa significa que você é bom em contar histórias e anedotas para te ajudar na comunicação. Você pode dramatizar um exemplo ou utilizar imagens para ser mais claro, mais memorável e mais útil com as pessoas.

 

O que outros autores dizem a respeito?

 

Já o autor de Traction, Gino Wickman explora como os empreendedores de sucesso possuem uma visão atrativa e bem definida para o seu negócio. Além disso, eles sabem como comunicar essa mensagem aos colaboradores. A partir disso, é criada uma diretriz a ser seguida por todos dentro da organização, utilizada sempre para desenvolver as soluções e guiar as ações estratégicas.

Para John C. Maxwell, autor do Livro de Ouro da Liderança os melhores líderes são aqueles que sabem ouvir. Ouvintes sabem o que está acontecendo porque são atentos. Eles aprendem melhor que os outros porque absorvem de vários lugares. Além disso, bons ouvintes têm a capacidade de enxergar melhor os pontos fortes e fracos das outras pessoas.

Em o Gestor Eficaz, Peter F. Drucker esclarece que executivos podem ser brilhantes, imaginativos e informados, e ainda assim serem ineficientes. Executivos eficazes são sistemáticos. Eles trabalham duro nas áreas certas e seus resultados os definem. São profissionais do conhecimento que ajudam a empresa a bater suas metas.

 

Certo, mas como posso aplicar isso à minha vida?

 

Com a análise de How to Think like a CEO, é possível perceber como os líderes são influentes na jornada pela excelência, e como tudo começa por práticas eficientes e envolventes de liderança.

Escolha as mais relevantes entre as 22 dicas vitais e comece a aplicar em sua vida. Mesmo que você já faça algumas delas, sempre existe um meio de melhorar. Busque trabalhar cada um dos pontos!

 

Quer saber mais?

 

O que você achou do resumo? Deixe o seu feedback!

Além disso, se você se interessou pelo livro, pode aproveitar para adquiri-lo com a Amazon. É só acessar o link abaixo:

 

 

Finalmente você terá a oportunidade de estudar com referências em liderança e gestão e fazer parte de uma rede de alta performance para desenvolver habilidades e se preparar para o emprego dos sonhos!

A Voitto Premium é um plano de assinatura criado para quem está em busca de uma solução acessível para se preparar para os desafios do mercado.

No nosso clube de vantagens, os assinantes têm acesso aos cursos, mentorias, VoittoCast, Power Hacks, Let’s Grow, conteúdos exclusivos, além de uma rede de Networking conectada e engajada. Seja Premium!

 

 

Nota:

O conteúdo apresentado acima traduz a visão e análise crítica da nossa equipe de redatores, respeitando os fundamentos de propriedade intelectual no Brasil (artigo 8, inciso I).

Nenhuma parte do livro está sendo copiada. São conteúdos únicos e exclusivos, sempre dando créditos aos autores e indicando o link para aquisição da obra completa. A Voitto respeita o código de direitos autorais de acordo com o estabelecido na legislação brasileira, Lei 9.610/98.

Este conteúdo é de propriedade exclusiva da Voitto e está protegido pela Lei de Direitos Autorais em seus artigos 46, I, (a) e em seu artigo 47, isso porque não se trata de reprodução e também não lhe implicam qualquer descrédito, pelo contrário, o direito moral é protegido e, como ressaltado anteriormente, o leitor recebe um link para adquirir a obra. É proibida a reprodução deste material sem a autorização da empresa.