Acredito que todos já nos perguntamos, pelo menos uma vez, qual é o nosso propósito de vida, e, na maioria das vezes, essa não é uma questão fácil de ser respondida, pois exige autoconhecimento.

Então, para responder a essa pergunta, que tal começarmos pelas coisas simples? Como, por exemplo, o que te faz levantar da cama todos os dias?

É isso que a filosofia Ikigai propõe.

Mas,

  • O que é ikigai?
  • Como descubro o meu Ikigai?
  • Como montar o meu Ikigai pode influenciar na minha vida profissional?

A resposta à essas perguntas você encontra ao longo deste artigo.

 

O que é Ikigai?

 

O termo “Ikigai” é um conceito japonês que vem de duas palavras: iki, que significa vida, e gai, que significa propósito, que se resulta na tradução em “vida com propósito”.

Ele surgiu no Japão e se expandiu para outras regiões do mundo a partir de alguns livros, como por exemplo, Ikigai: Os cinco passos para encontrar seu propósito de vida e ser mais feliz, que levou outras pessoas a se interessarem pelo assunto.

 

Será que você está vivendo uma vida com propósito?

 

A correria do cotidiano nos faz realizar atividades no modo automático. Quando jovens, temos que decidir qual faculdade vamos cursar, o que definirá todo o nosso futuro profissional.

Acordamos todos os dias no mesmo horário, saímos correndo de casa, e muitas vezes nem darmos um abraço em nossos pais ou desejamos um bom dia.

Corremos para pegar o ônibus lotado. Chegamos na faculdade, assistimos aulas, voltamos para casa e fazemos nossas tarefas para o dia seguinte.

Repetimos essa rotina durante alguns anos. Até que chega o tão sonhado dia da formatura, no qual achamos que a partir dali vamos realmente viver e desfrutar de todos os benefícios de um bom trabalho.

Quando, novamente, caímos em uma rotina. A mesma correria, sem tempo para o que realmente importa em nossas vidas e geralmente não percebemos. Simplesmente executamos tarefas sem nos questionar o porquê de tudo isso.

Para que você possa identificar qual o seu perfil comportamental separamos o teste DISC. Ele se baseia na teoria do psicólogo William Moulton que avalia o comportamento das pessoas em diversos ambientes.

Clique no botão abaixo e faça o teste, GRATUITAMENTE, e descubra qual é o seu estilo comportamental.

Teste DISC: Descubra seu perfil profissional

Ikigai: uma razão para ser

 

A realidade é que a sociedade atual valoriza muito as conquistas materiais e a produtividade. Não estou dizendo que isso não seja importante, muito pelo contrário, precisamos estudar, trabalhar e conquistar bens.

Mas será que a nossa vida se resume somente a isso? 

A resposta é simples: não. A nossa vida não se resume a um ciclo vicioso de produtividade e conquistas notáveis para a sociedade.

O que o ikigai propõe é que tenhamos uma motivação diária e o prazer em pequenas conquistas, nos levando a encontrar um propósito maior que dê sentido à vida.

Uma pesquisa reportada na BBC mostra que quando os pesquisadores Francesc Miralles e Héctor García foram até a Ogimi, em Okinawa, localizada no sul do Japão, conhecida como “Terra dos imortais” eles perceberam que aquelas pessoas possuíam uma fisionomia diferente.

Okinawa possui uma população de 3 mil habitantes que está no Livro Ginness dos Records por ser a população mais velha do mundo, na qual muitas pessoas vivem além dos 100 anos.

Essas pessoas se aproveitam do clima subtropical, tem uma dieta baseada em frutas e legumes, tem uma vida fisicamente ativa e valorizam laços pessoais.

Quando essas pessoas foram questionadas sobre o porquê de manter aqueles hábitos a resposta mais frequente era: Ikigai.

Não estou falando para você largar tudo e ir morar em um vilarejo distante e comer apenas comidas saudáveis. Estou convidando você a refletir:

  • Por que você escolheu cursar essa faculdade?
  • Você se imagina trabalhando nessa profissão?
  • Mesmo que seja difícil, e as vezes desanimador, você acorda todos os dias e pensa que aquele esforço é necessário para você alcançar o seu propósito?
  • Você faz as coisas que ama?
  • Ou melhor, você ama o que faz?

Pense sobre isso.

Sei que não é tão fácil responder perguntas tão profundas, mas a medida que vamos trabalhando a nossa inteligência emocional e se torna mais natural.

 

Como descubro o meu Ikigai?

 

Para descobrir o seu ikigai você precisa responder a 4 perguntas, aparentemente simples, mas que exigem um grau de autoconhecimento e pode demandar algum tempo de reflexão. São elas:

  • O que você ama?
  • O que você faz bem?
  • O que você é/pode ser pago para fazer?
  • O que o mundo precisa?

Ikigai: razão para ser

Depois de responder a essas perguntas você vai responder a outras que te levarão a formar intercessões entre as quatro áreas, até que você chegue ao seu Ikigai.

Para responder a essas perguntas é importante você exercitar a sua flexibilidade cognitiva, pensando fora da caixa e deixando de lado falsas crenças.

Segundo Ken Mogi: 

“A beleza do Ikigai é que é algo muito pessoal.”

Assista o vídeo abaixo e veja como Tim Tamashiro descobriu o seu Ikigai. Ele também deixa algumas dicas para você descobrir o seu.

 

Como ele pode influenciar a minha vida profissional?

 

Descobrir o seu Ikigai pode te ajudar a ter uma melhor qualidade de vida. Isso influencia no seu bem estar, o que impacta diretamente na sua vida profissional, além de fazer com que você tenha uma visão mais clara de quais são os seus objetivos profissionais.

Quando descobrimos o nosso propósito de vida, o que amamos, o que fazemos bem, o que podemos ser pagos para fazer e o que o mundo precisa fica mais fácil tomar decisões que te motivem a dar o seu melhor todos os dias.

Viver uma vida com propósito nos leva a valorizar cada passo que damos em direção aos nossos objetivos. Nos leva a alinhar a nossa vida pessoal e profissional juntamente com os nossos valores, expectativas, desejos e trabalho.

O Ikigai nos ajuda a unir a nossa vocação, o nosso propósito e o impacto que eles causam ao nosso redor.

Warren Buffet, investidor e filantropo americano, disse para os jovens, em uma reunião anual de acionistas da Berkshire Hathaway, que:

“Quando for para o mundo, procure o emprego que aceitaria se não precisasse do dinheiro. É o que fará com que você se sinta bem em relação à sua vida, quando for mais velho, e você deve continuar nessa direção, pelo menos de maneira geral.”

As vezes é difícil definirmos o que queremos ser profissionalmente, talvez seja mais fácil começar pelo que não queremos ser. Então, para evitar isso: 

  1. Faça uma lista;
  2. pratique o autoconhecimento, e;
  3. entenda o que te faz feliz.

Mas, lembre-se: você não precisa da aprovação de outras pessoas. Talvez o seu trabalho ideal, o seu propósito, seja algo que a sociedade não valoriza, mas o que importa é que faz sentido para você.

 

Agora que já sei o meu propósito ...

 

Agora que você já encontrou o seu propósito e tem ele alinhado à sua carreira está na hora de se capacitar.

Seja qual for a área que você escolha atuar é necessário estudo e empenho para que suas metas sejam alcançadas. E para isso é necessário gerir o seu tempo.

Para isso separamos para você o nosso curso de Gestão do Tempo e Produtividade Profissional.

Com ele você irá aprender a desenvolver o autoconhecimento através de testes, lidar com imprevistos com maior naturalidade, criar rotinas, fazer do tempo seu aliado e muito mais.

Clique no botão abaixo e aprenda a gerir o seu tempo para que o seu propósito de vida seja alcançado.

Curso de Gestão do Tempo e Produtividade Profissional