A Lean UX é um processo que auxiliar empresas e startups na produção de novos produtos, para que o seu lançamento seja cada vez mais rápido. O diferencial desse método é a preocupação com a experiência do usuário.

Se você sabe o que é UX, logo vem à cabeça o Design UX, ou User Experience Design, que é um profissional especializado em desenvolver o produto com o foco no usuário. 

Mas a Lean UX possui outra ideia! O seu foco é uma produção ágil, que prioriza a experiência do usuário. Sendo assim, nesse artigo, você vai compreender o que é a Lean UX e como ela funciona, confira os tópicos a serem abordados:

  • Mas, primeiramente, o que é Lean e UX?

  • O que é Lean UX?

  • Fundamentos da Lean UX;

  • Boas práticas do Lean UX;

  • Como funciona a Lean UX?

  • As vantagens do Lean UX;

  • Qual a importância do Lean UX?

Vamos lá?

 

Mas, primeiramente, o que é Lean e UX?

 

O termo Lean UX surgiu da união de duas metodologias: Lean e UX, e, por isso, primeiro, vamos conhecer um pouco sobre essas metodologias e quais são os seus princípios, para entendermos de onde surgiu cada característica desse método.

 

Lean

Lean é um conceito que surgiu a partir do Sistema Toyota de Produção (TPS), no qual resultou na criação da filosofia de gestão Lean Manufacturing. O seu objetivo é estimular uma maior produtividade dos processos de forma enxuta com o foco em eliminar ou reduzir os desperdícios.

Quer aprender como funciona os processos de produção enxuta? Com o Curso de Introdução ao Lean Manufacturing, você será capaz de enxergar os pontos de melhoria em qualquer processo e alavancar os resultados da sua empresa.

Para começar seus estudos agora, clique no botão abaixo!

Curso de Introdução ao Lean Manufacturing

 

UX (User Experience)

A sigla UX é um acrônimo para User Experience, que, no português, significa Experiência do Usuário. Esse termo é uma disciplina responsável por enriquecer a jornada do cliente no processo de experiência com o produto ou serviço.

A função do user experience é priorizar a satisfação do cliente diante do produto. Para isso, é preciso realizar uma pesquisa de mercado com o objetivo de realizar testes de usabilidade e certificar que o produto atenda todos as necessidades propostas.

 

O que é Lean UX?

 

A Lean UX, ou Lean User Experience, é um método iterativo que propõe uma mudança de cultura organizacional a fim de construir um fluxo de trabalho colaborativo e cíclico.

De forma enxuta e simples, a Lean UX executa os seus processos com o objetivo de produzir produtos entregáveis baseado na experiência do usuário.

Esse método surgiu a partir do desenvolvimento de softwares para gerar processos mais eficientes com o foco em melhoria contínua, fazendo com que as equipes elaborem um trabalho mais produtivo.

 

Fundamentos da Lean UX

 

A Lean UX possui uma mistura de fundamentos desta metodologia Agile, Design Thinking e Lean Startup, além do Lean e UX.

Para compreender a relação da Lean UX com essas metodologias, vamos ver uma breve introdução de cada um desses fundamentos.

 

Design Thinking

O Design Thinking está presente no processo inicial da Lean UX, cuja metodologia é utilizada para o desenvolvimento de produtos inovadores. Ela auxilia a equipe ter uma visão de quais as necessidades dos usuários e como organizar todas as suas ideias.

 

Agile

Já no Agile, a semelhança está no modo de trabalho da Lean UX, visto que a última possui práticas ágeis baseadas no manifesto ágil. Para melhor entendimento, os valores do Agile são:

  • Indivíduos e interações mais que processos e ferramentas;
  • Software funcional mais que documentação abrangente;
  • Colaboração do cliente mais que negociação de contratos;
  • Responder a mudanças mais que seguir um plano.

 

Lean Startup

O Lean Startup é um conceito que tem origem do livro “A Startup Enxuta”. Ela é fundamentada pela metodologia Lean Manufacturing mas com o foco em um modelo de negócio para startups

Dessa forma, a sua relação com o Lean UX é o ciclo construir-medir-aprender para o desenvolvendo de um Produto Mínimo Viável (MVP).

 

Boas práticas do Lean UX

 

As boas práticas da Lean UX são inspiradas em todas nas metodologias ditas no tópico acima, sendo assim, são elas:

  • Validação de hipóteses com stakeholders;
  • Execução de Produtos Mínimos Viáveis (MVP) que resolvam os problemas do usuário;
  • Construção do protótipo de forma rápida e colaborativa;
  • Protótipos ágeis sobre wireframes pesados e folhas de especificações.

 

Como funciona a Lean UX?

 

A principal entrega da Lean UX é baseada na metodologia Lean Startup, em que, logo após validado o plano de trabalho, é iniciada a construção de um MVP. O processo é contínuo e dividido em 4 etapas.

Essas etapas são chamadas de ciclo do Lean UX, que são:

 

1. Coleta de suposições e hipóteses

 

É nessa etapa inicial que é feita uma coleta de dados e são criadas hipóteses e suposições das premissas e restrições do projeto. Para a coleta de dados, é importante compreender quais são as personas, ou seja, o público que se interessa pelo seu produto.

 

2. Desenho da solução

 

A segunda etapa do ciclo Lean UX consiste em decidir a arquitetura do produto, prezando por equipes colaborativas. Por isso, é necessário que todo o time esteja alinhado e tenha uma visão das necessidades do usuário, ou seja, que se pense como o dono do produto.

 

3. Criação do MVP

 

É nessa etapa em que a equipe coloca todas as ideias das etapas 2 e 3 em prática. É o momento de construir o protótipo, e é importante que esse processo seja feito de forma ágil e otimizada.

 

4. Pesquisa e aprendizado

 

Após prototipado o MVP, é feito o lançamento do produto e os stakeholders são os responsáveis por enviar feedbacks. É aqui que entra o conceito do UX, visto que o usuário avalia sua experiência e, se necessário, são realizadas as melhorias retomando o ciclo Lean UX.

 

As vantagens do Lean UX

 

Por se tratar de uma metodologia que se preocupa com o trabalho de forma enxuta, pode se dizer que a Lean UX possui uma grande vantagem na economia de tempo e no baixo custo de produção.

Isso ocorre porque o processo de entregas é constante e a coleta de feedbacks dá suporte para que sejam feitas as modificações necessárias. Assim, agrega-se mais valor ao produto, evitando desperdício de trabalho e recurso.

 

Qual a importância da Lean UX?

 

Em meio a um evolução tecnológica constante, a Lean UX é uma metodologia que tem a finalidade de esclarecer as dúvidas de forma mais rápida e clara. A produção de novos produtos acontece depressa, isso, em um mundo VUCA, é um grande fator competitivo no mercado.

A Lean UX proporciona uma produção de baixo custo por se tratar de uma produção adaptativa, em que as equipes estão sempre em constante aprendizagem e agregando valor aos produtos.

Além disso, essa metodologia incentiva as equipes a adquirirem uma visão ampla, que facilita o entendimento do porquê e qual a funcionalidade do produto que está em desenvolvimento.

 

Destaque-se no mundo dos negócios

 

Durante a leitura desse artigo, falamos de diversas metodologias e vimos que é possível uni-las. Quando isso ocorre, chamamos de metodologias híbridas.

Uma frase muito clichê, que tenho certeza que você já ouviu, é que a união faz a força, e te garanto que isso faz todo sentido. Quando unimos as metodologias, é possível aproveitar o melhor de cada uma.

Uma metodologia muito conhecida é o Lean Seis Sigma, ela é a união do Lean Manufacturing com o Seis Sigma. Você conhece essa metodologia?

Se ainda não conhece, não se preocupe, o Curso de White Belt em Lean Seis Sigma é o primeiro passo para entender tudo sobre essa metodologia.

Nesse curso, você será capaz de adquirir os conhecimentos básicos sobre melhoria contínua e entender o que é método DMAIC. Além disso, você ainda entender qual a importância dessa metodologia um mundo dinâmico, com mudanças constantes.

Clique no botão e comece agora sua capacitação!

Curso de White Belt em Lean Seis Sigma