Com menos de 40 anos, o criador da Wise Up (empresa de ensino de línguas), já havia se tornado um bilionário, mas, segundo ele, faltava alguma coisa; faltava alguma coisa que o tornasse completamente satisfeito. “A partir do momento em que percebi que queria algo mais, ficou claro que um novo capítulo de minha missão estava nascendo.

Dessa vez, pessoas do mundo inteiro, de todas as idades, poderiam ter acesso a um conjunto de conhecimentos que eu havia desenvolvido e testado, produzindo resultados e transformações significativas em minha vida”.

Nessa obra, você encontrará dicas, pensamentos e inspiração para conseguir pensar fora da caixa, parar de seguir a multidão e sair do modelo convencional para o qual foi treinado a vida toda.

 

Sobre a obra

 

Geração de Valor, lançado originalmente em 2014, escrito por Flávio Augusto da Silva, é um livro que mostra como as pessoas podem e devem acreditar em seus potenciais.

Este livro, o primeiro da série Geração de Valor (a série é composta por três versões), é referência entre as obras de empreendedorismo. O livro possui 208 páginas e muitas ilustrações, o que torna a leitura bem leve e nem um pouco massante. A escrita é clara e objetiva, a cada página que lemos, conseguimos tirar um ensinamento.

Para adquirir a obra completa e ficar por dentro dos detalhes, clique no link: Geração de Valor.

 

Sobre o autor

 

Flávio Augusto da Silva, brasileiro nascido em 1972 na cidade do Rio de Janeiro, é empresário e escritor, fundador da Wise Up, proprietário do Orlando City Soccer Club e presidente do T-BDH Capital.

Flávio passou a maior parte da infância e adolescência estudando em uma escola pública do seu bairro. Ao completar 19 anos, começou a trabalhar no departamento comercial de uma escola de inglês, passaram-se quatro anos e Flávio fundou a Wise Up.

Em 2013, a empresa foi comprada pela Abril Educação, por R$ 877 milhões. Neste mesmo ano ele comprou o Orlando City Soccer Club e atualmente o time está entre os dez mais valiosos das Américas.

 

Esse livro é indicado para quem?

 

Essa obra é indicada a todos aqueles que preferem liberdade à segurança. Se você acha que é tarde demais para empreender, fica a indicação também. O autor mostra sua visão de empreendimento e do mundo, e dá dicas para que você se destaque em meio a multidão; se é isso o que você está buscando, esse livro é pra você.

 

Ideias principais do livro

 

Como dissemos antes, Geração de Valor não possui divisão de capítulos, nem nada do tipo. Então, separamos algumas ideias, compartilhadas pelo autor, que merecem uma atenção especial. Vamos lá.

 

Overview: “O que eu faria se tivesse 18 anos?”

 

Fizeram a seguinte pergunta ao autor: “Flávio, se tivesse a minha idade (18 anos), com seu conhecimento e sua experiência, o que você faria?”. A resposta foi dada em 10 tópicos:

  1. “Jamais teria um emprego”;

  2. “Venderia algum produto”;

  3. “Jamais me envolveria com pirâmides”;

  4. “Após conquistar um pouco de capital, criaria modelos recorrentes de venda desse produto”;

  5. “Viveria com no máximo metade do que ganhasse para ampliar meu capital de giro”;

  6. “Começaria a fabricar meu próprio produto e investiria em minha própria marca”;

  7. “Ampliaria meu mix de produtos”;

  8. “Criaria canais de distribuição alternativos, por exemplo, franquias, venda online, B2B, etc.”;

  9. “No auge, venderia a companhia”;

  10. “Com 5% do capital conquistado, começaria tudo de novo, e aplicaria os 95% em investimentos conservadores em moeda estrangeira”.

Para Flávio, os problemas da resposta que ele deu são vários. Entre eles está o sistema de ensino convencional, aquele usado em escolas e universidades, que não prepara para nada disso. Somos treinados desde sempre a arrumar um emprego, diz o autor, e ainda pior, acabamos vendendo nosso tempo.

Afinal, competentes ou não, todos possuímos a mesma quantidade de tempo, vinte e quatro horas por dia. Flávio destaca que não é nada fácil sair do modelo convencional, “se alguém disser que é fácil é mentira, mas se alguém disser que é impossível é porque já perdeu a fé e está morto ou porque é um sabotador de sonhos”.

 

Overview: 7 hábitos mais frequentes dos perdedores

 

  1. “Reclamam quando é segunda-feira e torcem para chegar logo a sexta-feira”. Perdedores não gostam de trabalhar. Eles gostam de se aventurar nos finais de semana.

  2. “Não gostam de assumir compromissos de espécie alguma”. Ao se comprometerem com o trabalho, eles se sentem escravos. Também possuem a sensação de independência, mesmo sendo falsa.

  3. Agem com base no medo de perder, que é superior à vontade de ganhar. Diante do medo, podemos reagir de duas formas: com coragem, enfrentando o medo, ou com covardia, fugindo dele. Por escolherem a covardia, não conquistam nada.

  4. Desistem diante dos primeiros obstáculos. Todas as atividades que fazem com que cresçamos são desafiadoras, desafios requerem esforço e é aí que os perdedores desistem.

  5. Hábito da autoafirmação. É comum ver perdedores se autoafirmando sobre as grandes qualidades que possuem. Qualidades essas que nunca utilizam.

  6. São prisioneiros de seus próprios sentimentos. Desenvolver a inteligência emocional é fundamental para conseguirmos ter domínio de nossas emoções. Por não possuírem inteligência emocional, os perdedores são controlados por suas emoções o tempo todo.

  7. Acreditam que ter sorte é primordial. O sentimento de ser “sem sorte” ou azarado os alivia, os conforta. Pensam que todos os vencedores chegaram lá com a sorte ao seu lado.

Todos esses sete hábitos listados devem ser evitados se você quer obter sucesso. Entretanto, assim como podemos evitá-los, podemos adquiri-los. Seja no trabalho, em casa, com os amigos, não se deixe influenciar por esses hábitos. Previna-se.

 

Overview: Para empreender, é preciso…

 

Visão: a habilidade de criar uma oportunidade ou vê-la, só é possível para aqueles que estão fora da caixa, para sair dela, abandone os sistemas convencionais. Fora da caixa há infinitas possibilidades e dentro dela só há o óbvio.

Coragem: mesmo tendo a visão, só ela não é o bastante para transformar a ideia em algo concreto, é preciso ter coragem para agir e tirar as ideias da gaveta.

Competência: para empreender com sucesso é preciso fazer as coisas com competência, a ideia deve ser realizada com sabedoria, ou seja, é necessário conhecimento. De nada adianta concretizar a ideia, se não haverá competência. O sucesso não pode ser alcançado sem: “Visão”, “Coragem” e “Competência”.

Segundo a revista Forbes, no Brasil existem 20 bilionários que ainda não completaram 50 anos. Dentre os 20, quatro deles conquistaram sua fortuna começando do zero, apenas quatro. A maioria são herdeiros.

Podemos tirar uma informação muito importante desses dados: pode não ser simples chegar até lá, mas é possível, isso já é o suficiente.

 

Overview: Não tenha medo

 

  • “O medo de perder sufoca o desejo de ganhar”;

  • “O medo de ser vaiado esconde grandes talentos”;

  • “O medo de ser rejeitado nos transforma em pessoas que não reconhecemos diante do espelho”;

  • “O medo do risco enterra potenciais empreendedores”;

  • “O medo de ficar sozinho atrai oportunistas”.

Não tenha medo! Apesar das injustiças, temos capacidade de vencer os obstáculos que a vida nos reserva.

Flávio completa: “gostaria muito de ter o poder de fazê-lo acreditar nisso, mas este poder está somente em suas mãos”. Ou seja, só você mesmo tem a capacidade de se colocar para baixo, os outros só podem fazer isso se você permitir.

 

Overview: Segurança ou Liberdade?

 

Se você busca segurança, deve estar mirando um bom emprego, quanto maior o salário e os benefícios melhor. Se for um cargo público, melhor ainda, mesmo que não importe qual será sua função nesse emprego, independentemente de sua vocação. O que importa é a sensação de segurança.

Se você busca liberdade, passar mais de 40 horas por semana, em um emprego, é uma situação inviável para você. A possibilidade de morar onde quiser, viajar para onde e quando quiser e desfrutar da família são prioridades.

Muitas pessoas acham que não podem escolher qual desses dois estilos de vida querem adotar para suas vidas. Você tem essa escolha, apesar de herdar do modelo convencional a busca com todas as forças pelo modelo de segurança.

Muitos falam em adotar o modelo de liberdade, mas sentem medo. Não é fácil sair do modelo convencional, mas foi isso que eles fizeram, aqueles que conquistaram a liberdade. Reflita: como você deseja viver os seus breves momentos neste mundo?

 

O que outros autores dizem a respeito?

 

No livro Sonho Grande, Cristiane Correa complementa a ideia do planejamento estratégico pessoal e ressalta a importância de manter um processo de melhoria continua para alcançar seus objetivos. Suas ideias foram inspiradas nas visões dos empreendedores mais ricos do Brasil.

É possível extrair lições excelentes para aplicar em seu percurso empreendedor e, assim, alcançar resultados surpreendentes. Além disso, buscar a tão sonhada independência financeira.

O livro durante Em 15 Secrets Successful People Know about Time Management, o autor Kevin Kruse explica que a  maioria dos empresários adota uma rotina matinal para se reenergizar física e mentalmente. Adicione na sua rotina hábitos como exercícios, leitura, comicom muita água, comida saudável e exercício.

Para finalizar, no livro Paixão por Vencer, Jack Welch aborda que devemos sempre buscar qualidade na nossa vida profissional. Se você não está satisfeito com o seu emprego, encontre um trabalho que proporcione entusiasmo na sua carreira, é muito importante que você não se acomode e saia da zona de conforto.

Mas, ao procurar um trabalho, analise a empresa como um todo: sua equipe, tarefas, salário, plano de carreira e mais. E, ao iniciar em um novo emprego, procure superar todas as expectativas, dê sempre o seu melhor.

 

Certo, mas como posso aplicar isso à minha vida?

 

Pensamentos vitoriosos possuem mais chances de gerarem resultados positivos. Enquanto que, pensamentos triviais geram apenas resultados triviais. Onde você consegue pensamentos vitoriosos? Pergunta errada, a pergunta correta seria com quem aprender. A resposta é: “aprender a pensar com aqueles que chegaram lá”.

Flávio diz que “só é possível aprender a ter uma mentalidade vitoriosa com os vencedores”. Com a tecnologia atual, temos acesso a conteúdos biográficos e materiais produzidos por essas pessoas. Para começar, saia da conformidade e da mesmice.

 

E aí, você gostou desta análise?

 

O que você achou da obra de Flávio Augusto da Silva, “Geração de Valor”? Deixe o seu feedback; assim, podemos oferecer sempre o melhor conteúdo pra você! E se você quiser se aprofundar ainda mais no assunto, adquirira agora o livro clicando no link abaixo:

 

 

Finalmente você terá a oportunidade de estudar com referências em liderança e gestão e fazer parte de uma rede de alta performance para desenvolver habilidades e se preparar para o emprego dos sonhos!

A Voitto Premium é um plano de assinatura criado para quem está em busca de uma solução acessível para se preparar para os desafios do mercado.

No nosso clube de vantagens, os assinantes têm acesso aos cursos, mentorias, VoittoCast, Power Hacks, Let’s Grow, conteúdos exclusivos, além de uma rede de Networking conectada e engajada. Seja Premium!

 

 

Nota:

O conteúdo apresentado acima traduz a visão e análise crítica da nossa equipe de redatores, respeitando os fundamentos de propriedade intelectual no Brasil (artigo 8, inciso I).

Nenhuma parte do livro está sendo copiada. São conteúdos únicos e exclusivos, sempre dando créditos aos autores e indicando o link para aquisição da obra completa. A Voitto respeita o código de direitos autorais de acordo com o estabelecido na legislação brasileira, Lei 9.610/98.

Este conteúdo é de propriedade exclusiva da Voitto e está protegido pela Lei de Direitos Autorais em seus artigos 46, I, (a) e em seu artigo 47, isso porque não se trata de reprodução e também não lhe implicam qualquer descrédito, pelo contrário, o direito moral é protegido e, como ressaltado anteriormente, o leitor recebe um link para adquirir a obra. É proibida a reprodução deste material sem a autorização da empresa.