Como funciona o marketing pessoal? Confira como conciliar estratégias para você e sua marca!

Veja o que é o marketing pessoal, como melhorar suas estratégias e as principais diferenças entre ele e o conceito de personal branding

Thiago Coutinho 03/09/2021 - 6 mins de leitura

Com quem você se identifica mais, com o fundador de uma empresa ou com a empresa em si? Como seres humanos, somos mais inclinados a nos identificar com outras pessoas, e daqui que surge a importância do marketing pessoal.

Grandes empresas, revoluções ou invenções normalmente ficam reconhecidas através de quem as representa. Nesse sentido, quem representa ideais maiores do que si, o fazem através do marketing pessoal.

A noção de marketing pessoal não se limita ao meio digital. Presidentes, CEO’s ou artistas. Elon Musk, Getúlio Vargas ou Anitta. Todos precisam passar uma imagem que venda quem é o que cada um representa. 

Para ser lembrado, vindo a mente do seu cliente quando ele precisar do seu produto ou serviço, é preciso ser visto.

Assim, quer entender melhor sobre marketing pessoal para se promover e obter melhores resultados no mercado de trabalho? Então não deixe de acompanhar os tópicos abaixo até o final:

  • O que é marketing pessoal?
  • Como melhorar o seu marketing pessoal?
  • O que diferencia o personal branding do marketing pessoal?

O que é marketing pessoal?


Como o nome sugere, o marketing pessoal trata de um conjunto de estratégias utilizadas para melhorar a sua própria imagem e contribuir no processo de promoção da mesma para o público.

Assim, o objetivo do marketing pessoal é tornar o seu perfil relevante, de modo que você se torne uma referência na sua área de atuação, e cada vez que as pessoas pensarem em temas relacionados a ela automaticamente o tenham em mente.

Por isso, esse tipo de marketing é movido pela geração de valor. Diferentemente das estratégias de publicidade convencionais, o marketing pessoal e profissional não se trata sobre vender, e sim sobre conduzir o seu cliente até uma venda futura. 

Além disso, quando bem executadas essas estratégias causam no cliente uma facilidade em destacar o porquê você é bom, e consequentemente entender porque devem comprar algo de você (ao invés de outras pessoas).

Você está gerenciando projetos como deveria? O Guia para o Conjunto de Conhecimentos de Gerenciamento de Projetos (PMBOK) é um documento elaborado e publicado pelo Instituto de Gerenciamento de Projetos (PMI) para orientar esse processo de gerenciar.

Pensando nisso, elaboramos para você o curso Introdução ao Gerenciamento de Projetos na Prática, que traz o conjunto de práticas e fundamentos eficientes no que se refere ao gerenciamento de um projeto. Você terá acesso aos recursos e embasamento necessários para gerenciar um projeto por meio de todo o seu ciclo de vida - e totalmente alinhado com o PMBOK!

E então, que tal conquistar o êxito na execução do seu projeto, evitando perdas e minimizando riscos e ainda conhecer a plataforma da Voitto? É só usar o cupom BLOG100 e começar a se capacitar gratuitamente! Clique na imagem abaixo e se inscreva no curso Introdução ao Gerenciamento de Projetos na Prática!


Como melhorar o seu marketing pessoal?


Entendido o que é, e o quanto o marketing pessoal é importante, o próximo desafio é melhorar o seu próprio. Afinal, já deve ter ficado claro que a sua vitrine deve ser atrativa o suficiente para convencer o seu cliente.


Desse modo, confira abaixo as 5 melhores dicas para melhorar o seu marketing pessoal:


1. Utilize múltiplas plataformas


O marketing pessoal serve para promover a imagem de um profissional, por isso, é interessante que você apareça em diversas plataformas. Nesse sentido, você pode se promover em praticamente qualquer meio de comunicação, tais como:

  • Redes sociais (Instagram, LinkedIn, Facebook, Twitter, etc);
  • Blogs;
  • YouTube;
  • Televisão;
  • Rádio;
  • Jornais.

Cada um mais adequado conforme a situação e necessidade que alguém possa vir a ter.


2. Defina bem a sua audiência


Lembre-se sempre que o seu marketing pessoal deve ser voltado para uma audiência de acordo com o seu objetivo. Nessa hora, vale lembrar da máxima que “nem Jesus agradou a todos”, e esse também não é o seu trabalho!

Estabeleça bem quem é o seu público-alvo e, a partir disso, concentre os seus esforços em convencê-los da sua qualificação. Lembre-se que a Internet é um ambiente público, então você ouvirá críticas de todos os lados, mas foque no que realmente importa!


3. Planeje as suas estratégias


Uma das principais dificuldades ao se tentar criar um bom marketing pessoal é conseguir ser consistente e coerente por tempo suficiente para colher os resultados do processo.

Assim, a melhor maneira de se evitar isso é planejando as suas estratégias desde o princípio, determinando o seu objetivo com o marketing pessoal, a maneira como você irá tentar alcançá-lo, e estabelecendo prazos e metas para acompanhar o progresso.

Ainda, é muito importante entender que o resultado muitas vezes demora para ser obtido, e nem sempre é alcançado da maneira esperada. Por isso, é preciso ser resiliente para superar as adversidades e persistente para atingir os objetivos.


4. Seja autêntico


Dificilmente você será lembrado pelas pessoas por ser apenas “mais do mesmo”. Para se destacar com o marketing pessoal, é fundamental mostrar que você é diferente e merece a atenção do seu público: é preciso que você seja autêntico. 

No entanto, não é necessário que você pense em algo genial para isso. Detalhes simples como vestimentas, cortes de cabelo, bordões e até traços da sua personalidade podem garantir a autenticidade que você precisa.


5. Tenha consistência


Por último, um dos pilares fundamentais para um bom marketing pessoal é ser consistente. Isso significa que você deve tentar ser fiel à sua imagem, caso contrário, você pode perder credibilidade com a sua audiência.

Vale ressaltar que essa não é uma regra rígida a ser seguida. Muitas vezes a própria estratégia de marketing se baseia em uma quebra de expectativa, mas, no geral, busque ser consistente e cumprir com o que o seu público espera.


O que diferencia o personal branding do marketing pessoal?


Se você já ouviu falar de personal branding, pode estar se perguntando qual é exatamente a diferença entre esse conceito e o marketing pessoal. Sendo esse o caso, continue nos acompanhando para entender melhor essas ideias.

O termo em inglês “brand” significa “marca”. Consequentemente, “branding” trata da gestão da marca. Ou seja, é sobre a maneira como o público enxerga a sua empresa (sentimentos, valores, memórias e outros aspectos que vem à mente quando pensam na sua marca).

Portanto, personal branding é a gestão da sua marca pessoal. É sobre estabelecer  as diretrizes que vão ditar a percepção que o público deve ter: o que eles devem esperar, qual é o seu diferencial e em que sua reputação está baseada.

Assim, a principal diferença entre marketing pessoal e personal branding está no objetivo direto da estratégia. Afinal, o marketing pessoal possui como alvo claro alguma métrica futura de lucro.

Já o personal branding abrange uma noção mais ampla, relacionada ao posicionamento do seu personagem para o público. Dessa forma, ele funciona como uma linha editorial que guia a trajetória pública de um indivíduo.

O caminho para tornar sonhos e ideias em um negócio promissor é árduo e exige disciplina!

Além disso, é necessário que você também tenha conhecimento das ferramentas corretas que farão com que você alcance uma gestão de excelência. 

Então, para te ajudar nessa missão, oferecemos para você o curso Formação Empreendedora

Com a formação, você será capaz de compreender melhor o ambiente de mudanças no mundo, identificar oportunidades e chances de melhoria, definir propostas de valor para seu negócio, utilizar ferramentas para mapear o mercado e desenvolver modelos de negócio.

Então, se você quer liberdade de tempo, autonomia de decisão e independência financeira, não perca tempo. Clique na imagem abaixo e se inscreva no curso Formação Empreendedora.

Inscreva-se em nossa newsletter e acompanhe de perto todas as novidades

Voltar ao topo