Muitas universidades de prestígio têm oferecido os chamados MOOCs (sigla para cursos online abertos e massivos em inglês), que representam uma novidade animadora em ensino a distância.

Agora é possível ter acesso ao nível de educação oferecido em universidades de ponta em matérias como Fundamentos da Neurociência em Harvard, Introdução a Negociação em Yale e Cálculos e Princípios de Biologia Sintética no MIT (Massachusetts Institute of Technology).

O periódico online Knowledge@Wharton, da Wharton School of Business na University of Pennsylvania, publicou este guia que explica como os alunos a distância podem aproveitar ao máximo os seus cursos.

Nós dividimos as diretrizes fornecidas pela publicação em 10 pontos mais importantes, que são discorridos ao longo deste artigo!

Se quiser se aprofundar, você pode adquirir o livro completo clicando no link: Mastering MOOCs.

 

Ideias principais do livro

 

  • Centenas de universidades oferecem MOOCs em uma grande variedade de assuntos - e a maioria deles abertos ao público;

  • Alguns cursos oferecem certificado de conclusão, cobrando uma taxa nominal;

  • Milhões de alunos participam de MOOCs;

  • Os alunos não enfrentam nenhum tipo de pré requisito para participação;

  • Qualquer pessoa com um computador, navegador e conexão adequada consegue participar;

  • Os alunos atendem aos MOOCs de acordo com seus horários e necessidades;

  • A maioria investe de quatro a seis horas semanalmente com cursos online e trabalhos relacionados;

  • As pessoas se cadastram nesses cursos para expandir suas habilidades, aumentar seu conhecimento, complementar suas credenciais profissionais, refrescar suas memórias e resolver problemas de negócios;

  • MOOCs requerem auto direcionamento, disciplina e desejo de aprender;

  • Análises e críticas online ajuda na avaliação do curso.

 

1 - O valor dos MOOCs

 

Max Buckley estava perto de se graduar na Cork Institute of Technology na Irlanda quando ouviu falar sobre os cursos onlines abertos e massivos. Estudante de administração de empresas, Buckley desejava ampliar seu conhecimento sobre novas tecnologias e computadores.

Pensando nisso, ele se inscreveu para o curso online gratuito de Circuitos e Eletrônica do MIT. Buckley gostou muito da experiência de aprendizado online, o que o levou a realizar mais cursos na área de programação de computadores que são oferecidos por algumas das universidades mais prestigiadas do mundo.

Enquanto realizava um curso de análise de dados, ele se inscreveu para um estágio no Google. Seu entrevistador estava matriculado no mesmo curso, o que o ajudou a conseguir a vaga e, posteriormente ser efetivado como analista de qualidade.

Apenas realizar um curso online não garante emprego a ninguém, mas esse caso ilustra como os alunos podem aprender com tempo, comprometimento e conexão à Internet.

Várias universidades trabalham em conjunto com companhias de educação online como edX e Coursera. Por exemplo, ao se matricular em um MOOC na University of California, você realiza o curso pela plataforma da edX.

 

2 - Conveniência

 


 

Aprendizagem online existe desde a década de 80. No entanto, os esforços iniciais ficaram restritos pelos limites da tecnologia disponível na época. A disponibilidade de Internet banda larga a baixo custo e computação em nuvem alavancou os MOOCs como um foguete.

Os cursos não demandam um processo de admissão ou pré requisitos, além de não durarem tanto tempo quanto um curso convencional.

Eles quebram barreiras entre alunos e novos conhecimentos, já que é possível assistir aulas a qualquer momento e no tempo mais adequado ao estudante.

 

3 - Milhões de alunos online

 

As faculdades disponibilizam os MOOCs na web para que o maior número possível de pessoas possam aproveitá-los. Desde a sua introdução, milhões de estudantes já participaram, especialmente a partir de 2012.

Alguns cursos cobram dos aprendizes uma pequena taxa para entregar um certificado de conclusão. Nas plataformas edX e Coursera, por exemplo, é cobrada uma taxa de 50 dólares.

Como os MOOCs geralmente oferecem excelentes experiências de ensino desenvolvidas por universidades de classe mundial e professores renomados, eles significam um retorno substancial pelo investimento do seu tempo.

Alguns alunos contam que conseguiram salários melhores por terem realizado cursos online.

 

4 - Componentes e características

 

Além de componentes educacionais padrão como vídeo aulas, quizzes online e tarefas de leitura, os cursos oferecem fóruns interativos nos quais alunos e professores se comunicam eletronicamente.

No espectro educacional, um curso online se encaixa entre um livro didático e um curso de faculdade. Muitos executivos realizam esse método de ensino para desenvolver seus conhecimentos e habilidades, garantindo assim uma base sólida para gerir ou abrir um novo negócio.

Outros, por outro lado, recorrem aos MOOCs para solucionar problemas em seus negócios ou para melhorar as habilidades de sua equipe. Ainda existem as pessoas que realizam os cursos como recreação e para satisfazer sua curiosidade intelectual.

No entanto, executivos que desejam se manter competitivos precisam manter suas habilidades, e os cursos online são ideais para este propósito. Eles oferecem informação de qualidade para melhorar o currículo e uma experiência de ensino superior.

À medida que os cursos ficam mais populares, mais gerentes os aceitam como legítimas credenciais profissionais.

 

5 - Requisitos básicos

 

Graças à disponibilidade dos MOOCs, qualquer um em qualquer lugar com uma conexão à Internet rápida o suficiente, poder de processamento adequado e um navegador de qualidade consegue adquirir conhecimento valioso de forma eficiente.

Esse tipo de informação antigamente estava disponível apenas para estudantes de universidades. Um típico curso online requer quatro a seis horas de estudo por semana, mas isso não significa que são fáceis, alguns podem ser bastante desafiadores.

 

6 - Alternativas de aprendizado

 

Os cursos online representam apenas uma opção entre várias para aqueles que desejam somar à sua educação. Apesar de envolver maior interação do que simplesmente estudar com um livro, eles não são tão imersivos como uma típica experiência de sala de aula.

Eles não são feitos para substituir a rica experiência educacional de uma faculdade ou de um MBA, por exemplo. Na verdade, são importantes para complementar a formação acadêmica com qualidade.

Um MOOC pode servir como porta de entrada para alternativas de aprendizado mais aprofundadas. Eles são úteis para alunos que desejam investigar diferentes áreas de conhecimento para determinar se estão interessados em estudar mais aquele assunto através de outras formas de ensino.

Outro fator importante é que os alunos conseguem realizar tudo isso sem precisar investir uma grande quantidade de dinheiro.

 

7 - Múltiplas escolhas educacionais

 

MOOCs abrangem uma incrível variedade de matérias. Normalmente, é possível encontrar cursos de qualquer assunto que você deseja. Como explica Piotr Mitros, da edX: “Muita informação que não estava disponível antes está acessível agora.”

Além disso, ele fala: “Na maioria dos casos, esses cursos mais avançados foram criados por um professor… para uma pequena turma”.

Com o grande número de escolhas disponíveis, encontrar o curso certo pode ser um desafio. Espere gastar certo tempo - e consideráveis tentativas e erros - para investigar diferentes cursos antes de definir qual vai funcionar melhor para você.

Confie nos seus conhecidos para receber instrução. Ex alunos normalmente postam análises e críticas dos cursos. Além disso, na própria plataforma é possível encontrar bastante informação útil e direcionamento sobre o estudo, como vídeos demonstrativos.

Após definir o curso, tenha certeza de reservar tempo necessário para realizar seus estudos e esteja pronto para aumentar esse tempo, se necessário. Aqui seguem mais dicas para ter sucesso no seu aprendizado:

 

  • Planeje quando e onde vai estudar. Uma vez definido seu planejamento de estudo, siga-o rigorosamente;

  • Determine se você precisa de certificado ou algum tipo de reconhecimento;

  • Verifique se seu computador, navegador e conexão são adequados para o curso que deseja fazer;

  • Peça para seus parentes e amigos te apoiarem nos seus esforços.

 

8 - Companheiros de estudo

 

Frequentemente, você aprende mais em um MOOC ao se conectar com pessoas do seu curso. Comunique-se com eles regularmente através dos fóruns de discussão e mídias sociais.

Aprendizes que moram perto podem se organizar e criar grupos de estudo, assim fica mais fácil para entender o conteúdo do curso e suas aplicações.

Utilize o seu curso completo como um pontapé inicial para mais educação, seja por outros MOOCs, livros, cursos tradicionais de faculdade ou outras opções de treinamento.

 

9 - Aplicação em uma empresa

 

Mike Belsito é diretor de estratégia da Movable, uma empresa startup da área de saúde e atividade física. O principal produto é a Movband, uma pulseira que serve como rastreador de atividade pessoal.

Belsito gostaria de aprender sobre ludificação e como isso poderia melhorar a experiência do usuário.  Para isso, ele se matriculou em um MOOC de ludificação da Wharton e enviou um email para seus funcionários perguntando quem teria interesse em realizar o curso.

Quase um terço de seus funcionários mostrou interesse e assistiu às aulas em grupo. Dessa forma, eles conseguiam discutir sobre o conteúdo após a aula, já que o diretor forneceu material de suporte, como livros sobre o assunto.

Assim como a Movable, muitas outras empresas enxergam os MOOCs como uma valiosa forma de treinar e ensinar seus funcionários. Para aplicar em uma empresa, algumas diretrizes devem ser seguidas:

 

  • Não force nada aos funcionários. Promova os cursos como formas de treinamento, junto com livros, seminários e treinamento individual especializado;

  • Utilize vocabulários e conceitos apresentados no MOOC, mostrando sua aplicação;

  • Faça o curso junto com os colaboradores;

  • Utilize reuniões para discutir a relevância do curso na solução de problemas da empresa.

 

10 - O MOOC correto

 

Apesar do imenso valor dos MOOCs, garanta que eles sejam adequados para seus objetivos educacionais antes de se matricular. Além disso, eles requerem muita dedicação, disciplina própria e desejo de aprender por conta própria.

Considere estes dois pontos para garantir que o curso escolhido é o correto para você:

 

I. Mapeie seus objetivos

 

Decida o que você espera alcançar ao escolher um curso em específico. Você quer aprender conhecimento novo especializado, desenvolver uma nova habilidade, melhorar suas habilidades atuais ou simplesmente satisfazer sua curiosidade?

 

II. Procure por aplicações práticas

 

O curso vai te ajudar a melhorar suas capacidades profissionais? Determine como fazer uso prático da sua nova especialidade. Considere como os outros membros da sua equipe também vão se beneficiar.

 

Sobre o autor

 

Knowledge@Wharton é o periódico de análise de negócios da Wharton School of Business na University of Pennsylvania. É publicada uma versão global em inglês e edições regionais em espanhol, português, chinês simplificado e chinês tradicional.

 

E aí, o que achou?

 

Gostou do artigo? Deixe seu feedback!

Além disso, se você se interessou pelo livro, pode aproveitar nossa parceria e adquiri-lo com a Amazon, só acessar o link abaixo:

 

 

Nota:

O conteúdo apresentado acima traduz a visão e análise crítica da nossa equipe de redatores, respeitando os fundamentos de propriedade intelectual no Brasil (artigo 8, inciso I).
Nenhuma parte do livro está sendo copiada. São conteúdos únicos e exclusivos, sempre dando créditos aos autores e indicando o link para aquisição da obra completa. A Voitto respeita o código de direitos autorais de acordo com o estabelecido na legislação brasileira, Lei número 9.610/98.
Este conteúdo é de propriedade exclusiva da Voitto e está protegido pela Lei de Direitos Autorais em seus artigos 46, I, (a) e em seu artigo 47, isto porque não se trata de reprodução e também não lhe implicam qualquer descrédito, pelo contrário, o direito moral é protegido e, como ressaltado anteriormente, o leitor recebe um link para adquirir a obra. É proibida a reprodução desse material sem a autorização da empresa.