O que é a certificação CEA? Descubra como se destacar no mercado financeiro!

Conheça sobre a certificação CEA, que é uma das certificações do mercado financeiro que fazem com que os profissionais se destaquem.

Thiago Coutinho 13/07/2021 - 6 mins de leitura

No mercado financeiro existem algumas certificações que comprovam os conhecimentos técnicos e habilidades de um profissional. Algumas delas são obrigatórias como a CPA-10 e CPA-20, mas vistas com pouco valor. Outras também são exigidas, mas trazem bons olhos e se mostram como diferentes, como a CEA.

A Certificação de Especialista em Investimentos ANBIMA é uma prova completa para quem atua como especialista em investimento para pessoas físicas. Normalmente, essa é uma certificação tirada por profissionais de níveis hierárquicos maiores, como gerentes de contas. 

No entanto, se você está ainda começando a carreira no mercado financeiro, o CEA também pode ser uma boa oportunidade para se destacar. Por ser uma prova mais robusta, que cobra níveis mais aprofundados de conhecimento, quem possui esse certificado é bem visto em processos seletivos e até mesmo em promoções.

Fique aqui e descubra tudo sobre a CEA através dos seguintes pontos: 

  • O que é a certificação CEA?
  • Quem pode tirar a certificação CEA?
  • O que faz um profissional com certificação CEA?
  • Qual o formato e quais conteúdos caem na prova da certificação CEA?

O que é a certificação CEA?


CEA é a sigla utilizada para a Certificação de Especialista de Investimentos realizada pela ANBIMA. Essa certificação é obrigatória para a atuação em alguns cargos, principalmente para gerentes de contas de clientes pessoas físicas,  assessores e consultores CVM registrados. 

Quando o profissional é aprovado na prova da CEA, ele já está automaticamente habilitado para exercer as funções que exigem CPA-10 e CPA-20. Afinal, a CEA engloba os mesmos tópicos com uma profundidade maior. 

A Certificação de Especialista de Investimentos atesta os conhecimentos em diferentes áreas, principalmente produtos de investimentos como:

Você sabe quais são os pré-requisitos para tirar a certificação CEA? Confira a seguir! 

Mas antes, preparamos para você a planilha de Controle de Ações, para te auxiliar na organização dos produtos de investimentos. Não perca tempo e baixe agora gratuitamente!

Com o mercado de Trade e investimentos em constante ascensão, para quem está envolvido na área, é de grande importância conseguir manter um controle de acompanhamento neste ramo.

Visto isso, desenvolvemos um material que tornará essa organização muito mais fácil!

Com a Planilha de controle de ações é possível registrar as ações de giro diário e operação comum. Ainda, ter uma visualização dos dados mensalmente por meio de um gráfico automático.

Deseja aproveitar essa oportunidade? Então basta clicar no botão abaixo e fazer o download!


Quem pode tirar a certificação CEA? 


De forma geral, não há pré-requisitos para que alguém possa fazer a prova da ANBIMA para tirar a CEA. No entanto, há alguns públicos-alvo para os quais ela se destina. Entre eles, estão:

  • Profissionais que já atuam em instituições financeiras que segue ou não o código ANBIMA; 
  • Estudantes que buscam se qualificar para o mercado de trabalho;
  • Pessoas que trabalham em autarquias e órgãos públicos que possuam cunho de atuação voltado para finanças em geral. 

Visto que o público-alvo pode ser bem abrangente, vale a pena conferir o que pode fazer um profissional com certificado CEA. 


O que faz um profissional com certificação CEA? 


Um profissional com certificação CEA pode atuar em diversos segmentos financeiros. Ele será capaz de instruir pessoas físicas a fazerem o seu planejamento financeiro através de investimentos inteligentes que podem fazer com que elas alcancem mais rápido os seus objetivos. 

Além disso, a CEA também mostra a capacidade do profissional de atuar com a gestão de riscos, cálculo de investimento inicial para determinadas metas, formação de carteira de curto, médio e longo prazo. 

Vale ressaltar que o profissional com certificação CEA também deve sempre se atualizar e acompanhar o mercado. Por isso, ele também estará apto para instruir sobre novos produtos financeiros, estratégias de investimentos robustas, até mesmo a respeito do pix, open banking e seus impactos.  

Você quer desempenhar algumas dessas funções? Então, descubra todos os detalhes e características da CEA a seguir!


Qual o formato e quais conteúdos caem na prova da certificação CEA? 


A ANBIMA é responsável por organizar a prova da CEA. Por isso, é através do site da instituição que o participante deverá fazer a inscrição e averiguar quais os locais de aplicação. 

No entanto, a Fundação Getúlio Vargas (FGV) atua como responsável pela realização das provas. Afinal, cabe a ela definir os locais e datas disponíveis para que os candidatos possam realizar os exames.


Características da prova


Além disso, a prova tem algumas caraterísticas importantes. A primeira delas é o fato de que a sua aplicação é presencial, no entanto, a mesma é feita com o auxílio de computadores. Sendo assim, após entregar as questões o candidato já terá a prévia de seus resultados. 

Para alcançar a aprovação, é necessário o mínimo de 70% de acerto. Isso significa, que o candidato deve responder corretamente no mínimo 49 das 70 questões de múltipla escolha. Para isso, o tempo limite é de 3 horas e 30 minutos. 


Conteúdos cobrados


Separamos para você a lista com os conteúdos cobrados na prova CEA e o percentual de questões de cada um deles de acordo com a ANBIMA. Confira: 

  • Sistema Financeiro Nacional e Participantes do Mercado (5% a 15%);
  • Princípios Básicos de Economia e Finanças (5% a 15%);
  • Instrumentos de Renda Fixa, Renda Variável e Derivativos (15% a 25%);
  • Fundos de investimento (10% a 20%);
  • Produtos e Previdência Complementar (10% a 15%);
  • Gestão de Carteiras e Riscos (10% a 20%);
  • Planejamento de Investimentos (15% a 25%).

Validade da CEA


A CEA possui validade máxima de 5 anos a contar da data de aprovação. No entanto, esse prazo pode se alterar.

O prazo máximo é dado para profissionais que já foram aprovados enquanto atuavam no mercado financeiro e permaneceram assim até o final do prazo. 

No entanto, para pessoas que estão fora das instituições financeiras participantes, o CEA tem prazo de validade de 3 anos. Porém, se você começa a trabalhar em alguma dessas organizações, o prazo pode se estender até o máximo de 5 anos. 

O mesmo vale para pessoas que deixaram de trabalhar no mercado financeiro. A contar da data que elas foram desvinculadas, o prazo de validade passa a ser de 3 anos. Lembrando que esse período pode se reduzir se faltar menos que isso para completar os 5 anos limites. 


Formas de atualizar a certificação


Para atualizar a CEA, o profissional não necessariamente precisa refazer a prova. O prazo de validade é um mecanismo que faz com que os certificados não deixem de se atualizar e isso pode ser alcançado de algumas formas. 

Uma delas é com a participação de treinamentos divulgados pela ANBIMA que tem como base o programa de atualização. Vale lembrar que a conclusão dos mesmos deve ser feita antes do término do prazo de validade. 

Outra forma é o curso de atualização online. Ele é ideal para pessoas que querem ter a liberdade de controlar os próprios horários e rotinas de estudo. Após a finalização do curso, haverá uma avaliação. É necessário que a aprovação na mesma seja antes da data de vencimento da CEA. 

Para ficar por dentro de mais conteúdos como esse, que irão te ajudar a se capacitar e alcançar o sucesso almejado. Continue acompanhando o Blog Voitto!


Invista na sua capacitação!


Você já teve dúvidas na hora de escolher o melhor investimento para o seu dinheiro? Qual a melhor maneira de analisar qual investimento traz a melhor relação de risco e retorno? E como seria se você soubesse analisar essas variáveis na hora de escolher um investimento?

Com o curso de Gestão financeira e Análise de investimentos você irá aprender conceitos importantes e acabar de uma vez com essas dúvidas!

Você irá aprender sobre como entender uma DRE, analisar um Balanço Patrimonial, Fluxo de Caixa e Gestão do Capital de Giro. 

Também será capaz de compreender indicadores financeiros como ROA, ROI, entre outros, além de aprender um método passo a passo para analisar seus investimentos.

Clique na imagem abaixo e se inscreva no curso de Gestão Financeira e Análise de Investimentos!

Inscreva-se em nossa newsletter e acompanhe de perto todas as novidades

Voltar ao topo