Neste artigo, você irá conhecer detalhadamente o que é DMEDI no Seis Sigma e o que é feito em cada uma das suas etapas. Mas, antes de partir para o tema principal, permita-me já esclarecer uma dúvida muito comum: qual a relação entre a extensão do Seis Sigma chamada Design for Six Sigma (DFSS), o método DMADV e o próprio método DMEDI?
 

DFSS, DMADV e DMEDI: afinal, do que se tratam estas ferramentas do Seis Sigma?

Do mesmo assunto. Simples assim. O termo Design for Six Sigma (DFSS), ou ao pé da letra Desenho para Seis Sigma, é uma metodologia que foi desenvolvida pela GE perto dos anos 2000 com o objetivo de desenvolver novos produtos e processos compreendendo as métricas e fundamentos do programa Seis Sigma.

Veja bem, quando uma empresa já está em pleno funcionamento, ela conta com vários processos e produtos que podem ter seu desempenho elevado, correto? Para aumentar este desempenho, existe o programa Seis Sigma que, através do método DMAIC, orienta sistematicamente como proceder. Até aqui não restam dúvidas.

Contudo, como você deve imaginar, é cada vez mais rápida a exigência do mercado consumidor de cobrar tanto por novos produtos com alto valor agregado e que tenham maiores taxas de tecnologia e inovação de ponta, quanto por novos processos com níveis de capacidade de produção muito mais elevados, sofisticados e flexíveis para atender diferentes e novas demandas, não é verdade?

Ou seja, uma empresa que quer utilizar estrategicamente os fundamentos e ferramentas do Seis Sigma não espera implantar um novo produto e processo para depois corrigir as variações indesejáveis e o desempenho aquém do esperado. Muito pelo contrário, para se diferenciar competitivamente, esta empresa adota de modo preventivo as mesmas estratégias do Seis Sigma, só que no que diz respeito ao desenvolvimento de novos produtos e novos processos.

 

Legal, entendi então o que é DFSS. Mas e DMADV e DMEDI: o que são?

A nomenclatura do método DMADV significa traduzindo para o português: Definir, Medir, Analisar, Desenhar e Verificar; enquanto que o significado do método DMEDI é: Definir, Medir, Explorar, Desenvolver e Implementar. Reparou que os poucos termos que diferem são meio que sinônimos?

Então, os objetivos de cada passo de ambos os métodos são iguais e qualquer um deles pode ser utilizado para empregar de forma estruturada, sistêmica e pragmática os princípios e diretrizes da metodologia DFSS. A partir daqui, você agora irá compreender o que é feito em cada fase. Vamos lá?

 

Confira as 5 etapas do método DMEDI!

Define

A etapa definir possui como objetivo fundamental elaborar detalhadamente o escopo do novo produto ou processo que será projetado. Este documento deve abranger basicamente uma descrição meticulosa do projeto que será proposto, as motivações financeiras e/ou qualitativas em conjunto com o cronograma e prazos de entrega, os membros que formarão a equipe de desenvolvimento, dentre outros.

Measure

Depois de contar com um escopo rico em informações sobre o projeto, a fase medir vai muito além de apenas levantar e anotar indicadores de desempenho. Como se trata de um novo produto ou processo, traduzir estas até então novas necessidades em requisitos é agora a tarefa.

A ferramenta Voz do Cliente (VOC) é uma ótima estratégia para conseguir traduzir estas exigências e anseios registrados no escopo do projeto em requisitos de desempenho. Através dela, a segurança de que o cliente será atendido se torna muito mais elevada. E lógico, confrontar depois de conhecidos estes requisitos e ajustá-los se viável e necessário com as solicitações previstas de investimento do projeto é também essencial.

Explore

A fase explorar tem como propósito encontrar soluções que atendam requisitos de projeto conhecidos na etapa anterior. As especificações de projeto que foram definidas na etapa Medir, agora, deverão ser transformadas em propostas eficazes de solução que atendam todas estas exigências – ou, ao menos, grande parte delas.

Isto é, a elaboração de várias teorias conceituais de como deverá funcionar o novo produto ou processo é a tarefa deste passo. E, claro, conforme o projeto avança, revisar as necessidades financeiras, tecnológicas e de demais recursos é tão essencial quanto continuar avaliando os níveis de viabilidade de fornecimento, produção e marketing.

Develop

Com base nas alternativas desenvolvidas na etapa Explorar, o passo Desenvolver possui como finalidade priorizar as melhores propostas para analisar de forma detalhada todo o seu processo de funcionamento. A classificação por atividades que agregam valor ao cliente das que não agregam por proposta prioritária é um bom plano na hora de decidir qual delas optar.

Definida a proposta conceitual elaborada na fase anterior e destrinchada agora com base em suas taxas de valor agregado, a aplicação de ferramentas do Lean Manufacturing para combater e reduzir estes desperdícios antes de seguir com o desenvolvimento do primeiro experimento do projeto é uma excelente ação preventiva a ser tomada.

Implement

Pronto, chegou agora a hora de implantar o teste piloto que contemple a solução detalhada que foi desenvolvida. Depois disto, resta validar este experimento e efetuar a entrega em larga escala do novo produto ou processo ao cliente, com a garantia de que o cumprimento de suas respectivas especificações de projeto serão respeitados.

 

Quer conhecer mais o Seis Sigma?

Se você leu até aqui, saiba que é um dos poucos entusiastas pelo programa Seis Sigma que realmente conhece a diferença destes vários termos existentes: Lean Seis Sigma (LSS), DMAIC, DFSS, DMADV, DMEDI e por aí vai... Se quiser conhecer ainda mais sobre os princípios e finalidades desta notável metodologia empresarial, eu trago uma ótima sugestão: confira o pacote de cursos onlines Lean Seis Sigma aqui da Voitto!

Lá você poderá conhecer muito mais sobre o Lean Seis Sigma, o método DMAIC e as suas principais ferramentas através do curso online e gratuito de White Belt. Além disto, caso opte por se aprofundar ainda mais na aplicação destas ferramentas e ser capacitado para gerenciar e liderar projetos estratégicos de desempenho,  confira também o que as modalidades de Green Belt e Black Belt podem te proporcionar!