Cansado de perder cliente? De tomar aquela bronca do patrão? Ou até mesmo se a empresa for sua de ficar insatisfeito com o lucro no final do mês?

Então você está no lugar certo, aprenda com este artigo os erros mais cometidos até mesmo pelos vendedores mais experientes.

Sabemos que a área de vendas é um setor vital no negócio de cada empresa, afinal é através dela que teremos mais ou menos lucros.

Devido a isso o time de vendas deve estar atento para entender as necessidades dos clientes e, assim, oferecer a solução que eles estão procurando sem enrolação.

Antes de iniciarmos os 7 principais erros de quem vende, quer uma dica incrível? Temos para você que está procurando ser um vendedor de sucesso, um ebook GRATUITO de 5 Dicas para uma negociação de Sucesso, clique no botão abaixo e não deixe de conferir.

Está curioso agora para saber o que não fazer em um processo de venda? Continue neste artigo para saber os 7 principais erros mais comuns de um vendedor.

 

1. Erro - Não conhecer o cliente e suas necessidades

 

 

Quem gosta de ser tratado como um completo desconhecido? Ninguém, não é mesmo?

O cliente gosta de ver que você realmente se importa com ele, que está verdadeiramente empenhado em solucionar o problema dele e não somente em lucrar para a empresa.

Devido a isso é importante conhecer brevemente quem é o cliente e por que ele busca pelo produto ou o serviço da sua empresa.

Grande parte das vendas não são fechadas porque o vendedor não é capaz de ter a sensibilidade de entender o perfil do comprador e o que ele está realmente buscando.

 

2. Erro - Não ouvir o cliente e falar demais

 

 

Aqui é onde devemos ter equilíbrio, pois como dito anteriormente devemos sim conhecer o cliente e entender a sua necessidade, mas sem exagero.

Se o vendedor não souber ouvir o que o consumidor tem a dizer, querer apenas falar e falar, não conseguirá propor soluções corretas para ajudá-lo a resolver o problema.

Além de saber ouvir, é preciso também saber o quanto falar. O excesso de fala e de informações pode assustar o cliente e criar uma situação invasiva. Este é um dos erros cometidos com bastante frequência por parte de quem vende.

 

3. Erro - Não oferecer um atendimento personalizado

 

 

Existem diversos perfis de cliente, e cada um gosta de ser tratado de maneira diferente.

Tem cliente que gosta de conversar mais, outros de ir mais direto ao ponto, uns gostam de contar casos particulares da vida e outros não.

Um dica que é sempre válida é chamar o seu cliente pelo nome, pois isso gera empatia, fazendo ele se sentir importante.

Oferecer um tratamento padronizado para todos os clientes mostra uma possível preguiça por parte do vendedor em entender o perfil de cada consumidor.

É necessário entender que se adaptar a cada necessidade e a cada perfil gera valor no relacionamento entre as partes no processo de venda.

 

4. Erro - Demorar para responder um cliente

 

 

Solucionar o problema do cliente com agilidade e assertividade é uma das melhores maneiras de encantá-lo.

Como vivemos em uma sociedade que está cada vez mais conectada e acelerada, uma demora na resposta pode causar a desistência de compra ou a migração do cliente para a concorrência.

Essa demora na resposta ao consumidor é um dos erros do vendedor que pode ser crucial, pois além da perda da venda, há a possibilidade de perder a fidelização por deixá-lo irritado com a demora.

 

5. Erro - Não fazer perguntas certas no momento certo

 

 

É necessário cautela para não se precipitar no momento da negociação.

Muitos vendedores realizam muitas perguntas e pressionam os clientes para uma tomada de decisão. Estas ações podem ser cruciais no momento da venda, pois ninguém gosta de ser pressionado.

Os clientes não compram porque foram cobrados, mas sim porque foram estimulados.

Se houver excesso de pressão, o estímulo pode se transformar em desestímulo. Este é um dos erros de quem vende que pode ser cometido de maneira involuntária, por isso é preciso ficar atento para evitá-lo.

 

6. Erro - Não orientar o cliente

 

 

É preciso saber orientar o cliente sobre o que ele realmente precisa, evidenciando, assim, o valor agregado.

Além disso, é importante trazer informações que sejam relevantes para o fechamento das vendas. A informação correta acaba oferecendo um bom estímulo para a realização da compra.

Aqui entra também o item 1, onde é fundamental que você realmente conheça a necessidade do cliente, pois assim conseguirá orientá-lo de maneira satisfatória, sem gerar futura frustração por não ter sua necessidade atendida de forma correta.

Muitos erros de vendedores acontecem em função deles não deixarem claro como o seu produto irá objetivamente influenciar de forma positiva na vida do cliente.

 

7. Erro - Esquecer do cliente depois da venda

 

 

Quem gosta de ser esquecido? Ninguém não é mesmo? Isso inclui o seu cliente.

Por isso um dos pontos chaves na fidelização do cliente é o pós-venda. Manter um cliente é mais barato que captar um novo.

Um erro muito comum de quem vende é se esquecer do cliente após a venda, este esquecimento faz o cliente se sentir só mais um, e isso não é nada bom.

Não permanecer em contato com ele, recebendo um feedback e mantendo um relacionamento saudável não potencializa as chances de ocorrerem novos negócios no futuro.

 

Ficou interessado na área de vendas?

 

 

Agora que você já sabe quais os sete erros de quem vende, fique atento para não praticá-los.

Para aprofundar mais seus conhecimentos sobre vendas e atendimento, preparamos um curso para você de Técnicas de Vendas e Excelência no Atendimento.

Para se inscrever, basta clicar no botão abaixo:

Se ainda ficou com alguma dúvida, comente aqui embaixo, ficaremos muito felizes em ajudar! Ah, não se esqueça de mandar esse artigo para algum amigo que precise dessas dicas!