7 passos simples para começar a fazer dashboard no Power BI

Veja os 7 principais passos para fazer uma dashboard no Power BI do zero.

Thiago Coutinho 04/06/2020 - 8 mins de leitura

Se você trabalha com o Power BI já sabe o quanto ele facilita na hora de apresentar planilhas e tabelas com dashboards interativos e extremamente visuais.

Porém sabemos que às vezes isso não é o suficiente. Por vezes precisamos dos dados tratados e puros para certas análises e por conta dessa necessidade é que utiliza-se o DAX.

Nesse artigo você aprenderá:

  • O que é Power BI
  • O que é DAX e qual sua importância?
  • Quais são os tipos de operadores do Power BI?
  • Passo-a-passo da criação de um dashboard.

Ficou curioso como fazer um dashboard explicativo de forma simples? Vem com a gente que vamos te mostrar!


O Power BI


Power BI é a ferramenta de Business Intelligence da Microsoft. Nele é possível fazer o tratamento de dados brutos e transformá-los em informações úteis e visuais.

Essas informações podem ser enviadas em tempo real para as pessoas certas e com isso, a tomada de decisão fica mais assertiva e precisa.

Além disso, por conta da integração com outros softwares, como por exemplo o Excel, o Power BI importa a fonte de dados evitando retrabalho e erros de digitação na hora da análise de dados.



O que é o DAX e qual a sua importância?


DAX, ou Data Analysis Expressions, é a linguagem de programação do Power BI, que auxilia o usuário a construir fórmulas através de lógica.

Para quem está acostumado a trabalhar com o Excel vai ficar fácil de entender o funcionamento do DAX, ele está para o Power BI assim como o VBA (Visual Basic Application) está para o Excel.

DAX é um conjunto de diversos tipos de funções e operadores, de vários tipos, para construir uma fórmula. Por meio dele é possível retornar um único elemento, ou vários.

Em resumo, o DAX auxilia na criação de novas informações, onde todos os elementos já estão sendo usados em sua planilha.


Quais são os tipos de Operadores do Power BI?


Veja agora os principais tipos de Operadores do Power BI para melhorar sua aprendizagem.


1. Aritméticos

  • + : Soma
  • - : Subtração
  • * : Multiplicação
  • / : Divisão
  • ^ : Potência

2. Comparação

  • = : Igual
  • > : Maior
  • < : Menor
  • >= : Maior ou igual
  • <= : Menor ou igual
  • <> : Diferente

3. Especiais

  • & : Concatenar
  • && : E (condicional)
  • || : Ou (condicional)

Vantagens


A vantagem de criar fórmulas no DAX é que auxiliará a obter um maior desempenho na sua produtividade.

Os problemas a serem resolvidos são diversos, desde comerciais até financeiros, sendo assim sua tomada de decisão ficará mais precisa.

Isso é trabalhar com BI e o DAX te ajuda a chegar no seu objetivo.

Como dito anteriormente, quem já possui um grau de conhecimento em Excel, não terá maiores dificuldades para lidar com o DAX porque a maioria das fórmulas são semelhantes as utilizadas previamente no Excel.


Ficou com gostinho de quero mais? 


Confira o nosso eBook gratuito Dashboards de Power BI e se especialize no assunto!

Com Dashboards de Power BI, você aprenderá o que são e como utilizá-las para gerenciar bancos de dados de forma realmente estratégica e efetiva na sua empresa.

Aproveite e baixe agora mesmo!



Como fazer uma dashboard no Power BI? 


Hoje iremos juntos montar um dashboard simples de uma loja de vendas de uma cidade.

As fórmulas são em inglês, mas não é necessário ter conhecimento prévio, pois com o tempo os usuários se habituam com a sintaxe e já flui normalmente.

E caso ainda esteja confuso, existem blogs preparados (como esse aqui!) para sanar todas as possíveis dúvidas dos usuários.

Com a fixação do conteúdo e domínio da função, é possível expandir para outros recursos e outros modelos.

Nesse passo-a-passo serão introduzidas 7 fórmulas básicas e de fácil entendimento.


Passo-a-Passo


Para acompanhar melhor realize os passos em tempo real para fizar melhor o conteúdo!

Foi usado uma versão Power BI Desktop para a execução dos passos a seguir.


1. O ambiente do Power BI


Se você não conhecia o ambiente da ferramenta seja bem vindo, é aqui onde a mágica acontece!

Seus dashboards são mostrados aqui e a partir daí é possível encontrar informações das mais diversas.


Para editar suas planilhas e criar fórmulas basta clicar no segundo ícone.


Clicar com o botão direito do mouse e selecionar Nova Medida.



2. Fórmula soma


Toda medida começa definindo o nome que ela terá. O sinal de igual define o início da fórmula.

A partir daí a sintaxe se inicia, coloca-se a fórmula SUM e a fórmula pedirá apenas um argumento.

Em nosso exemplo foi a coluna de Salário Final de cada vendedor.

A fórmula irá somar todos os elementos do conjunto e retornará um único valor.

Em nosso exemplo a fórmula será utilizada com o intuito de calcular o valor total do salário dos vendedores.



Após isso, a medida criada ficará do lado direito do nosso ambiente do Power BI.


Após isso vamos nas visualizações e vamos selecionar a opção Cartão e selecionar a medida de Salário Total.


E assim temos o nosso primeiro cartão do dashboard criado! Agora vamos fazer as outras medidas para as outras fórmulas.



3. Fórmula média


Faremos todo o processo de criação de uma nova medida e a partir daí começaremos um novo processo de outra fórmula.

Faremos a função média, ou em inglês, average. Ela pega o conjunto de dados de uma coluna e a partir daí encontra a média do intervalo.

Aqui usaremos para calcular o ticket médio da nossa empresa fictícia, ou seja, o valor médio das vendas efetuadas.

Fazendo novamente o processo de escolher um cartão e escolher sua melhor localização no dashboard, teremos nosso segundo cartão pronto!


4. Fórmula de máximo


Ela tem por objetivo dentro de um intervalo de valores encontrar o valor de maior número que ali se encontra.

Sua sintaxe permite a inserção de um argumento e retornará um único valor.

Para nosso exemplo encontraremos a venda de maior valor dentre os vendedores analisados.

Após a validação da medida, selecione novamente a opção de cartão e coloque a medida criada.

5. Fórmula de mínimo


Essa função a fim da fórmula de máximo tem por objetivo encontrar o menor valor dentro de um intervalo selecionado. 

Sua sintaxe se assemelha a fórmula de máximo e é possível inserir uma coluna apenas na fórmula e ela nos retorna o menor valor ali encontrado.

Em nosso exemplo a utilizaremos para entender qual foi a venda de menor valor.

Depois de colocar o cartão e adicionar a medida criada o dashboard ficará com essa cara.

6. Fórmula contador


Essa fórmula funciona como o próprio nome diz, ela é um contador. Sua sintaxe, como das anteriores, permite inserir apenas um argumento e retorna um valor. 

Para o nosso exemplo ela servirá para vermos quantos funcionários temos. Vale lembrar que em nossa planilha temos poucos trabalhadores registrados, mas em casos reais de empresas, esse valor passa de mil e alguns já não estão mais ativos, então essa fórmula auxilia também nesse controle.

Após colocar o cartão e a nova medida nosso dashboard terá esse formato:

7. Fórmula CALCULATE


Essa fórmula é uma das mais poderosas funções que o DAX possui.

É semelhante a fórmula "SE" no Excel, e ele é capaz de juntas diversas suposições em uma expressão. Porém ele possui algumas regras limitantes, são elas:

  • As expressões não podem contemplar funções que retornem tabelas completas;
  • Parâmetros de filtros não podem fazer referência à medidas.

Sua sintaxe permite dois, ou mais, argumentos, o primeiro que será a expressão a ser avaliada, e a segunda que é opcional, que são filtros limitantes.

No nosso exemplo iremos usar a fórmula calculate para identificar a quantidade vendida pela loja que se encontra na Zona Sul da cidade.


Depois de aplicar o cartão e a medida correta nosso dashboard está neste formato.

Avance uma casa!


Qual foi a sensação de montar o seu primeiro dashboard? Agora que um novo mundo se abriu para você, vamos continuar! Avance mais uma casa para chegar no próximo nível!

Empresas de variados segmentos desejam que seus funcionários de diversas áreas de formação tenham esse conhecimento em Power BI.

Atualmente, devido a alta competitividade dos mercados, não existem mais espaços para decisões baseadas em "achismos''.

Tendo isso em vista, muitas empresas utilizam o PowerBI como uma ferramenta para a análise dos dados obtidos, para que, no fim, sejam capazes de ter grande assertividade nas suas decisões.

O PowerBI então, é como um guia para tomada de decisões assertivas baseadas em dados. E fica fácil entender porque cada dia mais empresas utilizam esse software.

Pensando nisso, a Voitto oferece para você a formação Power BI Aplicado à Negócios. Ela te ajudará a compreender a ferramenta Power BI e tomar as melhores decisões para seu negócio!

Não perca mais tempo! Clique na imagem abaixo e garanta já o nosso treinamento Power BI Aplicado a Negócios!

Inscreva-se em nossa newsletter e acompanhe de perto todas as novidades

Voltar ao topo