Você sabe como o mercado de ações funciona? Sabe o que significa IPO? Ou o que significa ICO? É importante conhecer tudo isso para entender o que é STO e qual a necessidade desse tipo de oferta de token.

Se ainda não sabe responder alguma das três perguntas do início fique tranquilo, pois nesse artigo você encontrará a resposta delas e de outras perguntas:

  • O que é STO?
  • A diferença entre STO, ICO e IPO;
  • Quais as vantagens da STO?
  • Os principais desafios da STO.

Pode fechar as outras abas do navegador, porque aqui você lerá um conteúdo completo sobre STO. Vamos lá?

 

O que é STO?

 

STO é a sigla para Security Token Offering ou, em português, Oferta de Token Segura.

A STO une os conceitos de uma ICO e uma IPO:o que significa que o detentor de uma STO possui um token (um ativo digital como uma criptomoeda) que representa, por exemplo, ações, títulos de dívida, fundos ou fundos de investimento imobiliário.

Muitos termos complicados, não é? É assim mesmo quando você procura ter algum conhecimento sobre a área de finanças. Por falar nisso, se essa é uma área que você gosta, o que acha de fazer o curso de fundamentos essenciais da gestão financeira?

Quer saber por que você deve se inscrever logo? Porque, além desse curso ter tudo a ver com você, ele serve como capacitação profissional, pois você aprenderá sobre desafios da gestão financeira em empresas e as principais técnicas para superá-los.

Quando você recebeu a oportunidade de se destacar profissionalmente durante a leitura de um artigo na internet? Então, nem precisa agradecer, só aproveite! Inscreva-se clicando no botão abaixo!

curso de gestão financeira

Agora que sabe o que é STO e até recebeu um curso de gestão financeira, vamos seguir na leitura. No próximo tópico, você entenderá melhor o que significa a ICO e  a IPO e como elas se diferenciam da oferta segura de token.

 

A diferença entre STO, ICO e IPO

 

Primeiramente, você precisa entender...

 

O que é IPO?

IPO é um mecanismo de Ofertas Públicas de ações de uma empresa que está entrando no mercado financeiro pela primeira vez. Depois da IPO, a empresa se torna uma organização de capital aberto.

 

Depois da aquisição da IPO, é necessário que o investidor pague taxas a corretora e ao banco de investimento, suporte jurídico para legalização da ação e tantos documentos que não vale a pena falar aqui, mas saiba que a burocracia pós aquisição é grande.

 

E agora entra a blockchain...

Para facilitar a operação de registro e validação dos proprietários das ações após a aquisição das IPOs, surgiu a oportunidade de se aplicar as tecnologias de blockchain com seu mecanismo de consenso descentralizado, agilizado por contratos inteligentes e seguros.

Por meio da blockchain, é possível registrar as ações com alto nível de segurança e diminuir as taxas cobradas pelos serviços tradicionais.

Então, a diferença entre a STO e a IPO é a utilização da tecnologia da cadeia de blocos nas operações.

 

E quanto à ICO?

A ICO, muitas vezes, é interpretada erroneamente, pois as pessoas acreditam que ela é como as ações do mercado financeiro, só que dentro de redes blockchain. 

As ICOs são Utility Tokens, ou seja, tokens que podem ser usados para garantir o direito a um serviço ou produto oferecido pela Organização Descentralizada ou Aplicativo Descentralizado, que lançou a ICO.

Então, a diferença entre STO e ICO é que a primeira dá direito a ações ou a títulos de uma empresa e a segunda, a serviços ou a produtos.

 

Tem como ficar mais claro?

Claro que tem!

Imagine que uma companhia está ofertando ações de um parque de diversão. Se você comprar uma ação desse parque, você se torna um investidor proprietário de certa parte da empresa. Isso é uma aquisição de IPO.

Imagine também alguém que adquire bilhetes para brincar no parque. Essa pessoa não é proprietária, mas tem direito aos serviços que o local oferece. Isso é uma aquisição de ICO.

No primeiro caso, se você comprou a ação e o mecanismo por trás de todas as operações utiliza blockchain, significa que você adquiriu uma STO.

Pronto, certeza que tudo está claro agora!

A STO é uma oferta criada para melhorar a experiência de compra de ações aplicando a blockchain e aproximar do mercado tradicional as empresas e as startups que usam a cadeia de blocos como modelo de negócios.

No tópico a seguir, você verá pontualmente quais são as vantagens que os security tokens podem trazer para os investidores e para o mercado. Fique ligado!

 

Quais as vantagens de uma STO?

 

Quando comparamos a STO com a ICO, as vantagens são:

  • Conformidade com a lei de valores mobiliários cujo órgão regulador é a Securities and Exchange Commission (SEC);
  • Baixos riscos;
  • Associação a ativos e títulos de empresas reais; e
  • Facilidade ao determinar o valor real dos ativos.

Quando comparamos a STO com a IPO, as vantagens são:

  • Não necessidade de intermediários;
  • Baixos custos;
  • Propriedade fracionária; e
  • Alta liquidez.

Mesmo com tantas vantagens, ainda existem algumas barreiras para a implantação e a aceitação das ofertas seguras de token no mercado. Conheça essas barreiras a seguir!

 

Desafios das STOs no mercado

 

Como tudo que envolve blockchain, o principal desafio a ser enfrentado é a confiança.

Geralmente, quando uma iniciativa envolve a cadeia de blocos, é difícil atrair investidores ou usuários, apesar das inúmeras vantagens que possam ser oferecidas.

Além do mais, existe um grande impasse para a regulamentação das plataformas que oferecem STOs. No momento, elas são regulamentadas pelas mesmas leis que as IPOs, porém o funcionamento das duas ofertas é diferente e precisam de legislações diferentes. 

Outro desafio é relacionado à descentralização. A responsabilidade de oferta, de negociação e de registro recai sobre as empresas ofertantes, o que antes era função dos bancos e corretoras.

Sendo assim, empresas não querem gastar tempo e dinheiro com a oferta de STOs e, ainda por cima, não confiam completamente na cadeia de blocos.

Você confia?

 

Comece a aprender sobre investimentos

 

Nesse artigo, você conheceu a oferta de token segura (STO), viu a diferença dela com a ICO e IPO e ainda recebeu um curso de gestão financeira simplesmente incrível.

Depois da leitura, se tiver surgido aquela vontade de aprender mais sobre investimentos, mas não sabe por onde começar, aqui vai uma dica: comece pelo nosso curso de gestão financeira e análise de investimentos!

Nele você conhecerá os principais indicadores financeiros e a metodologia para fazer uma análise de investimentos.

Além disso, o curso também uma capacitação que pode fazer você se destacar no mercado, pois nele você aprende como fazer gestão de custos, organizar a estrutura financeira de uma empresa e fazer planejamento orçamentário.

Só vejo vantagens para você se clicar no botão abaixo, se inscrever e começar o curso! Não vai deixar a oportunidade passar não é? Aguardo você na lista de inscrição!

curso de gestão financeira e análise de investimentos