Após a conclusão do curso de medicina, os profissionais formados têm a opção de trabalhar em hospitais e clínicas, investir em pós-graduações voltadas para a área de ensino e de se tornarem médicos empreendedores.

Diante das opções, muitos optam pela última, e se tornam os donos do próprio negócio, assumindo as funções de administradores e médicos. Mas, para que o médico empreendedor possa ter sucesso nessa jornada, são necessários conhecimentos que vão além dos que são vistos durante a graduação e especialização.

Sendo assim, para saber mais acerca das características do médico empreendedor e do que é preciso para ser bem-sucedido no mundo dos negócios, vamos abordar neste artigo os seguintes tópicos:

  • Quem é o médico empreendedor?

  • Importância do empreendedorismo na medicina;

  • Por que ser um médico empreendedor?

  • Como se tornar um médico empreendedor de sucesso?

  • Aprenda tudo que envolve a abertura de um novo negócio.

 

Quem é o médico empreendedor?

 

O médico empreendedor é o profissional formado em medicina que investe no próprio negócio, seja essa empresa uma clínica, um centro de atendimento médico ou um hospital.

Além disso, o médico empreendedor deve saber que é essencial compreender como funciona um modelo de negócio, como é gerenciar um projeto e como esses conhecimentos podem auxiliar na gestão de um consultório.

De uma forma geral, o médico empreendedor é aquele profissional que valoriza um bom planejamento para a sua clínica. Ele sabe que uma clínica bem gerenciada traz resultados positivos, inclusive no relacionamento com os pacientes.

 

Importância do empreendedorismo na Medicina 

 

O empreendedorismo na medicina é importante pois diversifica as opções na área médica, como a criação das clínicas populares, que se tornaram uma opção para uma parcela da população que depende do sistema único de saúde.

Além disso, outras vantagens são herdadas da inovação gerada pelas evoluções no empreendedorismo. Como nas seguintes áreas:

 

Relação com os pacientes

Uma boa administração da clínica também assegura uma boa relação com os pacientes, pois a gestão adequada mantém a clínica devidamente organizada e facilita o atendimento.

Dessa forma, o empreendedorismo na medicina está tornando cada vez melhor o relacionamento entre o profissional da saúde e seu paciente. Sendo que o paciente, ou o cliente, está mais exigente no que diz respeito a qualidade do atendimento e aos valores das consultas.

 

Posicionamento de marca

Visto que a clínica médica é uma empresa, o empreendedorismo viabiliza ações e estratégias que trazem mais credibilidade, inclusive a destacando diante das concorrentes.

 

Canais de comunicação

O empreendedorismo atual trabalha com distintos canais de comunicação. Alguns são online, outros offline. Utilizar e gerenciar tais canais é essencial para captar e fidelizar pacientes.

 

Processos de gestão das clínicas

O avanço do empreendedorismo caminhou junto com as inovações nos modelos de gestão. Trabalhando para deixar os processos mais eficientes e controlados, metodologias ágeis surgiram, como o Scrum.

E, na área da saúde não seria diferente, pois realizar uma boa gestão do negócio é essencial para o seu sucesso.

E, se você está entrando no mundo dos negócios e quer saber mais sobre como realizar uma boa gestão, não deixe de baixar nosso E-book gratuito de Gestão para Médicos! É só clicar no botão abaixo e fazer o download!

E-book Gestão para Médicos

 

Por que ser um médico empreendedor?

 

O mercado de trabalho está concorrido em diversas áreas. E, isso afetou também a área médica. O aumento do número de profissionais formados a cada ano tem tornado as vagas em hospitais e clínicas privadas mais concorridas, da mesma forma para os concursos públicos.

Mas, é claro que o empreendedorismo por necessidade não é o único motivo que deve levar um médico a abrir o próprio negócio. Pois, das habilidades desenvolvidas durante a sua formação, muitas delas colaboram para que os médicos sejam bons empreendedores e administradores.

Dentre essas habilidades desenvolvidas podemos destacar:

  • Capacidade de aprender por meio da experiência: a medicina é uma área que não está aberta para erros, dessa forma, os médicos são formados para aprender com os erros já cometidos por outros profissionais e não passar por eles. Essa é uma característica que destaca o empreendedor, aprender com outras empresas para não cometer os mesmos erros é essencial no mundo dos negócios;

  • Aprendizado constante: o médico deve estar sempre se atualizando quanto ao que existe de mais moderno em sua área, como os novos tratamentos e equipamentos. Sendo assim, a busca contínua por conhecimento é um fator de destaque para o médico empreendedor;

  • Avaliação de riscos: um bom profissional da área de saúde sabe avaliar os riscos envolvidos nos procedimentos para tomar a melhor decisão, pois está tratando diretamente com vidas. No mundo dos negócios existem diversas formas de avaliar riscos e oportunidades, como por meio da análise SWOT e da matriz GUT. Então, saber priorizar ações é um diferencial que o médico empreendedor possui.

 

Desafios do médico empreendedor 

 

Atualmente o ensino da medicina se mantém focado muito mais em passar conceitos básicos sobre a área da saúde, deixando de lado noções importantes sobre como gerenciar uma clínica ou hospital.

Com isso, mesmo com as habilidades que favorecem o médico empreendedor, existem alguns desafios que podem ser enfrentados por profissionais que optam por gerir o próprio negócio. Como:

 

Administração da clínica

Consultórios e clínicas também são empresas que movimentam dinheiro, geram lucros e necessitam de alcance público. Elas também contam com equipes de funcionários.

Tais características exigem que o médico também tenha conhecimentos sobre empreendimento, sobre investimentos e sobre como divulgar a clínica para atrair mais pacientes.

 

Pacientes mais exigentes

Hoje em dia os pacientes são como clientes que sempre estão em busca dos serviços mais qualificados. Por essa razão, para a clínica satisfazer esses clientes, é imprescindível melhorar a qualidade do atendimento e dos serviços prestados.

 

Eficiência na gestão de pessoas

Ser um empreendedor também envolve saber como gerenciar pessoas, aproveitando o potencial de cada uma delas em prol dos pacientes. Então, saber manter a equipe trabalhando bem é um desafio para o médico empreendedor.

 

Maior concorrência

Hoje em dia o mercado de medicina conta com muitas clínicas. Saber se destacar em um cenário tão concorrido é essencial para captar mais pacientes, bem como para proporcionar a eles um atendimento de qualidade.

 

Conhecimento financeiro

O perfil administrador possibilita ampliar os horizontes do profissional, mostrando a ele que tão importante quanto entender sobre a sua área é entender sobre investimentos.

E, mesmo que esteja incluído nas responsabilidades administrativas, as finanças do negócio devem ter uma atenção especial por lidar com os pagamentos e lucros da empresa. 

 

Como se tornar um médico empreendedor de sucesso?

 

Ao longo do texto é possível perceber que para a manutenção de uma clínica vários fatores devem ser levados em consideração, como a manutenção dos serviços administrativos e a atenção a satisfação do paciente.

Então, para organizar essas informações, vamos mostrar 5 fatores que contribuem para o sucesso do médico empreendedor.

 

1. Ser um líder

 

A capacidade de gerenciar pessoas auxilia no trabalho do médico empreendedor. Não são poucas as situações em que a figura do líder se torna parte importante do trabalho.

É por isso que, cada vez mais, os médicos empreendedores devem saber gerenciar outros profissionais, como auxiliares administrativos, profissionais responsáveis pela higienização, técnicos, enfermeiros e outros médicos.

Assumindo assim um papel de líder, que motiva os colaboradores a trabalhar para gerar o melhor atendimento para o paciente.

 

2. Conhecer sobre gestão

 

Além de dominar a sua área, o médico também deve ter o perfil de um empresário. 

Nesse caso, é importante estar em constante aperfeiçoamento, procurando cursos e formações a respeito de empreendedorismo e de gestão, e com isso entender as métricas para clínicas que são utilizadas para avaliar o desempenho. Como já citado, uma clínica é um negócio e deve ter as devidas atenções quanto a administração.

 

3. Investir em tecnologia

 

O médico empreendedor está sempre de olho nas inovações no mundo dos negócios, nas novas tecnologias, aos softwares utilizados e aos lançamentos de novos medicamentos. Ficar a par dessas novidades possibilita acompanhar as mudanças do mundo e do mercado.

 

4. Aprender sobre gestão financeira

 

A estruturação financeira é parte essencial de qualquer negócio. Então, conhecer sobre o fluxo de caixa, indicadores financeiros e as melhores formas de pagamento para seus clientes é um ponto chave, também, para o sucesso do empreendedorismo na medicina.

Não deixe de visitar nosso artigo de dicas de gestão financeira para médicos para entender um pouco mais sobre o assunto.

 

5. Utilizar técnicas de marketing

 

Conhecer as redes sociais e as características de cada uma delas é importante para a divulgação. O mesmo vale para outros tipos de ações, como publicações em blogs, canais de vídeos e e-mail marketing.

Dessa forma, o médico empreendedor deve ter conhecimento sobre estratégias de marketing, para divulgar seu negócio e atrair os pacientes.

 

Quer aprender mais sobre como abrir um negócio?

 

O médico empreendedor é a nova realidade do mercado, em que há excesso de concorrência e os profissionais devem possuir múltiplos conhecimentos.

Portanto, para você ser um médico empreendedor de sucesso, não deixe de conferir o nosso Curso de Formação Empreendedora! Ele foi desenvolvido sob medida e apresenta tópicos fundamentais para o profissional que quer saber tudo sobre a abertura de um novo negócio.

Para saber mais sobre o curso é só clicar no botão abaixo!

Curso de Formação Empreendedora!