Sistemas burocráticos e ineficientes são os vilões de qualquer organização, não é mesmo? Seja uma grande ou pequena empresa, hoje todas procuram ferramentas simples, rápidas e eficientes para facilitar os processos do dia a dia.

Em vista disso, o sistema integrado se tornou uma peça-chave dentro das empresas, pois, como o próprio nome faz menção, ele veio para integrar todas as áreas empresariais.

Um bom sistema integrado também reflete diretamente na desburocratização de uma parcela expressiva dos processos dentro de uma organização.

Então, o que você acha de saber mais sobre esse tipo de sistema? Garanto que as vantagens desse programa vão te interessar ainda mais.

 

O que é um Sistema Integrado?

 

Denomina-se por Sistema Integrado um software ou um conjunto de softwares de gestão que possuem a função de promover uma interação entre todos os departamentos e processos de uma empresa.

Logo, por meio deste sistema, as informações de uma empresa não ficam restritas apenas a uma área. A área de compras, por exemplo, tem um acesso direto às informações do setor financeiro e vice-versa.

No entanto, é muito comum que as pessoas confundam esse software com o sistema de gestão empresarial. Mas é preciso ressaltar que um sistema de gestão é capaz de abranger apenas uma área especifica da empresa, enquanto que o integrado tem a função de englobar todas as áreas.

 

Porque eu devo ter um sistema integrado na minha empresa?

 

Trabalhar com um sistema integrado de gestão empresarial pode trazer muitas vantagens para a sua organização, conheça as principais:

 

  • Facilitar a comunicação entre os setores: assim como foi mencionado anteriormente, o sistema integrado viabiliza a comunicação entre os setores de uma organização.

Dessa forma, todas as informações sobre a empresa podem ser encontradas em um único sistema, o que evita que os funcionários percam tempo em procurar por documentos e otimizem o seu tempo de serviço.

 

  • Redução de custos: por meio do sistema integrado, é possível fazer um controle de estoque mais preciso.

Afinal, quanto mais mercadorias uma empresa tem acumulada, maior espaço a mesma deve dispor e maior o risco de algum material estragar.

Já a falta desses produtos pode prejudicar o fluxo de produção. Logo, uma das vantagens do sistema integrado é justamente a sinalização do tempo exato de solicitar um produto.

 

  • Maior eficiência de produção: o sistema integrado permite que os processos sejam desenvolvidos de forma mais rápida e com maior qualidade, visto que os processos manuais possuem uma maior tendência de gerar gargalos de produção. 

Além disso, com o uso do sistema integrado, todos os dados podem ser enviados sem interferência humana.

 

  • Acompanhamento financeiro: através do sistema integrado, os processos de pagamento e também os de recebimento se tornam muito mais viáveis, pois boa parte desses processos são realizados automaticamente.

 

Sistema Integrado x ERP: entenda a diferença

 

Quando se fala em Sistema Integrado e a sua utilização na indústria, a maioria das pessoas pensam em ERP (Enterprise Resources), o que é perfeitamente normal, visto que o ERP é um dos principais sistema da  tecnologia da informação utilizados no Brasil.

Contudo, há um ponto que faz toda a diferença: “o ERP é um sistema integrado de gestão empresarial, mas não necessariamente um sistema integrado é um ERP”.

 

 

Essa explicação, que parece um tanto quanto filosófica e confusa, se deve ao fato de que ambos podem ser utilizados para as mesmas funções.

Contudo, o sistema integrado pode ter mais de um banco de dados e interfaces diferentes para visualização e inserção de informações, o que culmina em dados repetidos e na duplicação de informação nos vários módulos ou funções do sistema.

Já o ERP possui um banco de dados único, ou módulos compatíveis, o que evita retrabalho e principalmente a duplicação de informações.

E já que o Sistema ERP foi citado, porque não explicar mais sobre esse tipo de Sistema de Gestão Empresarial?

 

ERP

 

O ERP (Enterprise Resources Planning), como mencionado acima, é um Sistema Integrado de Gestão Empresarial que tem como função administrar todas as necessidades de informação para as tomadas de decisões dentro de uma empresa.

Dessa forma, o ERP é um software que não tem sua aplicação restrita ao meio manufatureiro, o seu funcionamento abrange as áreas de logística, faturamento, contabilidade, recursos humanos e entre outras.

Devido a sua ampla gama de aplicações, estima-se que 55% das empresas no Brasil utilizam esse tipo de sistema integrado.

 

Sistema Integrado: veja um exemplo

 

Pense em uma empresa de produtos alimentícios a qual possui várias filiais espalhadas por todo Brasil. Cada loja tem a necessidade de comprar produtos de insumos de fabricantes próximos e outros são trazidos diretamente da matriz.

Administrar um empreendimento desses não é tarefa simples, certo? Logo, esta empresa utiliza um bom sistema integrado e, por meio dele é possível controlar todas as lojas.

Com esse sistema, as informações chegam em tempo real, o que possibilita que os diretores da empresa acompanhem todos os gastos e deleguem funções para os gerentes de cada empresa instantaneamente.

Além disso, quando é necessária a compra de mais produtos, o sistema faz o pedido automaticamente e também realiza a emissão da nota fiscal. Vale ressaltar que toda esse processo foi previamente configurado no momento da implantação do sistema.

 

Viu como o sistema integrado é importante para uma empresa?

 

Para que as empresas possam se destacar em um mercado altamente competitivo, é necessário que todos os recursos sejam sabiamente aproveitados.

Logo, como eu citei no artigo de ERP x MRP, a mão de obra humana deve ser utilizada para o que realmente é necessário, como, por exemplo, negociações, gestão de pessoas e tomadas de decisões.

Ademais, o sistema integrado possui inúmeras vantagens, lembra delas? A redução de custos, aumento da eficiência de produção, o acompanhamento financeiro das organizações e entre outras.

Então, se a sua empresa não possui um sistema como esse, não perca tempo e invista no potencial do seu empreendimento.

 

Dica bônus

 

Uma outra forma extremamente eficiente de investir na sua empresa é através da capacitação profissional dos funcionários.

E, como toda empresa necessita de profissionais que entendam sobre a importância dos processos de melhoria contínua, indique agora mesmo o curso de White Belt para eles.

Por meio deste curso online e com certificação gratuita, a sua equipe poderá conhecer a metodologia Lean Seis Sigma e entender a aplicação prática de um processo de melhoria contínua.