As criptomoedas estão em franca expansão. Alguns eventos conseguem abalar as estruturas desse mercado, mas nenhum chega aos pés do poder do halving do Bitcoin.

As criptomoedas são códigos digitais descentralizados que podem ser revertidos em dinheiro físico. Elas não necessitam de nenhuma entidade regulamentadora, como bancos ou casas da moeda.   

O Bitcoin é a pioneira e com a maior valorização, sem dúvidas, o grande responsável pela expansão do conceito das moedas virtuais. Sua importância é tão grande que sempre que alguma eventualidade acontece, todas as outras criptomoedas podem ser afetadas.

Então, neste artigo vamos explicar sobre o evento tão aguardado chamado Halving do Bitcoin. Para você conseguir entender melhor, dividimos o tema em alguns tópicos:

  • O que é o Halving do Bitcoin?
  • Critérios do Halving do Bitcoin;
  • Consequências do Halving do Bitcoin.

Preparado para se aprofundar ainda mais nesse gigantesco e instigante universo das criptomoedas? Vamos lá!

 

O que é o Halving do Bitcoin?

 

A tradução literal para Halving do Bitcoin é: cortar pela metade o Bitcoin. Mas o que isso quer dizer? O Halving é um evento que marca a diminuição de cinquenta por cento da recompensa gerada pela mineração do Bitcoin.

Esse evento foi idealizado por Satoshi Nakamoto, criador do Bitcoin, como uma forma de diminuir a quantidade de mineradores, visto que o corte da recompensa da mineração faz com que muitos desistam e só aqueles com maior poder computacional continuem com a função.

Essa ação faz com que a oferta da moeda diminua e ocorra uma valorização da mesma. Muitos investidores analisam esse evento como grandes oportunidades de investimento.

Então, se você tem interesse nesse assunto e até pensa em investir nas criptomoedas, o conhecimento em finanças é essencial para ter sucesso nessa área.

Entender os conceitos principais como lucro, custos e despesas é algo básico que pode fazer a diferença nas suas próximas ações no mercado financeiro. Esses são apenas alguns dos tópicos que você encontrará no curso GRATUITO de Fundamentos Essenciais da Gestão Financeira.

Comece agora mesmo clicando no banner abaixo!

Fundamentos Essenciais da Gestão Financeira

Agora que você já sabe o que é o Halving do Bitcoin, deve estar imaginando quando e como ele acontece, não é? Não se preocupe, vamos ver isso no tópico a seguir.

 

Critérios do Halving do Bitcoin

 

Para o halving do Bitcoin acontecer alguns critérios precisam são preenchidos, listamos eles a seguir.

 

Quantidade de Blocos

O halving do Bitcoin é marcado pela mineração de cada 210 mil blocos da blockchain. Desde que a produção começou, foram três eventos e espera-se que aconteçam 32 no total, visto que a moeda tem uma quantidade máxima a ser produzida de 21 milhões de unidades.

 

Periodicidade

Como cada bloco leva cerca de 10 minutos em média para ser validado, essa precisão faz com que haja uma periodicidade entre os eventos. A produção dos 210 mil blocos necessários é estimada a cada 4 anos. Os cálculos sugerem que esse último evento aconteça em 2140.

Entretanto, muitos especialistas pensam que a produção pode parar bem antes, visto os cortes das recompensas dos mineradores, e a quantidade de moedas totais nunca seratingida.

 

Corte da Recompensa

No início da mineração de Bitcoin, a recompensa dada aos mineradores que conseguissem validar o bloco primeiro era de 50 bitcoins. Após três Halvings, o último em 2020, essa recompensa caiu para 6,25 novos bitcoins

Esse corte faz com que os pools de mineração, grupos de mineradores que trabalham juntos nessa atividade, batam recordes de produção nas vésperas do evento. Isso se dá pela ansiedade e o medo que o corte causa na comunidade a cada quatro anos.

 

Consequências do Halving do Bitcoin

 

Como já falamos, o Halving do Bitcoin é sempre muito aguardado por toda a comunidade da moeda. Muito disso acontece pelas consequências que esse evento traz. Para você ter uma ideia melhor, trouxemos algumas para você.

 

1. Valorização da Moeda

 

Se por um lado esse evento pode causar estragos na economia dos mineradores, ele é visto com ânimo pelos investidores da criptomoeda. Visto que as maiores altas da moeda aconteceram após o Halving.

Como o terceiro Halving aconteceu em 2020, ainda não foi possível calcular o quanto de valorização o evento irá causar. No entanto, conseguimos ter uma ideia da valorização que esse acontecimento pode acarretar, se olharmos para os outros dois já registrados.

O primeiro Halving do Bitcoin, em 2012, fez com que o Bitcoin saltasse seu valor de US 12 para mil dólares um ano depois. Já o segundo acontecimento, em 2016, bateu um recorde histórico, a negociação da moeda Bitcoin subiu para US 20 mil. Essa a maior alta que a criptomoeda já teve.

 

2. Impactos na mineração

 

Sem dúvidas, a parte da comunidade mais afetada pelo Halving do Bitcoin são os mineradores. A diminuição drástica da recompensa causa um grave problema para quem trabalha com essa atividade.

Os gastos com a mineração são extremamente altos e não tendem a diminuir. Muito pelo contrário, com o passar dos anos, várias empresas lançam produtos com maior poder computacional para a atividade, o que acarreta altos investimentos para se manter competitivo no mercado.

Para se manter ativo é necessário muito planejamento a longo prazo e saber aproveitar as altas decorrentes para assim conseguir se manter nesse setor. Nos próximos eventos, estima-se que haja uma enorme diminuição dos usuários, visto que essa balança possa começar a ficar pesada demais para eles.

Atualmente, esse efeito ainda não é sentido em larga escala pelo mercado ainda estar aquecido.

 

3. Impacto nas demais moedas

 

Como já dissemos, foram poucos eventos como esse para conseguirmos fazer uma afirmação das consequências completas no mercado das criptomoedas.

Entretanto, nos exemplos que tivemos até agora, o Halving do Bitcoin foi positivo para os outros exemplares de moedas digitais. 

Podemos elencar dois motivos, o primeiro, o fato do evento ter causado aumento de preço do Bitcoin, o que fez com que muitos investidores recorressem a outros exemplares de criptomoedas para fazerem investimentos.

O segundo motivo é que um acontecimento como o Halving traz muita mídia e atenção para o universo das criptomoedas, o que contribui para que elas sejam popularizadas e ganhem muitos adeptos.

 

Quer dar mais um passo?

 

As criptomoedas foram grandes avanços no mundo tecnológico. Conhecer uma linguagem de programação é fundamental quando se trata desse assunto.

A linguagem Python é um exemplar que está sendo muito utilizada ao redor do mundo e com milhares de aplicações. Não sabe por onde começar?

Não se preocupe, temos uma ótima oportunidade para você. Nosso curso GRATUITO de Fundamentos Essenciais para Python está aberto e muito ansioso para ter você como aluno.

Não perca tempo e se inscreva agora!

Curso de Fundamentos Essenciais para Python