É bastante comum para os estudiosos tentar descrever um determinado fenômeno através do estudo da probabilidade de ocorrência de um evento.

Afinal de contas, é exatamente isto que acontece quando em um projeto Seis Sigma se estuda um processo.

Para fazer isso de forma eficaz, é importante ter conhecimento de alguns conceitos estatísticos, e no artigo de hoje, irei explicar a média, moda e mediana, preparado?

Ah, antes de começarmos, que tal baixar o Ebook gratuito “O que é e como funciona o Seis Sigma?”. Nele você encontra conhecimentos valiosos sobre uma das metodologias de gestão mais famosas e eficientes do mundo! Para baixar, clique na imagem abaixo:

 

Ebook O que é e como funciona o Seis Sigma?

 

O que é a média, moda e mediana?

 

Em estatística, uma tendência central é o número central ou valor típico para uma distribuição de probabilidade.

A média, moda e mediana são as principais e mais comuns medidas de tendência central.

E por esse motivo, vamos entender cada uma delas separadamente. Veja a seguir!

 

Média

 

A Média é o centro de massa de um conjunto de dados, sendo também conhecida como média aritmética. Ela é a estatística mais utilizada para representar a locação dos dados.

A média nada mais é do que a soma de todos os valores da base de dados dividida pelo número de elementos no total. A equação matemática que a representa está a seguir.
 

Fórmula média

 

Há também a média ponderada, na qual cada dado é atribuído e multiplicado a um peso. A soma desses elementos é então dividida pelo somatório de todos os pesos, da seguinte forma:

 

Fórmula Média Ponderda

 

Moda

 

Quando dizemos no nosso dia a dia que determinada roupa está na moda, queremos dizer que grande parte das pessoas está utilizando esse tipo de roupa, certo? Na estatística não é diferente.

Se dissermos que um número representa a moda de uma base de dados, é o mesmo que dizer que esse número é o que mais aparece nessa base de dados. Ou seja, é o valor mais frequente.

É importante ressaltar, que dentre as medidas apresentadas nesse artigo, essa é a única que pode não existir, caso nenhum dado se repita dentro da amostra. E também pode não ser única, caso tenha dois números empatados com maior frequência.

 

Mediana

 

A Mediana é a medida de posicionamento central dos dados. É o termo central de um conjunto de dados colocados em ordem crescente ou decrescente.

Se a quantidade de valores ordenados for ímpar, a mediana é exatamente o número localizado no meio da lista. Se a quantidade de valores ordenados for par, a mediana é calculada como a média dos dois valores centrais.

Muitos profissionais fazem uso de softwares para os auxiliar durante os cálculos estatísticos, um dos mais conhecidos e procurados pelo mercado de trabalho é o Excel, pois além de sua praticidade, oferece ao usuário uma precisão absoluta ao efetuar operações matemáticas.

Pensando nisso, se você ainda possui algumas dificuldades na hora de trabalhar com o Excel, a hora de solucionar este problema é agora!

Você não pode perder o curso de Introdução ao Excel!

 E quer saber mais? 

O curso é totalmente GRATUITO! Isso mesmo, a Voitto disponibiliza para você de graça um curso onde você aprenderá desde formatação de células até um entendimento de tabelas dinâmicas.

Está esperando o que? Não perca tempo e clique na imagem abaixo para começar o curso!

 

 

Média, moda e mediana: exemplo

 

A fim de facilitar ainda mais a sua compreensão e fixação desses conceitos, resolvi calcular a média, moda e mediana em um mesmo exemplo, para que fiquem evidentes as suas diferenças.

Imagine que, em uma empresa de telefonia, um Green Belt fez uma coleta de dados ao longo de alguns dias sobre o número de ligações abandonadas por dia e, obteve os seguintes valores.

Número de ligações abandonadas por dia: 6, 9, 6, 5, 1, 7, 4, 2, 5, 5, 4, 12, 3, 8.

Nesse caso, temos que a média aritmética será de 5,5 ligações abandonadas por dia, como mostrado abaixo.

 

Média Exemplo

 

Já a moda desse conjunto será 5, uma vez que esse valor é o que aparece com maior frequência nessa base de dados, três vezes.

Para determinarmos a mediana desses dados, primeiramente temos que ordená-los de forma crescente ou decrescente. Optei por colocar na ordem crescente.

Base de dados = 1, 2, 3, 4, 4, 5, 5, 5, 6, 6, 7, 8, 9, 12.

 

Como nossa base de dados contém um número par de amostras, não possuímos um único valor central, mas sim dois. Nesse caso são os números 5 e 5.

Então, para determinar a mediana, basta calcular a média aritmética desses dois números. Fazendo isso, encontramos que a mediana dessa amostra é 5.

 

Aprenda mais! Quero fazer melhores análises!

 

Agora que você já sabe o que é, para que serve e como calcular a média, moda e mediana, que tal aprender mais sobre análises estatísticas?

Além dessas medidas de tendência central, existem as distribuições estatísticas, e o domínio dessas medições que, juntamente com as respectivas análises, fazem parte da formação de um especialista em Lean Seis Sigma.

Então, o que está esperando? Para começar a se capacitar e buscar um diferencial para o seu currículo, não perca a oportunidade de se tornar um White Belt em Lean Seis Sigma. O curso é totalmente gratuito, então corra e confira!
 

 

Treinamento White Belt em Lean Seis Sigma