O que é Maturidade?
Quais são os tipos de Maturidade?
A Maturidade emocional como pilar social
5 sinais de que você é uma pessoa madura
7 sinais de imaturidade
Você sabia que a Maturidade é um requisito profissional?
Dicas para trabalhar a Maturidade
Seja uma pessoa madura através da inteligência emocional!

Entenda o que Maturidade é e como ela afeta seus comportamentos emocionais

Para desenvolver a sua Maturidade, você precisa entender os diferentes tipos que existem e como ela afeta sua vida pessoal e também profissional.

Cindy Guerson
Por: Cindy Guerson
Entenda o que Maturidade é e como ela afeta seus comportamentos emocionais

A maturidade é um conceito abrangente que reúne um compilado de competências sociais e emocionais desenvolvidas em seu nível máximo. Dessa forma, é a partir do desenvolvimento da maturidade que somos capazes de adquirir a inteligência emocional.

Sob a perspectiva gramatical da palavra, a maturidade vem de“estar maduro”, que significa estar pronto e apto para desfrutar de algo, ou lidar com alguma situação dominando-acom maestria.

A habilidade de tomar decisões de forma consciente e pensar nas consequências são ações maduras.

Geralmente, usamos o conceito de maturidade para definir pessoas adultas e nos referimos às crianças como seres imaturos, fazendo analogia à falta de seu desenvolvimento psíquico, que na maioria das vezes, não se encontra em sua evolução totalizada.

É importante lembrar que uma pessoa adulta pode ter diferentes níveis de maturidade. Afinal, essa condição envolve diferentes comportamentos que podem ser aprimorados, algumas pessoas são capazes de lidar com as emoções de forma saudável, já outras nem tanto.

Para saber mais sobre o significado da maturidade e suas vertentes, fique com a gente nos seguintes tópicos:

  • O que é Maturidade?
  • Quais são os tipos de Maturidade?
  • A Maturidade emocional como pilar social;
  • 5 sinais de que você é uma pessoa madura;
  • 7 sinais de Imaturidade;
  • Você sabia que a Maturidade é um requisito profissional?
  • Dicas para trabalhar a Maturidade.

Vamos lá?

O que é Maturidade?

A maturidade é o estado de desenvolvimento mental, emocional e comportamental de uma pessoa, no qual ela demonstra um nível avançado de compreensão, autodisciplina, responsabilidade e capacidade de lidar com situações complexas de maneira equilibrada e sensata.

Apesar do que muitos acreditam, a maturidade não está apenas relacionada à idade, mas também à capacidade de lidar com desafios, responsabilidades e emoções de maneira equilibrada.

Isso inclui a capacidade de controlar impulsos, demonstrar empatia, aprender com erros, desenvolver relações saudáveis, tomar decisões de longo prazo e agir com autodisciplina, independente da idade.

Quais são os tipos de Maturidade?

A maturidade pode ser subdesenvolvida em quatro segmentos: maturidade física, maturidade emocional, maturidade espiritual e maturidade afetiva. Visto isso, vamos falar um pouquinho sobre cada uma.

Maturidade física

Diz respeito ao desenvolvimento do nosso corpo físico, a maturidade física pode ser usada para indicar a fase humana em que a pessoa está. Consideramos uma pessoa madura fisicamente aquela que já alcançou a fase adulta.

Este tipo de maturidade acontece naturalmente e não depende de nossas ações ativas para acontecer. O próprio sistema fisiológico se encarrega de fornecer os hormônios necessários para tal.

Maturidade emocional

Se refere ao amadurecimento psíquico do indivíduo. Uma pessoa com maturidade emocional é aquela que consegue identificar suas emoções e mostrá-las ao próximo  de forma assertiva em determinadas situações.

A maturidade emocional exige um cuidado maior para ser desenvolvida, por meio dela é que somos capazes de exprimir o que sentimos de forma adequada e aceitar diferentes tipos de emoções dependendo da situação que estamos lidando.

Sinais de Maturidade emocional

Existem algumas comportamentos que indicam que você atingiu a maturidade emocional, veja:

  • Você é uma pessoa independente;
  • Possui coragem para fazer suas obrigações, ainda que difíceis;
  • Criou um senso de responsabilidade com sua vida e para com os outros;
  • Você é mais consistente nas suas ideias e planos;
  • Sabe o momento de ser vulnerável.

Maturidade espiritual 

Geralmente é ligada a alguma religião ou ser superior e diz respeito a capacidade de compreensão de um indivíduo sob esse mesmo assunto. Uma pessoa com maturidade espiritual entende os planos divinos e compreende-os de forma ampla.

Maturidade afetiva

Está ligado à responsabilidade afetiva para com o outro. Uma pessoa com maturidade afetiva entende os seus sentimentos e valida os sentimentos do outro não descartando a subjetividade humana.

A maturidade afetiva exige o desenvolvimento de empatia por diferentes grupos de pessoas e também uma comunicação mais assertiva, evitando assim ruídos na comunicação.

Legal não é mesmo? Agora que você já sabe um pouco mais sobre os tipos de maturidade, fique com a gente e descubra mais também sobre a maturidade emocional como pilar social!

A Maturidade emocional como pilar social

A maturidade emocional é considerada um pilar social pois é a partir dela que podemos adquirir a inteligência emocional, requisito importante profissionalmente.

Quando temos a capacidade de enxergar nossos sentimentos como únicos, e mostrá-los assertivamente, podemos montar estratégias mentais de acordo com o nosso autoconhecimento para alcançarmos aquilo que queremos.

Dessa forma, a maturidade emocional é o pilar social para a vida humana, principalmente quando diz respeito ao nosso comportamento com o outro.

Uma pessoa com maturidade emocional lida muito bem com todos os tipos de pessoas e raramente se envolve em conflitos, sendo assim, consequentemente uma pessoa com qualidade de vida e que domina a assertividade.

5 sinais de que você é uma pessoa madura

Para saber se você pode ser considerado uma pessoa madura ou não, fique atento aos 5 sinais que indicam maturidade!

Comunicação diplomata

A comunicação diplomataé o tipo de comunicação que visa entender dois lados de uma situação mantendo a neutralidade sobre ela ou expondo o que as duas partes entendem sobre um mesmo ponto.

Pessoas diplomáticas são consideradas maduras pois podem entender e resolver conflitos de uma maneira saudável, sem que machuque o outro verbalmente ou fisicamente como forma de resolução.

Quer saber mais sobre técnicas de comunicação? Assista o vídeo:

Responsabilidade afetiva

Pessoas maduras emocionalmente tendem a ser responsáveis com os seus próprios sentimentos e o sentimento do outro. Essa habilidade é conhecida como responsabilidade afetiva e é caracterizada pela validação emocional.

Escutar ativamente o outro

A habilidade de escutar o outro é considerado um princípio de maturidade pois não exclui que o outro pode pensar diferente de você mesmo. A habilidade de escutar é o oposto da teimosia e rege a maturidade com exatidão e precisão.

Você aceita suas falhas sem se vitimizar

A habilidade de reconhecer que não é perfeito e precisa aprimorar certos comportamentos é um passo importante para o amadurecimento.

Mas não é possível alcançar a maturidade se você se vitimizar, por isso, a aceitação deve estar junto com a vontade de ser uma pessoa melhor enquanto respeita seu tempo e suas limitações.

Paciência

Uma pessoa madura entende que existem diversos fatores que podem afetar nossos planos e que nem sempre nossas necessidades vão se realizar rapidamente, portanto ser paciente ajuda a lidar com a espera.

Além disso, grande parte dos nossos sonhos mais importantes são desenvolvidos em um plano de longo prazo.

7 sinais de imaturidade

Já conhecemos algumas características que nos tornam pessoas maduras, agora vamos conhecer os comportamentos que demonstram imaturidade.

Se você apresenta algum desses sinais, saiba que é possível aprimorá-los até alcançar a sua maturidade. Veja:

1. Instabilidade emocional

Ter mudanças rápidas de humor, se irritar com situações pequenas e ter emoções desproporcionais demonstra uma instabilidade emocional.

Uma pessoa madura consegue lidar com seus sentimentos e se conhece o suficiente para saber como contornar momentos em que suas emoções podem ser mais fortes que o seu racional.

2. Impulsividade

Ser impulsivo é extremamente perigoso e imaturo. Afinal, uma pessoa que realiza atos sem um devido planejamento pode colocar a si mesmo e outras pessoas em risco.

Questões como gasto de dinheiro descontrolado e assumir que deve agir de qualquer forma numa discussão são exemplos de impulsividade.

3. Falta de respeito

O respeito é um comportamento que nos permite conviver harmoniosamente em sociedade. Atacar outras pessoas sem motivo são traços de uma pessoa imatura que não aprendeu a se comunicar e ter empatia.

4. Não aprender com os erros

Se uma pessoa não aprende com os erros, ela pode permanecer estagnada por um bom tempo. Isso impede que ela progrida em diversas áreas de sua vida, como relacionamentos e trabalho.

5. Não aceitar feedbacks

Para amadurecermos, precisamos muitas vezes ouvir feedbacks que podem não agradar à princípio. No entanto, eles nos ajudam a descobrir o que podemos melhorar e assumir posturas mais assertivas.

Uma pessoa imatura ignora conselhos e críticas, fugindo de ações que podem auxiliar em sua vida pessoal e profissional.

6. Hábito de reclamar o tempo todo

Reclamar é algo natural do ser humano, no entanto, fazer reclamações em excesso pode prejudicar o seu crescimento pessoal. Ao invés de apenas lamentar, pessoas que são maduras fazem de tudo para mudar seu ambiente e solucionar seus problemas.

7. Foge de responsabilidades

A imaturidade faz com que você deixe de enfrentar suas responsabilidades e compromissos. Imagine que outras pessoas dependam de você, isso pode prejudicar todo um grupo.

Você sabia que a Maturidade é um requisito profissional?

As maiores empresas e corporações de sucesso procuram pessoas com maturidade para fazer parte de seus negócios. Partindo do ponto de vista do Recursos Humanos, pessoas com inteligência emocional são mais aptas a crescer profissionalmente e lidar com as situações devidamente.

Isso implica que, a gestão de pessoas em sua essência é um requisito imprescindível para a admissão de um novo candidato em uma corporação.

No trabalho, precisamos lidar com o outro e com situações adversas eventualmente. Visto isso, uma pessoa madura saberia lidar frente a esses obstáculos com precisão. Já uma pessoa desprovida de maturidade geralmente não teria aptidão para lidar com esse viés.

Uma forma importante de adquirir maturidade é com o desenvolvimento das soft skills. As soft skills são habilidades interpessoais que nos ajudam no desenvolvimento da capacidade de lidar com os outros e com nós mesmos.

Dicas para trabalhar a Maturidade

Como você pode imaginar, a maturidade é algo que se conquista com tempo e prática. Muitas vezes seremos colocados diante de situações que exigem nosso crescimento pessoal, por isso, devemos analisar como reagimos a esses momentos para amadurecer.

No entanto, não precisamos estar numa situação difícil para aprender. É totalmente possível treinar suas ações e entender melhor o mundo ao seu redor com a prática. Confira a seguir dicas para trabalhar sua maturidade:

Determine o que quer aprender

Para começar a amadurecer, você deve observar quais são os comportamentos que você quer melhorar. O autoconhecimento é extremamente importante nessa parte. Dessa maneira, você terá objetivos específicos para desenvolver.

Por exemplo, talvez você queira deixar de ser impulsivo, então, você passará a observar em quais momentos esse sentimento de urgência aparece e como você pode controlá-lo.

Não desista!

O caminho para a mudança pode ser desafiador, por isso, pessoas imaturas costumam desistir sem tentar. Então, é fundamental ser consistente e agregar tudo aquilo que pode acrescentar bons comportamentos.

Assuma suas responsabilidades

Você não pode fugir de suas obrigações por medo de dar errado ou por se tratar de uma situação com vários obstáculos.

Treine resolver pequenos conflitos nas quais as responsabilidades são suas. Por exemplo, você fez algo errado e gerou um problema para a equipe de trabalho, é seu dever pedir desculpas e tentar surgir com uma possível solução. Evitar ou ignorar nunca é a resposta madura.

Mantenha a calma

Em situações que causam estresse, temos tendência a reclamar e agir sem pensar. Uma pessoa madura consegue equilibrar o racional com o emocional.

Este é um processo que vai levar tempo para aprender, mas quando você dominar vai entender como ajuda no seu amadurecimento.

Seja uma pessoa madura através da inteligência emocional!

Você realmente sabe os impactos de ter sua inteligência emocional desenvolvida? Se não, olha só o que temos para você!

No nosso e-book A importância da Inteligência Emocional, você será capaz de entender a sua relevância e o porquê de desenvolvê-la!

Ainda, você entenderá melhor suas habilidades em se conhecer melhor, colocar-se no lugar do outro, gerir melhor suas emoções e sentimentos e aprimorar sua capacidade com sociabilidade.

Baixe gratuitamente clicando no botão abaixo e veja como aplicar a IE no dia a dia impacta positivamente no seu comportamento pessoal e profissional!

E-book Inteligência Emocional

Cindy Guerson

Cindy Guerson

Grad. em Psicologia pela Universidade Nove de Julho (UNINOVE) e atual membro da Liga Acadêmica de Psicanálise e Patologia (LAPP). Especialista na área de Pesquisa e Desenvolvimento do grupo Voitto. Possui certificação em produção e interpretação de textos (UNINOVE), Recrutamento e Seleção (GUPY), copywriting, marketing digital e conteúdos para a web (VOITTO). Acredita que um bom desempenho pessoal depende da nossa percepção sobre o mundo.

Teste: Como está sua Inteligência Emocional?

QUER RECEBER CONTEÚDO VIP?

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Respeitamos sua privacidade e nunca enviaremos spam!

voitto.com.br

© Copyright 2008 - 2024 Grupo Voitto - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Teste: Como Está Sua Inteligência Emocional?

Para baixar o material, preencha os campos abaixo:

Possui graduação completa?

Concordo em receber comunicações de acordo com a Política de Privacidade.