DSDM é um acrônimo que significa Dynamic Systems Development Method ou, em português, Metodologia de Desenvolvimento de Sistemas Dinâmicos. Você pode não saber mais sobre a DSDM, mas imagino que já tenha ouvido falar do Scrum, certo? 

Bom, da mesma forma que o Scrum, a DSDM é um método ágil, usado para o desenvolvimento e gerenciamento de projetos. As metodologias ágeis proporcionam projetos bem estruturados, com entregas incrementais e de grande valor para os clientes. 

O mais incrível disso tudo é que são baseadas na prática e procuram auxiliar projetos com escopos que sofrem mudanças ao longo do tempo. Como existem vários frameworks, é possível escolher o que se adapta melhor a sua realidade.

Então, ficou curioso para saber um pouco mais sobre a DSDM? Quer saber como ele pode ser útil em seus projetos? Acompanha, neste artigo, o que preparamos para você, no seguintes tópicos:

  • O que é DSDM?
  • Quais os princípios da DSDM?
  • Quais as etapas de um projeto DSDM?
  • De que forma a DSDM difere dos outros métodos ágeis?

Preparado para descobrir mais desse assunto? Continue a leitura do artigo!

 

O que é DSDM?

 

Criada por um conjunto de especialistas e consultores em engenharia de software, no Reino Unido, a DSDM foi feita para que se desenvolvesse projetos de alta qualidade, mesmo que estivessem limitados por prazos e por orçamentos. 

A intenção desse grupo era criar projetos robustos, rápidos e responsivos. Dessa maneira, um dos focos da DSDM é manter uma aproximação entre usuários finais e equipe de desenvolvimento.

Atualmente é mantida pela organização Agile Business Consortium, anteriormente chamado de DSDM Consortium, que é responsável pela atualização das versões, além de disponibilizar diversos materiais informativos e gratuitos. A versão atual da DSDM é a 4.0.

É uma metodologia de desenvolvimento incremental e iterativa, isto é, a cada nova etapa são feitas melhorias nas versões anteriores. Além disso, baseia-se na ideia de que 80% dos resultados dependem de 20% do tempo.

Imagino que você deva estar se perguntando: “Qual é a diferença entre a DSDM e a metodologia tradicional?” Bom, a diferença entre eles está no princípio fundamental das metodologias e, para que você possa entender melhor, trouxemos esse esquema para você.

DSDM vs Waterfall

Quer entender o que ele quer dizer? Então, continua a leitura!

A metodologia tradicional, também chamada de Waterfall, em português, cascata, trata a funcionalidade do projeto como sendo fixa. Já o tempo e os recursos do projeto são vistos como variáveis. 

Na prática, como uma ação é dependente da anterior, se a essa atrasar, aquela também atrasará. Buscando solucionar essa questão, a DSDM trata o tempo e os recursos como fixos, sendo a funcionalidade variável.

Isso significa dizer que, ao longo do projeto, poderá haver mudança no escopo. Considerando que o usuário final participa ativamente com a equipe de desenvolvimento, é natural que o escopo mude, fazendo dessa técnica extremamente útil, com resultados satisfatórios.

Percebeu como a gestão ágil de projetos pode tevalor para seus clientes e usuários? Foi pensando nisso que nós da Voitto trouxemos para você esse material completamente gratuito para que seus conhecimentos sejam expandidos sobre esse assunto. auxiliar a ter resultados de maior 

Apresentamos para você o Workshop Scrum para Gestão Ágil de Projetos. Nele você aprenderá usar o mindset ágil e mudar completamente seus métodos de trabalho, aprendendo a planejar e a realizar entregas em Scrum!

Workshop Scrum para gestão ágil

Agora, quer saber mais dos princípios que regem a DSDM? É o que vamos descobrir agora.

 

Quais os princípios da DSDM?

 

De acordo com a Agile Business Consortium, existem 8 princípios da DSDM:

  1. Focar na necessidade do negócio;
  2. Entregar dentro do prazo;
  3. Colaborar;
  4. Nunca comprometer a qualidade;
  5. Construir incrementalmente a partir de bases sólidas;
  6. Desenvolver iterativamente;
  7. Comunicar de forma contínua e clara;
  8. Demonstrar controle.

Aposto que você ficou curioso para saber como são desenvolvidos e gerenciados os projetos? Olha o que preparamos no tópico logo abaixo!

 

Quais as etapas de um projeto DSDM?

 

Os projetos desenvolvidos em DSDM apresentam três etapas diferentes: pré-projeto, ciclo de vida e pós-projeto. 

Curioso para descobrir o que cada fase significa? Segue a leitura que te explicamos!

 

Pré-Projeto

Nesta fase, são identificados os projetos candidatos. Além disso, realizam-se orçamentos e contratos. É a etapa anterior ao desenvolvimento do projeto.

 

Ciclo de vida

Essa etapa está subdividida em 5 partes que representam o decorrer do desenvolvimento do projeto.

As partes são: estudo de viabilidade, estudo do negócio, iteração de modelos funcionais, iteração de projeto e desenvolvimento, implementação.

 

Pós-Projeto

Nesta etapa, são feitas melhorias e ajustes de acordo com o escopo do projeto. A manutenção é uma prática contínua, repetida a cada ciclo de vida.

 

De que forma a DSDM difere de outros métodos ágeis?

 

A DSDM é uma metodologia extremamente vantajosa especialmente por lidar com questões que, no geral, são de preocupação ao se adotar métodos ágeis. Ela exige fundamentos básicos para os estágios iniciais do projeto.

Além disso, permite a criação de escopo e características fundamentais antes do desenvolvimento do projeto. Dessa maneira, há uma redução de surpresas indesejadas nos projetos.

O método também apresenta um maior número de papéis a serem desempenhados do que é previsto em outros métodos. Assim, é possível se adequar a diversos ambientes corporativos sem comprometer a agilidade.

 

Procurando se capacitar mais para o mercado?

 

Percebeu como existem diversos métodos que podem trazer diversos benefícios para sua organização? Que tal se capacitar num método ágil que permite diversos resultados positivos para sua corporação?

Com isso em mente, é que nós da Voitto preparamos para você esse curso de Formação de Scrum Master Exin. Por meio dele, você poderá entender melhor como funciona a metodologia Scrum e poderá aplicá-la da melhor forma na sua empresa.

Além disso, você também estará se preparando para obter a certificação, visto que esse curso é oficialmente reconhecido pela Exin.

Ficou interessado? É só clicar no botão abaixo!

Curso Formação de Scrum Master Exin