Já teve que iniciar uma atividade e não sabia nem como começá-la? Ou já demorou um tempo astronômico para realizar uma tarefa que, em tese, seria rápida? Então, temos uma boa notícia para você! O timeboxing pode ser a solução para seus problemas!

Curioso para saber do que se trata? Explicaremos, nos seguintes tópicos, tudo que você precisa saber sobre o assunto:

  • O que é timeboxing?
  • Como a agilidade e o timeboxing estão relacionados?
  • É possível aplicar o timeboxing no dia a dia?
  • O que a técnica Pomodoro tem a ver com tudo isso?

Preparado para revolucionar a sua forma de conduzir suas atividades? Segue a leitura!

 

O que é timeboxing?

 

Feito é melhor do que perfeito.

O timeboxing é uma técnica de gerenciamento de tempo amplamente usada em metodologias ágeis, que pode ser customizada para diversas finalidades, incluindo o uso pessoal.

Essa ferramenta prevê a predefinição de períodos de tempo fixos em que são realizadas atividades escolhidas, de acordo com as demandas e as necessidades de cada um. Em outras palavras, escolhe-se um determinado valor de minutos ou de horas para a execução de alguma tarefa.

Em uma pesquisa conduzida pela Harvard Business Review, dentre 100 ferramentas de produtividade, o timeboxing foi rankeado como a mais útil.

Existem dois tipos de timeboxing: hard time e soft time. Esses tipos caracterizam o tipo da caixa de tempo de cada atividade.

Uma atividade hard time é aquela que, após o fim do bloco de tempo, a pessoa imediatamente interrompe a tarefa. Já a atividade soft time, quando a caixa de tempo se esgota, o usuário direciona seus últimos esforços para a finalização da atividade.

A escolha do tipo de bloco de tempo a ser usada é variável conforme o contexto da atividade e do que funciona melhor para quem está utilizando a ferramenta.

Você deve estar se perguntando o que faz com que o timeboxing funcione? Bom, esse método se beneficia do funcionamento do nosso cérebro! Quando encontramos um prazo próximo, percebemos a utilidade da realização da tarefa, tendo um aumento de motivação.

Aposto que isso fez você lembrar de todas as tarefas que você deixou para fazer aos quarenta e cinco do segundo tempo de algum prazo, não é? Com o uso do timeboxing, você poderá evitar estresses desnecessários nessas situações.

É comum separarmos uma atividade e trabalhar nela, concentrados até que ela seja completada. Entretanto, esse processo pode envolver muita procrastinação e estresse, não sendo a maneira mais efetiva de executá-la.

O timeboxing pretende mudar esse paradigma, visto que, ao propor um tempo fixo para uma tarefa, somos convidados a dividir uma atividade grande em várias outras menores, que caibam no bloco de tempo. Com isso, um trabalho que antes era homérico, agora é perfeitamente executável.

Se você tem dificuldade com o multitasking, o timeboxing irá lhe ajudar, dado que ele propõe que uma tarefa seja realizada de cada vez, no seu tempo previamente destinado. Assim, você evitará distrações e perda de tempo quando for trocar entre atividades.

Mas se o problema for o perfeccionismo, essa ferramenta irá te desafiar a vencer esse problema! Com ela, você poderá focar no desenvolvimento da tarefa, podendo iniciá-la sem se preocupar com a perfeição, mas com a execução dentro do tempo indicado.

Quando o assunto é organização, é comum o uso de checklists ou to do lists como forma de visualizar o que precisa ser feito. No entanto, isso pode gerar muito estresse e procrastinação, por serem muitas coisas a serem feitas, deixando a pessoa sem saber por qual começar.

Nessa situação, o timeboxing ajudará proporcionando o exercício de reflexão sobre o que precisa e o que pode ser feito pelo tempo estipulado. Gostou de saber do que se trata a técnica? Continua a leitura que te mostraremos como a agilidade está diretamente relacionada a ela!

 

Como a agilidade e o timeboxing estão relacionados?

 

No começo desse texto, mencionamos como o timeboxing é muito usado em metodologias ágeis. Você saberia dizer alguma delas? Enquanto você pensa, vamos tratar o porquê dessa ferramenta ser usada na agilidade.

Na metodologia tradicional, o desenvolvimento de projetos acontece fixando a funcionalidade de projeto, deixando o tempo e os recursos alocados como variável. Também chamada de cascata, ela prevê que as atividades são dependentes e realizadas de modo sequencial.

Diferentemente dessa ideia, muitos métodos ágeis trazem consigo a noção de que o tempo para o desempenho das etapas do projeto é fixo e, a partir disso, são elencadas tarefas para serem executadas. Em outras palavras, usa-se o timeboxing no processo de gerenciamento de projetos.

Conseguiu pensar em quais métodos ágeis fazem uso dessa ferramenta de gerenciamento de tempo? Para conferir as respostas, confere a seguinte lista:

Percebeu como a agilidade usa bastante da técnica para trazer entregas rápidas e de valor para os clientes? Agora, vamos ilustrar esse uso num método muito popular em equipes ágeis, no Scrum.

Dentro desse framework, o timeboxing é um dos componentes centrais do trabalho em Sprints. Além disso, existem outros ritos dentro do Scrum que se dão em tempos predefinidos como, por exemplo, a Daily, que são reuniões de 15 minutos. 

A Sprint é um tempo de alguns dias, geralmente de 2 semanas, em que são escolhidas um número de tarefas que estão no Backlog para serem executadas pelo time de desenvolvimento. Igualzinho ao timeboxing, não é mesmo?

Dessa maneira, o desenrolar de projetos grandes e complicados é feito um pouco de cada vez, assegurando que seja feito num ritmo constante, passando por entregas frequentes. É simplesmente incrível e, de brinde, melhora a produtividade do time!

Curioso para saber um pouco mais do Scrum? Então, que se aprofundar nesses conceitos realizando um curso completamente gratuito de Introdução ao Agile Scrum?

Para isso, é só clicar no botão abaixo! Com esse curso, você aprenderá os principais fundamento e papéis desse método ágil!

Clique aqui

Achou incrível o uso do timeboxing em times ágeis? E se te contarmos que é possível usá-lo também na sua vida pessoal? Curioso? Então, continua a leitura!

 

É possível aplicar o timeboxing no dia a dia?

 

Quer saber se você pode usar essa técnica no dia a dia? A resposta para a pergunta é: sim! Para que você iniciar a aplicá-la na sua rotina, trouxemos as seguintes dicas.

 

Faça uma lista de tarefas

Pense em todas as atividades que você precisa realizar, escreva-as em uma lista organizada para que você possa visualizar de forma efetiva.

 

Estabeleça um período tempo para cada tarefa

Ao observar a lista de tarefas, defina um tempo para cada atividade ser executada. Se você ainda não sabe quanto tempo, inicie com algum valor que parece plausível e, após o fim do bloco de tempo, faça uma autoavaliação se o tempo foi suficiente ou não.

O timeboxing permite que você desenvolva autoconhecimento sobre o tempo que você leva executando projetos.

 

Use um timer para controlar a execução de cada atividade

Ter um recurso visual de contagem de tempo ajudará você a não se perder e não esquecer das caixas de tempo enquanto elas acontecem. Você pode encontrar muitos sites que te ajudem ao disponibilizar esse recurso.

 

Se ainda parece um pouco vago como definir tempo de cada tarefa, confere o próximo tópico que vamos falar um pouco do método Pomodoro!

 

O que a técnica Pomodoro tem a ver com tudo isso?

 

A técnica Pomodoro foi criada pelo italiano Francesco Cirillo, que buscava ter um aumento na sua produtividade, fazendo uso de um timer de cozinha para organizar atividades. Ela consiste em dividir o tempo em períodos de 25 minutos de extremo foco, nos quais as atividades são realizadas.

Após a conclusão do primeiro bloco de tempo, faz-se um intervalo de 5 minutos e, a cada quatro blocos finalizados, faz-se um intervalo maior de meia hora. 

A relação desse método como o timeboxing consiste na predefinição de um número exato de minutos para foco. Diferente do timeboxing, busca-se realizar mais de uma atividade nesse período de tempo. Interessante, não é?

Se aplicar o timeboxing inicialmente está muito fora da sua realidade, você pode começar pela técnica Pomodoro para conhecer um pouco melhor o seu modo de trabalho e, depois disso, customizar o timeboxing do melhor jeito para você.

 

Preparado para alavancar a sua carreira?

 

Nesse artigo, trouxemos uma ferramenta amplamente utilizada no mercado de trabalho que melhora a produtividade. Como você pode perceber, ela traz consigo não só autoconhecimento, mas também melhor seu desempenho.

Agora já imaginou aumentar a produtividade e, ao mesmo tempo, alavancar a sua carreira? É só realizar o curso de formação Scrum Master Exin! Com ele, você aprenderá mais a fundo sobre o Scrum, além de se preparar para a certificação de Scrum Master!

Esse curso é oficialmente reconhecido pela Exin!

Ficou interessado? Clica no botão abaixo!

Clique aqui