home
Logo Voitto
  • Home do Blog

  • Materiais Educativos

  • Segmentos

  • Lean Seis Sigma

  • Metodologia Ágil

  • Microsoft Excel

  • Power BI

  • Liderança

  • Gestão

  • Finanças

  • Empreendedorismo

  • Tecnologia e Inovação

  • Carreira

  • Cursos

  • Colunistas

  • Sobre Nós

  • Voitto Casts

  • Seja um colunista

Jamille Rocha 24/01/2020 - 10 mins de leitura

Autoconhecimento como princípio de liderança

Faça uma jornada de autoconhecimento para descobrir suas principais características e como elas podem te ajudar em estratégias de liderança.

Já parou para pensar que o modo como você se expressa afeta diretamente as pessoas ao seu redor? Cada indivíduo pode ser mais receptivo ou não a um comando, uma orientação ou uma crítica, levando em consideração dois fatores: o perfil de quem fala e o de quem recebe a informação.

Em uma empresa a relação entre o gestor e a equipe deve incluir a comunicação fluida e a sensibilidade de perceber o estilo de trabalho de cada pessoa. Por isso, o gestor deve ser consciente de seu papel como líder, atuando com o objetivo de motivar os membros da equipe, a fim de gerar resultados.

O desenvolvimento da liderança envolve, em primeiro plano, o autoconhecimento e o aprendizado contínuo sobre suas características. Isso inclui o modo como se expressa e consequentemente como é visto pelos demais.

Mas antes de começar a entender como o autoconhecimento pode te ajudar, conheça nosso Ebook com 5 práticas exemplares de liderança!

 

 

O que é Autoconhecimento?

 

Você já deve ter ouvido falar da frase “Só sei que nada sei” de Sócrates, a questão aqui é entender o que o filósofo disse de maneira completa:

Só sei que nada sei, e o fato de saber isso, me coloca em vantagem sobre aqueles que acham que sabem alguma coisa”.

O ponto principal dessa frase se concentra no autoconhecimento como ponto de partida para a melhoria de suas características pessoais.

O autoconhecimento é a capacidade de percepção sobre si perante o mundo, nas relações sociais e nas atividades cotidianas. Perceber como suas características se destacam e como isso afeta suas tarefas e a percepção que os outros têm de você.

Um bom líder é capaz de refletir sobre suas ações e como estas irão afetar sua equipe no dia a dia. Então, vamos conhecer algumas técnicas que podem ser utilizadas para mapear suas características.

Ferramentas de autoconhecimento

 

Vamos destacar algumas metodologias e ferramentas para quem busca pelo autoconhecimento, e algumas dicas de como usar essas informações para se tornar um grande líder.

 

1. DISC

Essa ferramenta tem como base uma metodologia que identifica as características comportamentais de um indivíduo com base em 4 tipos de perfil. Ao identificar seu perfil DISC dominante, você é capaz de fazer uma autoavaliação crítica sobre suas atitudes e como estas são vistas com você na liderança. A seguir, uma descrição dos perfis:

  • D (Dominância): Esse perfil indica pessoas movidas a resultados, que se arriscam, são persistentes, e gostam de tomar atitude. Gostam de competir, vencer e tendem a ser mais autoritárias. Esse perfil tem baixa sensibilidade quanto às outras pessoas, e, por serem tão intensos, perdem a paciência com facilidade; 
  • I (Influência): São pessoas capazes de influenciar outras pessoas, incentivando a colaboração dos membros da equipe, adotando um perfil mais sociável e comunicativo. Tendem a iniciar projetos e não terminar, denunciando a falta de organização;
  • S (Estabilidade): Sempre preocupado com a estabilidade e harmonia do ambiente, é um bom jogador de equipe, sendo capaz de ouvir e ser paciente. Entretanto esse perfil tem dificuldades na tomada de decisões e não lida bem com mudanças; e 
  • C (Conformidade): Assim como o perfil S, gosta de estabilidade e gosta de adquirir conhecimento. É um perfil analítico e sempre atento à qualidade. São perfeccionistas, críticos e sistemáticos quanto ao seu próprio desempenho e dos outros. 

 

Os testes DISC são baseados em um questionário de perguntas pessoais sobre os indivíduos, analisando as respostas com base em cada atitude tomada, e são uma excelente ferramenta de autoconhecimento.

Não existe perfil bom ou ruim, todos têm potencial para o sucesso ou podem se adaptar a um estilo, porém, os indivíduos que exercem atividades alinhadas a seu perfil, tornam-se mais realizados, por estarem, naturalmente, atuando em situações mais confortáveis.

Dicas para cada perfil:

D: fique atento a como suas informações são recebidas para não parecer autoritário ou grosseiro, dificultando as relações profissionais;

I: abuse de ferramentas de organização para deixar sua equipe bem orientada, uma boa liderança deve ser exemplo para a equipe;

S: uma boa liderança trabalha em tomadas de decisão importantes para a empresa todos os dias, oriente-se e fique seguro das suas decisões; e

C: fique atento para que a autocrítica não te deixe isolado, é parte das funções de liderança entender seus limites e de sua equipe.

Se você quiser baixar o teste agora mesmo e descobrir qual é o seu perfil basta clicar no botão abaixo!

 

2. SWOT

A matriz SWOT é amplamente usada em ambientes administrativos para traçar estratégias para uma empresa. É dividida entre ambiente interno e externo, conforme identificação de forças, fraquezas, oportunidades e ameaças.

Ela também pode ser usada como ferramenta de autoconhecimento, pensando em ambiente interno como as questões do indivíduo sobre si, e as questões externas como suas relações com os outros e o ambiente em que se está inserido. Na figura abaixo, temos um exemplo de como usar a matriz para o autoconhecimento:


Um grande líder está cada vez mais interessado em explorar novas oportunidades estando atento às ameaças que o cercam. Identificar suas forças e fraquezas ajudam a entender o que você pode explorar e o que deve ser melhorado.

 

3. Linguagem corporal

A linguagem corporal pode transmitir um pouco de quem você é para o seu observador.

Um bom exemplo de liderança tem alta capacidade de expressar suas opiniões e possui boa oratória, para isso suas expressões corporais devem sempre acompanhar o que está sendo dito para que o ouvinte consiga assimilar melhor a informação que está sendo passada.

Sendo assim, uma boa dica para aprimorar o autoconhecimento, através da observação da linguagem corporal, é gravar discursos e apresentações. Com isso você pode se assistir e de forma crítica perceber onde é possível melhorar, sempre atento aos gestos e à entonação.

 

4. Ikigai

Outra ferramenta de autoconhecimento é o Ikigai. Ele é um conceito japonês que significa “Razão para ser”, e se baseia em quatro perguntas:

O que você ama?

No que você é bom?

Pelo que você pode ser pago?

O que o mundo precisa?

A interseção de respostas a essas perguntas pode ajudar a entender melhor as diferenças entre profissão, vocação, paixão e missão, conforme imagem abaixo:


A interseção de todas as respostas seria o equilíbrio, ou seu Ikigai, e está diretamente relacionado com a qualidade de vida. Afinal, ser bom em algo pelo que você é pago e pode fazer com amor, além de contribuir com o mundo, seria uma realização perfeita.

O Ikigai proporciona um autoconhecimento que vai além dos já citados aqui; em vez de explorar características pontuais do seu perfil, ele mostra como usar essas características em cada aspecto da vida.

 

Quais são os estilos de liderança?

 

Existem três estilos principais de liderança conforme a relação entre com seus liderados, eles são:

  • Liderança Autocrática: neste estilo o líder determina, sem auxílio do grupo, os trabalhos a serem desenvolvidos e as técnicas empregadas. Considerado dominador, é pessoal nas críticas e elogios a cada membro;
  • Liderança Democrática: o líder incentiva o grupo a debater as diretrizes e trabalha como um conselheiro técnico, ele faz parte do grupo. Age de forma objetiva e limita-se aos fatos nas críticas e elogios; e
  • Liderança Liberal: o grupo tem total liberdade nas decisões e divisões de tarefas, o líder tem participação mínima e só faz comentários sobre os membros se perguntado.

Os estilos citados estão relacionados diretamente à personalidade de cada líder de acordo com o perfil. Alguns estilos podem se adequar ou não ao grupo comandado, e isso depende muito da percepção do líder.

Mas calma, não há um tipo de liderança que não possa ser melhorada através do autoconhecimento, vamos falar disso a seguir!

 

Estratégias para aprimorar a liderança através do autoconhecimento

 

Independente da personalidade, a habilidade de liderar pode ser desenvolvida através de uma sequência de 4 tipos de liderança, que envolvem assumir a posição de líder, começar a trazer resultados, consolidar os resultados e ser capaz de transformar a cultura dos membros.

Aqui entra a importância do autoconhecimento, não é trivial identificar qual seu estilo de liderança ou o estágio em que você está, se ainda não realizou uma análise pessoal do seu comportamento.

E como já mencionado, além da percepção sobre si mesmo, é importante observar e entender as particularidades das outras pessoas. Para isso, vale a pena conferir algumas dicas:

 

1. Observação: estar sempre atento na forma como as pessoas recebem as informações que são passadas e como elas se comportam nas relações dentro da empresa. Dessa forma, você pode moldar a maneira como se expressa com o objetivo de melhorar o ambiente de trabalho; 

2. Distribuição de tarefas: ao delegar e distribuir tarefas no dia a dia deve estar sempre atento ao perfil dos membros da equipe, buscando sempre pela eficiência nos resultados. Sempre com a capacidade de orientá-los na execução dos procedimentos e solucionar problemas que podem ocorrer durante o processo; e 

3. Feedback: oferecer e pedir Feedback aos membros da equipe, dessa forma você pode exercer um autoconhecimento constante e oferecer isso às outras pessoas. As críticas construtivas ajudam a equipe a estar em um processo de melhoria contínua.

Uma boa liderança pode proporcionar uma melhoria no bem-estar geral dos colaboradores de uma empresa, tornando a comunicação mais eficaz e propondo uma melhoria contínua no desempenho da equipe.

Dessa forma, temos no autoconhecimento o princípio para o sucesso da liderança, através da percepção sobre suas próprias ações e como elas afetam os demais. 

Sempre alinhado com o entendimento do perfil dos membros, se ajustando frente a novas equipes e desafios!

 

Preparado para ir além?

 

Agora que você já sabe como aplicar o autoconhecimento na sua vida profissional, está na hora de você desenvolver ainda mais as habilidades em liderança com profissionais altamente capacitados e que são referências em gestão!

Por isso te convido a conhecer a Voitto Premium, que é um plano de assinatura criado para quem está em busca de uma solução acessível para se preparar para os desafios do mercado.

No nosso clube de vantagens, os assinantes têm acesso aos cursos, mentorias, VoittoCast, Power Hacks, Let’s Grow, conteúdos exclusivos, além de uma rede de Networking conectada e engajada. Seja Premium!

Antes de ir embora, deixe aqui nos comentários o que você achou deste conteúdo! Seu feedback é de extrema importância para nós!