A busca por uma carreira pode ser um processo demorado e bem complexo, principalmente quando não se conhece todas as opções. Saindo das engenharias convencionais (como a Mecânica, Elétrica ou Civil), também é possível encontrar boas oportunidades.

A formação em Engenharia Cartográfica e de Agrimensura irá te habilitar a atuar em uma gama de setores (como você verá nesse artigo) e, apesar de ser um curso de ciências exatas, abrange conhecimentos de muitas outras áreas.

Porém, antes de ingressar nessa área, é importante saber: o que é Engenharia Cartográfica e de Agrimensura?

 

O que é Engenharia Cartográfica e de Agrimensura?

 

A Engenharia Cartográfica e de Agrimensura é um ramo da engenharia voltado para a análise de dados geográficos e para a determinação, descrição e controle de espaços territoriais.

 

 

Além disso, é responsável pela criação, organização, preservação e atualização de arquivos com informações geográficas e topográficas.

Cabe ao profissional da área, a partir de ferramentas e tecnologias, como o SIG (Sistema de Informação Geográfica) e posicionamento de por satélites, o desenvolvimento de projetos que visem a sistematização do mapeamento nos níveis municipal, estadual e nacional.

É conhecida também por Engenharia Geográfica, Geoespacial ou Topográfica.

 

 

Curso superior de Engenharia Cartográfica e de Agrimensura

 

A grade da graduação em Engenharia Cartográfica e de Agrimensura é composta por uma base bem completa voltada para as disciplinas de Matemática, Física, Desenho, Computação e Química.

Logo, após os primeiros anos de curso, as matérias mais específicas da faculdade de engenharia se iniciam, como:

 

  • Mecânica dos Solos

  • Sistemas de Informações Geográficas e Sensoriamento Remoto

  • Aerofotogrametria Analítica e Digital

  • Sistema de Posicionamento por Satélite - GNSS

  • Divisão e Demarcação de Terras - Peritagem

  • Topografia

  • Gestão Ambiental

  • Hidrologia Aplicada

 

Além das disciplinas obrigatórias e opcionais, o graduando também precisa cumprir o estágio obrigatório e realizar o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

É importante lembrar que as nomenclaturas e cargas horárias das disciplinas podem mudar de instituição para instituição.

 

Softwares na Engenharia Cartográfica e de Agrimensura

 

Um dos motivos que leva a Engenharia para uma determinada área é a implantação de tecnologia nos processos, para fazê-los de forma mais precisa e otimizada. No caso da cartografia e agrimensura, não seria diferente.

Dessa forma, conheça alguns softwares utilizados na Engenharia Cartográfica e de Agrimensura para auxiliar os profissionais da área:

 

  • GeoPEC: software voltado para a avaliação da exatidão posicional em dados cartográficos. Oferece diversas funcionalidades, como a classificação de um produto cartográfico, cálculo da inspeção topográfica e definição do tamanho amostral para controle de qualidade cartográfica.

  • Rinex Edition: software que tem por finalidade a geração de séries temporais de dados posicionais, manipulação de arquivos GNSS, processamento via IBGE-PPP e extração de informações posicionais.

  • QGIS: é uma multiplataforma de sistema de informação geográfica (SIG) que permite a visualização, edição e análise de dados georreferenciados. Apresenta diversas ferramentas e um código aberto para programação de acordo com as necessidades do usuário.

 

Áreas de atuação

 

A Engenharia Cartográfica e de Agrimensura possui um vasto campo de atuação, pois sua formação se dá de forma bastante abrangente e envolve diversos segmentos. Sendo assim, conheça, de modo geral, a áreas de atuação dessa engenharia:

 

Posicionamento Global por Satélite (GPS)

 

Nessa área, cabe ao engenheiro apontar as coordenadas de variações do relevo (naturais ou artificiais) que deverão ser utilizadas nas identificações de locais e também em planos diretores.

 

Sistema de informações geográficas (SIG)

 

Se tratando de SIG, o profissional da área deverá trabalhar com os bancos de dados voltados para informações geográficas das áreas urbanas e rurais, realizando também o processamento dos dados e a seleção das informações coletadas.

 

Levantamento aerofotogramétrico

 

O profissional dessa área ficará responsável pela análise e identificação topográfica de uma área a partir de fotografias aéreas e imagens de satélites.

 

Levantamento topográfico e geodésico

 

Aqui, as informações levantadas tem por finalidade acrescentar ao trabalho feito pelo levantamento aerofotogramétrico em campo, se preocupando com a forma e dimensões da Terra (geodésia), além de descrever áreas da superfície terrestre (topografia).

 

Cadastro técnico

 

Levantar dados para fins de cobrança de tributos e gestão de serviços públicos, como redes de saneamento básico, de eletrificação e de telefonia.

 

Representação cartográfica

 

É papel do profissional da área a elaboração e o desenvolvimento de cartas e mapas  referentes às mais diversas áreas, tanto no âmbito terrestre, quanto náutico e aeronáutico.

 

Construção Civil

 

No ambiente de Construção Civil, o engenheiro cartógrafo e agrimensor deve fazer o levantamento planialtimétrico (planta exata do terreno, com informações de níveis, perímetros e dimensões horizontais).

Esse estudo é posteriormente utilizado em projetos de obras, como estradas, túneis e pontes.

 

Georreferenciamento

 

Essa área trata do mapeamento da localização de certo imóvel e suas características, definindo sua área e sua posição geográfica.

 

Engenharia Cartográfica e de Agrimensura na sociedade

 

Apesar de não ser um curso tão conhecido e convencional, a Engenharia Cartográfica participa diretamente do desenvolvimento (de forma mais ordenada) da nossa sociedade.

Isso porque, sendo uma grande área que abrange diversas atuações, o curso pode formar profissionais capacitados para trabalhar em projetos que são essenciais para toda a população, como:

 

  • aeroportos, casas e edifícios, mineração, paisagismo, irrigação e drenagem, usinas hidrelétricas, linhas de transmissão de energia, telecomunicações, transportes, geoprocessamento, sistemas de água e esgoto, mapeamento em geral, entre outros.

 

Sendo assim, em todas as regiões do país encontra-se demanda para esses profissionais, para que eles coordenem, implantem e fiscalizem o mapeamento sistemático desses territórios.

 

Universidades que oferecem Engenharia Cartográfica e de Agrimensura

 

O primeiro passo rumo à profissão escolhida é ingressar em uma universidade certificada pelo Ministério da Educação (MEC). Então, busquei pelo portal do MEC, utilizando como base o ENADE, as instituições de ensino com as melhores avaliações:

 

 

Obs.: O curso oferecido pelo IME é de Engenharia Cartográfica e o oferecido pela Unipampa é de Engenharia de Agrimensura.

Entretanto, existem diversos métodos de avaliações. No site você encontra muitas outras instituições renomadas como:

 

 

Dessa forma, acesse o portal e-MEC e encontre a instituição mais perto ou que seja a mais adequada para você (faça a busca em Consulta Textual).

 

Salário do engenheiro cartógrafo e agrimensor

 

Finalmente, chegamos nele: o salário! No Brasil, a Lei 4.950/A, de 22 de abril de 1966, dispõe sobre salário mínimo dos profissionais de Química, Engenharia, Arquitetura e Agronomia:   

  • Jornada de 6 horas: 6 salários mínimos

  • Jornada de 7 horas: 7,25 salários mínimos

  • Jornada de 8 horas: 8,5 salários mínimos

 

Mas, se tratando do mercado de trabalho, não apenas para a engenharia, são encontradas variações nos salários de acordo com as empresas.

Isso acontece pois alguns aspectos, como o porte da empresa, a região onde ela se localiza e também o nível de experiência profissional do candidato, impactam diretamente na formulação desses valores.

Nas empresas, os níveis relacionados à engenharia são:

 

  • Trainee: até 2 anos no cargo;

  • Júnior: de 2 a 4 anos;

  • Pleno: de 4 a 6 anos;

  • Sênior: de 6 a 8 anos;

  • Master: mais de 8 anos.

 

Dessa forma, pesquisei no site $alário.com.br para chegar a um valor médio de salário da categoria no país: R$ 5.708,22, com carga horária de 42 horas.

A amostra da pesquisa foi de 91 salários e a faixa salarial ficou entre os valores de R$ 4.052,83 e R$ 12.907,09.

 

Entendeu tudo sobre a Engenharia Cartográfica e de Agrimensura?

 

 

Bem, se chegou até aqui, é porque está mesmo interessado na Engenharia Cartográfica e de Agrimensura! Agora que você já conheceu todos os detalhes sobre o curso e a profissão, pode seguir sem medo nessa carreira.

Mas é claro que, se restou alguma dúvida, comenta aqui que a gente responde! Ah, e deixa também o seu feedback contando como tem sido a sua busca por uma profissão e se curtiu o artigo. :)

Agora, se depois de conhecer tudo sobre a Engenharia Cartográfica e de Agrimensura você viu que essa não é a sua, dá uma olhada na nossa Série de Engenharias e encontre o seu futuro! 

Assim como a Engenharia Cartográfica e de Agrimensura, há outras opções também não tão conhecidas, que tal conferir?

 

Dica Bônus

 

Essa é pra quem realmente já está pensando no futuro e quer começar a se organizar! O curso de Introdução ao Excel vai iniciar a sua capacitação e, para isso, oferece a você ferramentas que podem te auxiliar a estruturar seu horário de estudo.

 

 

Assim, fica mais fácil para você se preparar e também para entrar com tudo no curso de engenharia que escolher!