Grandes empresas com foco na cadeia de suprimentos utilizam o S&OP (Sales and Operations Planning, em inglês) para integrar o plano de produção e vendas em uma visão única, melhorando o desempenho da empresa como um todo. 

O S&OP, além de diminuir os custos de produção e de transporte, melhora muito o nível de entrega dos pedidos de vendas, que é um KPI muito cobrado pelos clientes.

Para facilitar o entendimento do tema, dividimos este artigo nos seguintes tópicos:

  • O que é S&OP;

  • Benefícios do S&OP;

  • Etapas do S&OP;

  • Dicas para ter sucesso na implementação;

  • Quer aprender mais sobre gerenciamento?

Quer saber como aplicar esse conceito na sua empresa e criar um diferencial competitivo? Continue neste conteúdo que te contaremos todos os detalhes dessa estratégia!

Antes de começar, aproveite e baixe agora nosso KIT Gratuito de gestão e operações para receber 6 planilhas importantes para gestão do seu negócio. É só clicar na imagem abaixo e fazer o download gratuitamente do material.

Kit de planilhas de Gestão de Operações

 

O que é S&OP?

 

S&OP ou Sales and Operations Planning (Planejamento de Vendas e Operações) é um processo integrado para gerir as áreas de logística e negócios. A evolução dessa modalidade aconteceu quando as indústrias decidiram integrar as áreas administrativas à produção.

Nas grandes indústrias, é necessário planejar o volume de produtos da melhor maneira possível. Isso porque o volume total é compartilhado em áreas distintas (Comercial, Marketing, Desenvolvimento, Fabricação, Sourcing e Financeiro) e nem todos sistemas são integrados entre si.

O planejamento integrado permite à administração a possibilidade de gestão dos negócios de uma forma sustentável, gerenciando e alocando os principais recursos da operação como um todo, desde o planejamento de produção até a entrega final dos produtos.

Até alguns anos atrás, o planejamento da produção, plano de negócios e estratégico não eram feitos de forma integrada e acabavam ocorrendo ruídos no decorrer das entregas durante o mês.

Com o objetivo de garantir as vendas e entregas, e pensando de uma forma mais estratégica, os times passaram a planejar suas demandas em conjunto, em ciclos mensais, coordenando esforços para previsão de demanda entre vendas e operações.

 

Benefícios do S&OP

 

O S&OP traz vários benefícios à empresa, porque consegue planejar com antecedência e antecipar problemas que podem ocorrer no fluxo entre vendas, produção e finanças. 

Essa gestão de ações controladas evitam as ações reativas, dando maior visibilidade da oferta e demanda dos produtos.

pessoas com um quebra-cabeça

O processo de avaliação contínua também produz a mudanças positivas e desenvolve os times a resolverem imprevistos com mais agilidade, além de promover o trabalho em equipe através de decisões consensuais baseadas em fatos e dados.

Um outro ponto bem importante é que o S&OP pode proporcionar um aumento significativo do nível de serviço dos clientes e no giro de estoques, que reduz compras desnecessárias e evita perdas por problemas de má gestão da validade dos produtos.

A melhoria do processo, além de todos benefícios citados acima, geram também uma melhoria no relacionamento entre as áreas, que passam a trabalhar de forma mais integrada e colaborativa.

 

Etapas do S&OP

 

São necessárias reuniões regulares entre as áreas, sendo Vendas e Marketing aquém apresenta as projeções de demanda e Operações, Engenharia e Finanças que indicam os recursos atualmente disponíveis.

São 5 etapas:

 

Atualização mensal dados

Essa fase é de responsabilidade do comercial com o apoio das informações históricas de vendas realizadas e previsão estatística de vendas a longo prazo. São levantados também as oscilações do mercado, como datas comemorativas, campanhas em pontos de venda e outras ações que necessitem de volume extra.

Nessa atualização são levantados o histórico de volumes de compra, níveis de estoques e valores financeiros.

A partir desse material, é possível chegar bem próximo a previsão ideal para o próximo período. Esse dado do time comercial é enviado ao time executivo, para ser checado e validado novamente.

 

Planejamento da demanda

O planejamento da demanda faz parte do processo de S&OP e é o planejamento de recursos, que leva em consideração diversas informações quantitativas e qualitativas do histórico de vendas e entregas, informações de mercado e datas especiais.

 

Planejamento de produção e suprimentos

Neste planejamento, leva-se em conta todos suprimentos necessários para a produção. Também é levado em conta um plano de reserva, para garantir o planejamento de demanda.

Para que tudo dê certo, é necessário avaliar qual o nível desejado de estoque, acompanhar os indicadores de giro, para não deixar os novos produtos chegarem próximos da validade ou vencerem, além de monitorar a capacidade de fornecedores, materiais e recursos disponíveis.

 

Reunião prévia

A reunião prévia acontece para haver um consenso se o planejamento de demanda está compatível com o planejamento de suprimentos

O objetivo é encontrar as possíveis divergências entre o planejado e delimitar qual o impacto financeiro das divergências encontradas.

É muito importante que os envolvidos visualizem com clareza a situação e já planejem formas de contornar, melhorando os resultados. 

Quando não há um consenso sobre qual decisão será tomada na reunião de prévia, as alternativas sugeridas serão levadas na reunião final.

 

Reunião final

É a reunião executiva S&OP, onde são analisadas todas sugestões realizadas na reunião da prévia. E a partir das alternativas levantadas, tomar uma decisão consensual entre os envolvidos de toda a empresa, buscando o que for melhor para companhia. 

Essa reunião acontece com todos gestores envolvidos no processo e serve como um comitê da alta gerência da empresa.

 

Dicas para ter sucesso na implementação

bonecos com quebra-cabeça

Para que o comitê de S&OP não seja somente uma reunião operacional e sim um planejamento estratégico, é necessário a integração entre as diversas áreas-chave da empresa como Produção, Vendas e Marketing, Finanças, Supply Chain etc.

Empresas com processos maduros de S&OP conseguem resultados surpreendentes, principalmente com relação a redução dos stockouts, menos estoque parado e não produtivo, diminuição dos custos com fretes, melhoria na produtividade das máquinas e dos profissionais.

Porém, apesar de simples, o S&OP é complexo de implementar, devido aos vários obstáculos até chegar na maturidade desejada. 

Pensando nisso, gostaríamos de dividir algumas dicas interessantes para que a implantação do planejamento de vendas e operações tenha sucesso:

  • É necessário que o corpo executivo da empresa apoie o projeto integralmente;

  • S&OP exige comprometimento e muita disciplina de todos envolvidos, desde o levantamento dos dados até a participação nas reuniões mensais;

  • É importante estabelecer uma relação de confiança entre as áreas de Vendas e Operações;

  • Alguns dados estratégicos da operação têm que ser sistematizados com o máximo de atenção, como lead-times, lotes mínimos, níveis de estoques permitidos;

  • melhoria contínua da previsão de vendas, também melhora o nível de atendimento dos clientes.

A globalização das cadeias de abastecimento tem se expandido cada vez mais e cada vez mais o cenário das empresas fica mais competitivo. 

As empresas que querem se manter competitivas e saudáveis financeiramente, terão no S&OP a oportunidade de melhorar seus processos e gerenciar assertivamente as restrições que as organizações enfrentam no dia-a-dia.

 

Quer aprender mais sobre gerenciamento?

 

Agora que você entendeu o que é S&OP e a importância da unificação desse processo nas empresas, conheça o nosso curso de Gerenciamento de Projetos, para ter domínio de como elaborar e cumprir todas as etapas de um projeto de grande porte.

Na gestão de um projeto, é muito importante definir um escopo, avaliar os riscos e aquisições do projeto, bem como lidar com várias áreas e acordos, para que todos busquem o mesmo objetivo. 

Então, não deixe de conferir o Curso de Gerenciamento de Projetos na prática! É só clicar no botão abaixo para saber mais:

Curso de Gerenciamento de Projetos na Prática