Quando pensamos em manutenção, imaginamos o conserto de algo que quebrou ou parou de funcionar, não é mesmo?

Durante a primeira geração da Revolução Industrial, a manutenção se restringia ao reparo pós quebra, limpeza e lubrificação.

Porém, com a segunda geração veio a busca incessante pelo aumento do lucro e consequentemente da produção. Para atender essa demanda, aumentou-se o número de máquinas e equipamentos e o nível de complexidade das instalações industriais também subiu.

Uma máquina quebrada passou a significar horas de produção parada e muito dinheiro perdido.

 

 

Passou-se então a dar a devida importância ao setor de manutenção.

O PCM é fundamental para que a gestão da manutenção da empresa seja eficiente. Vamos entender mais sobre o assunto?

 

O que é PCM?


 

PCM é a sigla correspondente a Planejamento e Controle da Manutenção.

O PCM é responsável pelo gerenciamento de todos os serviços de manutenção de uma empresa. O que inclui os custos, o tempo entre falhas, as condições nas quais se encontram os equipamentos e qual tipo de manutenção deve ser aplicada.

O supervisor de manutenção precisa definir quais as melhores estratégias para a manutenção, alocando os recursos - mão de obra, tempo e dinheiro - de forma a aumentar a confiabilidade e controlabilidade dos processos.

Através do PCM, é possível encontrar os gargalos da produção e também aumentar o desempenho das máquinas.

 

O que é manutenção?

 

Manutenção é um conjunto de ações que levam ao bom funcionamento de um equipamento ou de um conjunto de equipamentos, através de reparos, consertos e conservação.

Existem 3 principais tipos de manutenção, sendo eles:

 

Manutenção corretiva:

 

Manutenção corretiva é aquela em que é feito o reparo ou substituição de peças em máquinas e equipamentos após a quebra ou falha.

 

Manutenção preventiva:

 

Neste caso a manutenção é feita justamente para evitar a falha. Essa manutenção é importante para evitar defeitos que parem a produção e acidentes que coloquem em risco a vida humana.

Geralmente, o plano de manutenção preventiva é feito de acordo com dados fornecidos pelo fabricante.

 

Manutenção preditiva:

 

A manutenção preditiva tem a finalidade de detectar problemas futuros por meio de equipamentos que fazem medições como temperatura, vibração, pressão, entre outros.

 

Qual a importância do PCM?

 

 

É sabido que todas as empresas buscam melhorar o desempenho reduzindo desperdícios e aumentando a produção, com o objetivo de obter maiores lucros.

No entanto, sabemos que, para isso, é necessário um sistema de gestão muito bem estruturado.

O PCM existe justamente para otimizar a gestão da manutenção, aumentando a previsibilidade e a disponibilidade das máquinas e equipamentos.

O PCM é importante para embasar a tomada de decisão e também para encontrar informações que possam ajudar a solucionar algum problema.

 

Atribuições

 

Vamos destrinchar agora quais são as responsabilidades do PCM:

 

Elaboração do Cronograma

 

Para elaborar seu cronograma, o primeiro passo é coletar todas as informações sobre a linha de produção. Saber qual é a capacidade da equipe, dos equipamentos e a disponibilidade dos recursos.

A partir daí, calcule quanto tempo é preciso para realizar a entrega. E então monte seu cronograma de acordo com o pedido do cliente.

Tenha cuidado com prazos, nunca prometa um prazo que não tenha certeza que é possível de se cumprir. Isso mancha sua credibilidade. E talvez aquele cliente nunca mais volte a comprar de você.

Prazos muito curtos também farão com que você pressione demais os seus funcionários, isso poderá ser causa de estresse e desmotivação.

 

Programação de Parada

 

Paralisações não programadas significam produção parada, ou seja, perda de dinheiro. Por isso a programação de paradas é tão importante.

Aqui são feitas as escolhas das melhores datas e horários para os reparos e demais cuidados necessários com os equipamentos.

Lembrando que é fundamental todos os setores estarem alinhados com a programação de parada.

 

Acompanhamento

 

É importante, então, analisar os indicadores de desempenho para saber se os planos de manutenção traçados estão sendo eficientes.

Não adianta apenas planejar se isso não estiver trazendo benefícios para a empresa. Afinal, são investidos recursos como mão de obra, tempo e dinheiro em softwares de gestão, por exemplo.

Aqui são feitas as análises dos dados coletados através da Instrumentação.

 

Instrumentação

 

A instrumentação é responsável pela coleta de dados que irão ser usados para definir o plano de manutenção preditiva, como por exemplo medição de vibração, temperatura, entre outros.

 

 

Planejamento de recursos

 

O planejamento de recursos permite saber o quanto será gasto com peças de reposição, com óleos lubrificantes e todos os demais materiais que serão utilizados.

 

Instrução de serviço para as manutenções programadas


 

Aqui são descritos quais as atividades serão realizadas e quais os recursos serão necessários.

 

Os três pontos chave do PCM

 

Existem 3 fatores chaves para o bom funcionamento do PCM vamos agora falar um pouco sobre cada um deles:

 

  • Pessoas

 

Lembre-se que, para seus processos melhorarem cada vez mais, é importante ter trabalhadores engajados e motivados. Afinal, as pessoas estão presentes em todos as esferas da organização. Desde a execução até o gerenciamento.

 

  • Processos

 

Deve-se estar sempre atento aos processos, observar se há otimizações a serem feitas, eliminar desperdício e portanto, reduzir custos.

 

  • Ativos


 

As atividades do PCM precisam sempre estar voltadas para os ativos da empresa. Deve-se sempre planejar bem os recursos que serão utilizados.

 

Manutenção Produtiva Total (TPM)

 

É um artifício industrial desenvolvido nos anos 70, que tem como conceito fundamental elevar ao máximo a produtividade e a eficiência de um processo produtivo. Isso se dá por meio da implantação estruturada e consistente de seus 8 pilares de sustentação.

Sendo eles:


 

  • Manutenção autônoma;

  • Manutenção planejada;

  • Manutenção da qualidade;

  • Melhorias Específicas  ;

  • Controle Inicial;

  • Treinamento;

  • Segurança e Meio Ambiente;

  • Tpm Administrativo.

 

E aí, aprendeu tudo sobre PCM?

 

Como vimos, o PCM é fundamental para que a manutenção corra da melhor maneira possível, dentro do esperado, sem acidentes ou imprevistos.

Quer saber mais sobre o assunto?

A Voitto preparou um curso sobre Manutenção Produtiva Total para você, dá uma conferida!