O Gerenciamento ou Gestão de Riscos é de suma importância na consultoria empresarial, pois você terá que lidar com eles enquanto consultor. Lembrando que existem riscos negativos e positivos, e que existem diferentes tipos de abordagem em relação à esses riscos.

Veremos como identificar os riscos, as estratégias para chegar a uma solução, como analisá-los, planejar as respostas e monitorar esses riscos.

 

Identificar os riscos

 

Ao analisar as atividades da empresa, você pode promover brainstorming e entrevistas com a equipe para identificar os riscos do projeto, baseado na experiência individual de cada um. Lembre-se de nunca subestimar a capacidade intelectual de ninguém. O conhecimento prático obtido por anos de experiência tem muito valor e faz a diferença.

Podemos utilizar a análise da causa-raiz para esmiuçar melhor um possível risco, encontrando a origem desse risco e assim saber o que fazer. Outra ferramenta muito útil é a análise SWOT (Strength, Weakness, Opportunity and Threat), que funciona da seguinte maneira:

           

 

Analisar os riscos

 

Uma vez identificados os riscos, precisamos analisá-los. Podemos fazer isso de duas maneiras: de forma qualitativa ou quantitativa. A análise qualitativa é mais simples e mais comum de ser empregada, classificando os resultados de acordo com a relevância e o tipo do risco.

Para essa análise qualitativa, dispomos de ferramentas como o matriz probabilidade x impacto e a estrutura analítica dos riscos. Na matriz, colocamos o impacto no eixo horizontal e a probabilidade no eixo vertical, fazendo assim a correlação entre eles, que será útil para definirmos quais riscos devemos priorizar.

 

 

Na estrutura analítica, vamos classificar o risco quanto à sua categoria. Essa classificação facilita na atuação para resolver esse risco, uma vez que sabemos de onde ele provém. São quatro categorias:

  • Técnico: Qualidade, tecnologia e desempenho;
  • Externo: Mercado, clientes e fornecedores;
  • Organização: Recursos, financiamento e priorização;
  • Gerenciamento: Planejamento, controle e comunicação.

 

Para análise quantitativa dos riscos, podemos, por exemplo, projetar três cenários: otimista, realista e pessimista. Se pegarmos o exemplo do custo de um novo produto, podemos ter um cenário como esse:

 

 

Para estimar o custo total, teremos que fazer uma média ponderada desses três cenários:

Assim obtemos o custo estimado para o projeto. Você, como consultor, deve ter esse cuidado de observar que o cenário econômico é variável, portanto, é importante levar essa consideração em conta no gerenciamento de riscos.

 

Planejar respostas aos riscos

 

Bem, nesse momento em que os riscos já foram identificados e analisados, vamos decidir qual ação tomar. Para tal, vamos separar os riscos em negativos e positivos.

Os riscos negativos, também chamados de riscos de ameaça, são aqueles que implicam em prejuízo no projeto. Para esse tipo de risco, temos quatro respostas, que variam de acordo com o grau de eliminação do risco.

 

 

Mas nem todos os riscos são maléficos para o planejamento. Existem também os riscos positivos, ou de oportunidade. Esses riscos representam um possível benefício para o projeto, que pode ser aproveitado e incrementado ao projeto. Também temos quatro ações possíveis, que variam de acordo com o grau de aproveitamento do risco.

 

 

Monitorar e controlar os riscos

 

Depois de você implementar as ações contra os riscos, será necessário monitorá-las. Afinal, você precisa garantir que seu trabalho como consultor está dando resultado. O gerenciamento de riscos é contínuo, e para isso, um controle eficiente desses riscos é essencial.

Toda empresa espera o mínimo de ameaças e o máximo de oportunidades, e é seu trabalho como consultor fornecer isso. Portanto, esteja ciente da importância do gerenciamento de riscos no trabalho de consultoria empresarial.

 

Torne-se um consultor completo

 

Se você leu esse artigo e ele te despertou o interesse de se aprimorar mais na carreira de consultoria, ou se você não é um consultor, mas gostaria de ser, temos o curso perfeito para você: Formação de Consultores em Gestão!

Confira também nosso artigo explicando porque ser um consultor, que com certeza despertará seu interesse por essa carreira que tem se tornado uma tendência no mercado.