Conhecer o que se passa em nossa mente é fundamental para termos inteligência emocional, e isso inclui conhecer os nossos sabotadores.

Cair nas armadilhas mentais proporcionadas pelos sabotadores nos faz construir falsas crenças que, geralmente, nos impedem de alcançar os nossos objetivos.

Pesquisas apontam que apenas 20% das equipes e indivíduos alcançam o seu verdadeiro potencial. Para que você não faça parte dos outros 80% vamos te ensinar: 

 

  • O que são sabotadores?
  • Os 10 tipos de sabotadores segundo Shirzad Chamine;
  • Como não deixar que os sabotadores comandem a minha vida?

 

Quer fazer da sua mente a sua maior aliada? Então acompanhe essa leitura comigo!

 

O que são sabotadores?

 

Sabotadores são inimigos internos desenvolvidos, principalmente em nossa infância, devido a situações e crenças que criamos e que permanecem em nossas mentes, de forma mais sutil, quando adultos.

Como exemplo podemos imaginar que, se quando crianças somos submetidos a situações familiares de incerteza é provável que o sabotador hipervigilante será mais forte em nossa vida. 

Os sabotadores são um conjunto de padrões mentais automáticos que trabalham contra o que é melhor para você. É uma resposta pronta do nosso cérebro a situações que ele considera de risco, mesmo que não haja nenhum risco eminente.

Mas a nossa mente não é composta apenas pelos sabotadores. 

 

Os sabotadores e o Sábio

 

O Sábio é o opositor dos sabotadores. Como o próprio nome já diz ele tem acesso a sua sabedoria e consegue discernir as situações.

Quando o sábio está no controle a sua mente passa a agir como sua amiga.

Podemos fazer uma analogia com o exemplo utilizado por Dan e Chip Heath em seu livro “A Guinada” sobre o elefante e o jóquei.

Vamos imaginar que o jóquei é o nosso sábio, ele consegue levar o elefante onde quiser, tomar decisões conscientes e importantes.

Porém ele é limitado, em alguns momentos o elefante, neste caso representando os nossos sabotadores, assume o controle e pode nos levar por caminhos que não são tão bons para nós, pois ele responde de forma automática às situações.

E então, quem domina a sua mente, o jóquei ou o elefante?

Para que você possa identificar quais sabotadores internos possuem maior força em sua vida separamos para você o “Teste de Sabotadores” para que assim, através da inteligência emocional, você possa combatê-los.

Clique no banner abaixo e faça já o seu teste! Em seguida continue a leitura desse artigo que eu vou te explicar quais as características mais fortes de cada sabotador.

Teste de Sabotadores

Não seja rude consigo mesmo, se por um acaso os seus sabotadores ultrapassarem o limite de 7 pontos descrito no teste não se fruste. Veja esse resultado como uma oportunidade de mudança.

É importante tomarmos conhecimento sobre o que nos prejudica, ainda mais se é algo que está dentro de nós. Afinal, alcançar o nosso potencial verdadeiro só depende de nós mesmos!

 

Os 10 tipos de sabotadores segundo Shirzad Chamine

 

Em seu livro Psicologia positiva, o autor Shirzad Chamine defende a existência de, pelo menos, 10 tipos de sabotadores. Para alguns deles existem livros que você pode ler para entendê-los melhor e aprender a como enfraquecê-los.

Vamos conhecer os sabotadores e algumas leituras que podem te ajudar a lidar com eles?

 

1. Crítico

 

O crítico é considerado o principal dos sabotadores pelo seu potencial destrutivo, pois está sempre procurando defeitos em si mesmo, nos outros e nas circunstâncias.

Ele é o principal responsável pela nossa ansiedade, pelo estresse, raiva, decepção, vergonha e culpa.

Ele é o nosso inimigo número um, causando impacto no nosso bem-estar, sucesso e felicidade, justamente pelo seu teor negativo.

 

2. Insistente

 

O sabotador insistente é caracterizado pelo perfeccionismo, uma grande necessidade de organização e de ordem que pode deixar as pessoas ao seu redor ansiosas e nervosas. Esse sabotador leva as pessoas a serem pontuais, metódicas e altamente críticas de si mesmas e dos outros.

Pela sua forte necessidade de alcançar altos padrões se frustram e se decepcionam constantemente.

Dica de livro: A Coragem de Ser Imperfeito.

 

3. Prestativo

 

Esse sabotador nos leva a ter uma dependência do outro, buscando afeto e aceitação.Tem uma forte necessidade de ser amado e busca isso através de atos prestativos. Esse sabotador nos leva a pensar mais nos outros do que em nós mesmos. 

Tem dificuldade de expressar seus próprios sentimentos por medo do que os outros podem pensar e buscam fazer isso de forma indireta.

Por conta disso pode levar a pessoa a ter ressentimento, quando uma necessidade dela não é atendida, e se desgastar.

 

4. Hiper-realizador

 

O hiper-realizador está sempre em busca de realizações constantes, é refém dos resultados. 

Geralmente ficam reféns do trabalho e não se permitem ter relacionamentos mais profundos. São competitivos e prezam por uma boa imagem, são aqueles que sempre procuram estar bem nas redes sociais e demonstrar o seu sucesso.

Dica de livro: O Milagre da Manhã.

 

5. Vítima

 

É emotiva e temperamental, buscando atenção e afeto. Foca em sentimentos internos, principalmente os mais dolorosos.

Tem a tendência de se recolher quando mal-compreendido e desistir em situações difíceis.

Tende a remoer sentimentos e a sufocar a raiva, o que gera depressão, apatia e fadiga constante.

Dica de livro: O Pode da Autorresponsabilidade.

 

6. Hiper-racional

 

Foca na racionalização das circunstâncias, incluindo relacionamentos. Pode ser caracterizado como frio, distante e até mesmo arrogante.

É reservado e protege os seus sentimentos.

Dica de livro: O poder do Agora.

 

7. Hipervigilante

 

O hipervigilante está sempre em estado de alerta, tem sempre a sensação de que tudo pode dar errado. Possui ansiedade contínua e intensa se privando do descanso o que acarreta estresse.

Esse conjunto de sentimentos gera desgaste e drena a energia que poderia ser usada em outras atividades.

 

8. Inquieto

 

Está sempre em busca de uma ocupação e de atividades que vão lhe proporcionar novas emoções. Quer uma vida intensa e sempre acha que as atuais atividades não lhe dão mais paz e alegria.

É impaciente, está sempre focando no futuro.

Dica de livro: As coisas que você só percebe quando desacelera.

 

9. Controlador

 

Busca sempre assumir a responsabilidade e controlar situações, o que resulta em ansiedade e impaciência quando isso não acontece.

 

10. Esquivo

 

O esquivo foge de tarefas e conflitos difíceis. Se concentra muito no que é prazeroso, tem a tendência de procrastinar e não concluir as suas tarefas no tempo correto.

 

Dica de livro: O Poder da Ação.

 

Agora que você já sabe o que são os sabotadores, quais são eles e como eles influenciam a sua vida está na hora de tomar uma atitude, não é mesmo?

Para que você pode combater seus inimigos internos e viver de uma forma mais leve é necessário uma jornada de autoconhecimento e autocuidado.

 

Como não deixar que os sabotadores comandem a minha vida?

 

Para que você possa enfraquecer os seus sabotadores é necessário o controle emocional, paciência e persistência. Eles nunca vão desaparecer completamente da sua vida, mas eles podem ser enfraquecidos.

É importante a comunicação, converse com amigos próximos sobre esse assunto e com familiares. Eles podem te ajudar nesse processo de crescimento e amadurecimento interior.

Ouça-os com a mente aberta e aplique os conceitos da comunicação não-violenta, buscando sempre se atentar para críticas construtivas.

 

Como começar essa jornada?

 

Para que você possa melhorar a sua comunicação, aprender a dar e receber feedbacks, além de adquirir outras habilidades importantes para o mercado de trabalho, separamos para você o nosso curso de Comunicação interpessoal e feedback.

Ele é um curso totalmente GRATUITO e muito rico. Se eu fosse você clicava no botão abaixo e não perderia essa oportunidade!

Curso de Comunicação Interpessoal e Feedback