Ao realizar um projeto de melhoria voltado para a solução de um problema, é importante utilizarmos as ferramentas certas, pois elas vão fazer toda a diferença no resultado do trabalho! 

Umas dessas ferramentas, que ajuda muito no direcionamento de um projeto, é o diagrama SIPOC.   

Fazer um SIPOC é algo bem simples e vai te ajudar bastante na hora de mapear seus processos. Porém, muitas dúvidas podem surgir durante a utilização dessa ferramenta.

É exatamente por isso que você está no lugar certo! Vou te ensinar o que é o SIPOC, definir suas etapas de maneira bem clara e consolidar seu aprendizado com um exemplo! Está preparado? Então vamos lá!

Não perca também a oportunidade de saber mais sobre como realizar projetos Lean Seis Sigma, através do nosso curso gratuito de White Belt em Lean Seis Sigma, combinado? Com certeza, vai te ajudar e muito na sua caminhada profissional!

 

 

O que é SIPOC?

 

 

O SIPOC é um diagrama que tem como finalidade definir o principal processo envolvido no projeto de forma macro e, consequentemente, facilitar a visualização do escopo do trabalho. 

Geralmente usado na fase “definir” da metodologia Seis Sigma, a primeira etapa do método DMAIC, o diagrama SIPOC é um mapeamento simples e objetivo do que vai ser “atacado” no projeto. 

Nesse primeiro momento, é importante uma visão geral das atividades que estarão envolvidas na melhoria de processos do six sigma, sendo que os detalhes só devem ser inseridos na próxima etapa (medição). 

Desse modo, o SIPOC é uma ferramenta usada como base para a elaboração de um escopo mais assertivo e um planejamento melhor do projeto. 

Essa ferramenta é semelhante ao Mapa de Processos e a matriz Dentro x Fora, porém é menos detalhada e possui sua própria estrutura fixa, como você pode ver a seguir...

 

 

O acrônimo SIPOC vem do inglês, onde cada uma das letras diz respeito a uma informação do processo, como você pode ser visto acima. Assim, podemos especificar cada função da seguinte forma:

 

  • Suppliers (fornecedores do processo): são aqueles que fornecem os recursos necessários.

  • Inputs: (Entradas do processo): recursos/informação que afetam o processo, ou seja, a realização da atividade.

  • Process (Etapas do processo): principais atividades daquele processo.

  • Outputs (Saídas): entregas/resultados de cada etapa do processo.

  • Clients (Clientes): quem recebe a saída de cada etapa do processo.

 

Como fazer o SIPOC?

 

A ideia do SIPOC é começar sempre pela coluna central P e preencher as demais letras posteriormente (da esquerda para a direita e de cima para baixo), de acordo com a estrutura abaixo:

 

 

Então, dentro das linhas ponteadas da estrutura do SIPOC é onde você deve definir as etapas do processo, ok? Só depois vai ser a hora de preencher os fornecedores, clientes, entras e saídas. Vamos ver um exemplo? 

 

Exemplo SIPOC

 

A empresa Tech Tudo é uma empresa de manufatura de impressoras que está conduzindo um projeto Lean Seis Sigma Green Belt para otimizar o processo de pagamento de notas fiscais aos fornecedores na área de contas a pagar. 

Atualmente, o percentual de notas fiscais pagas com atraso acima de 15 dias é de 75%. O primeiro passo do Green Belt, líder do projeto, foi desenhar um SIPOC para compreender melhor o processo gerador do problema e o escopo de projeto. 

Para elaborar o SIPOC, é importante ir presencialmente até o processo (gemba),  observar o seu funcionamento de perto e conversar com os envolvidos. 

Feito isso, conseguimos elaborar as atividades do processo. Isso pode ser feito de forma bastante simplificada, ok? Pense sempre em qual atividade dá início ao processo e qual finaliza. Assim, fica mais fácil!

 

 

Preenchendo as demais características, obtemos então o SIPOC finalizado:

 

 

Outras ferramentas da etapa de DEFINIÇÃO do DMAIC

 

Além do SIPOC, existem outras ferramentas que podem ser usadas na etapa de definição de um projeto Six Sigma, na qual é definido o que se espera da implementação da metodologia. 

Assim, podemos usar alguns métodos para estabelecer o histórico do problema e definir os processos envolvidos com clareza, como:

 

  • Mapa de Raciocínio: é o documento que registra o raciocínio de condução do projeto Lean Seis Sigma.
     

  • Voz do Cliente (definição de CTQs): ferramenta que descreve as necessidades dos clientes internos ou externos sobre o produto/serviço entregue.
     

  • Contrato de Projeto – ou Project Charter: documento que formaliza o projeto Lean Seis Sigma e firma um acordo entre a equipe que o executa - o Belt e os gestores da empresa.

 

Se você quiser saber não apenas as ferramentas da etapa de definição, mas as que podem ser usadas em todas as outras quatro etapas do ciclo DMAIC, e como implementá-lo do início ao fim, recomendo a leitura do artigo:

 

 

Incrível, não é mesmo?

 

Viu só como fazer um SIPOC é algo simples e extremamente eficaz? Você consegue mapear seu processo de maneira objetiva e saber a entrada e saída de suas etapas de maneira rápida!

Quer saber o mais legal? Essa é apenas uma das ferramentas utilizadas na metodologia Seis Sigma! Existem muitas outras que nos ajudam a conduzir corretamente todas as etapas do método DMAIC!

Se você se interessou, é uma pessoa determinada, gosta de adquirir conhecimento e abrir possibilidades para sua carreira, a capacitação Green Belt é o melhor caminho para você!

Assim, você se tornará um profissional capaz de liderar projetos Lean Seis Sigma e alcançar grandes resultados na empresa que atua! Além disso, o profissional Green Belt disfruta de diversas oportunidades e sai na frente em processos seletivos. Então, não deixe de investir em você! 

 

 

Caso tenha ficado com alguma dúvida sobre o SIPOC, queira fazer alguma sugestão, ou apenas nos dar um feedback sobre o que achou do artigo, basta comentar aí embaixo que responderemos o mais rápido possível. ;)