Um dos meios eficientes para assegurar que a empresa tenha um desempenho satisfatório, é o uso contínuo dos sistemas de controles internos. Estes proporcionam segurança para a administração na busca que seus objetivos e metas estabelecido sejam atingidos.

Logo, seja qual for o processo, é importante que a empresa tenho meios de controlá-los, que variam de acordo com a complexidade dos mesmos.

O principal objetivo da planilha é possibilitar um controle quanto aos treinamentos recebidos pelas equipes da empresa, e assim, indiretamente, o nível de desenvolvimento das mesmas.

 

 

Veja na vídeo-aula abaixo o funcionamento da planilha:

 

Cadastro

 

A primeira aba de cadastro servirá apenas para cadastrar as informações quanto aos departamentos existentes na empresa, e os tipos de treinamentos que são comumente realizados pela mesma.

 

 

Controle

 

A aba de controle pode ser considerada a aba mais importante da planilha, pois na mesma serão registradas todas as movimentações dos veículos em determinado período, bem como demais informações e acompanhamento sobre os mesmos.

  • Treinamento: Preencher com o nome do treinamento realizado;

  • Descrição: Descrever o treinamento, por exemplo, com o objetivo principal do mesmo;

  • Tipo: Indicar o tipo de treinamento, conforme aba anterior. Ex.: Presencial, Teórico, Prático;

  • Status: Selecionar o status atual do mesmo;

  • Departamento: Selecionar o departamento que realizou o curso, conforme aba anterior;

  • Carga horária: Indicar a carga horária, em horas;

  • Número de participantes: Indicar o número de funcionários que realizaram o curso;

  • Valor: Valor pago pelo treinamento;

  • Nível de aproveitamento: Indicar, de 0-100%, o nível de aproveitamento do curso pela equipe.

 

 

Relatório

 

Por fim, a aba Relatório, como o próprio nome diz, objetiva apresentar um relatório geral dos registros quanto aos treinamentos realizados, e assim possibilitar uma análise superficial do nível de satisfação, treinamentos por departamento e status gerais .

O primeiro indicador é uma tabela, que apresenta  a quantidade absoluta de treinamentos realizados, o valor total investido nos treinamentos, a média de satisfação obtida com os mesmos, e a quantidade de funcionários que realizaram treinamentos; este último pode ser maior que a quantidade de funcionários, caso um funcionário tenha feito mais de um treinamento.

 

 

O gráfico seguinte é  especificamente sobre os investimentos em treinamentos. Mostra os investimentos totais em treinamentos, a média paga por treinamento, e o valor investido por funcinário para sua capacitação via treinamentos realizados.

 

 

Ainda será possível verificar uma separação dos valores investidos em treinamentos, de acordo com os departamentos da empresa. 

 

 

O gráfico de pizza indica a porcentagem relativa dos treinamentos de acordo com os status. Como no exemplo a seguir, 40% dos cursos iniciados, foram concluídos; 20% foram cancelado, 20% estão em andamento e outros 20% estão agendados para serem realizados.

 

 

Por fim, o outro gráfico de pizza indica a porcentagem relativa dos treinamentos de acordo com os tipos. Como no exemplo a seguir, 40% dos cursos iniciados, foram presenciais prático; 20% foi presencial teórico, 20% à distância prático e outros 20% à distância teórico.