De acordo com a Forbes, existem mais brasileiros investindo em bitcoins do que em ações da bolsa de valores. É por isso que as exchanges (ou corretoras) têm aumentado e se tornado muito populares no Brasil.

Você não sabe o que é exchange? Fique tranquilo porque nesse artigo você vai conhecer:

  • O que é exchange?
  • As principais exchanges do mercado.
  • Como escolher a corretora ideal?

Se prepare para descobrir um pouco mais sobre o mundo das criptomoedas! Siga a leitura.

 

O que é exchange?

 

A exchange de criptomoedas é uma corretora na qual ocorre o câmbio e a venda de criptomoedas como o bitcoin, o ether e o ripple. Além disso, é possível a compra e venda de ativos, como tokens e ICOs, dentro de exchanges.

Elas são o lugar certo caso você queira investir seu dinheiro em criptomoedas.

Espera, você não sabe como investir? Não se preocupe, porque temos a solução! No nosso curso de fundamentos essenciais da gestão financeira, você desenvolve algumas noções de contabilidade e aprende conceitos importantes como o valor do dinheiro com o tempo.

Esses conhecimentos são os primeiros passos para você entrar no mercado financeiro. Então, aproveite esse curso incrível. Basta clicar no botão abaixo e se inscrever!

Curso de fundamentos essenciais de gestão financeira

Agora que você entendeu o que é exchange, continue lendo o texto e conheça as principais exchanges para você investir.

 

As 7 principais exchanges do Brasil

 

Existem exchanges na maioria dos países e também existem as corretoras descentralizadas (conhecidas como exchanges p2p) que não estão associadas a país algum.

A lista a seguir possui as 7 principais exchanges brasileiras. Confira:

 

1. Foxbit

 

A Foxbit é uma das exchanges mais populares. Ela negocia o bitcoin, o ripple, o ether e o litecoin. A plataforma possui mais de 650 mil pessoas cadastradas e já está há 5 anos no mercado.

 

2. NovaDAX

 

A NovaDAX também é muito famosa. A corretora já negociou mais de R$ 16 bilhões!

Ela possui um sistema de indique e ganhe: você indica a plataforma para um amigo e, caso ele se cadastre e invista um valor mínimo de R$ 100,00, ambos ganham R$ 10,00.

 

3. BitcoinToYou

 

Essa é a primeira exchange criada no Brasil, lá em 2010. Fundada por André Horta que já trabalhou com sistemas de informação para empresas como a Vale, a Usiminas e a Fiat.

A BitcoinToYou têm aproximadamente 400 mil usuários e permite o câmbio de bitcoin com outras criptomoedas.

 

4. Mercado do Bitcoin

 

Na exchange Mercado do Bitcoin, além das operações com moedas digitais, é possível adquirir ativos reais como consórcios veiculares.

Negociar no Mercado do Bitcoin é bastante simples: criando a conta e fazendo um investimento mínimo de R$ 50,00, você já pode sair adquirindo suas frações de criptomoedas.

 

5. BitcoinTrade

 

Cada exchange possui um foco além das operações de compra e venda.

O foco da BitcoinTrade está em mostrar transparência e garantir segurança aos usuários. A BitcoinTrade possui um sistema de proteção 2FA, ou seja, uma etapa de segurança com 2 fatores de autenticação.

Além disso, é a primeira exchange a possuir a certificação PCI DSS nível 2. Esse certificado garante que a corretora atende aos padrões de segurança de dados dos seus usuários.

 

6. BitPreço

 

A exchange BitPreço utiliza o cartão Visa Alterbank para tornar o bitcoin mais próximo do mundo real.

Dessa forma, você pode ir ao shopping utilizando seu cartão de crédito para poder comprar com bitcoins e ter a experiência com a qual já está acostumado. Legal, não é mesmo?

 

7. Braziliex

 

A exchange com o nome mais abrasileirado dessa lista!

A Braziliex possui estratégias para incentivar os usuários a investirem cada vez mais em criptomoedas. À medida que o volume de investimento aumenta, as taxas diminuem.

Ela também oferece um sistema pelo qual empresas e lojas podem aceitar pagamentos em bitcoin: o Braziliex Pay.

Perfeito! Conhecendo as principais exchanges do nosso país, tudo o que você precisa fazer agora é saber como escolher a corretora adequada, caso queira adquirir alguns criptodinheiros.

É isso que você vai aprender no tópico a seguir. Desça a página mais um pouco!

 

Como escolher a exchange ideal?

 

Quando entrar na página de uma exchange, existem algumas informações as quais você precisa saber para escolher a corretora apropriada de acordo com suas necessidades e gostos.

 

Segurança

Confira com quais métodos de verificação a exchange trabalha, pesquise algumas informações sobre eles e sobre a experiência que outros usuários tiveram.

 

Volume de transações

O volume de transação é um índice indireto de confiabilidade. Quanto mais pessoas utilizando uma exchange, mais segura ela pode ser. Certo?

É extremamente importante buscar esse tipo de informação em fontes que não estejam associadas às exchanges que você está pesquisando.

 

Métodos de pagamento

Confira quais são as formas de pagamento que a exchange oferece para você utilizar suas criptomoedas. Algumas utilizam cartões, QR Code, transferência e PayPal. Escolha a forma que você esteja mais familiarizado.

 

Taxas

As exchanges lucram com as transações que são feitas dentro das suas plataformas. Verifique com cuidado quais são as taxas são aplicadas e em quais tipos de operações.

Já vou logo avisando que ao tentar entender essas taxas, você encontra muitas siglas como ROI, ROA e ROE e, francamente, pode ser difícil lidar com as informações sobre as taxas da exchange sem compreender o que essas siglas (e outras) significam.

Então é muito importante que você adquira habilidades e conhecimentos sobre investimentos antes de entrar nessa atividade e nas exchanges.

Por isso, preparamos um curso de gestão financeira e análise de investimentos no qual, além de conhecer os principais indicadores financeiros, você aprende um método passo a passo para analisar ações.

Achou interessante? Clique no botão abaixo e confira tudo o que você pode aprender!

Curso de gestão financeira e análise de investimentos