ANIVERSÁRIO VOITTO

A MAIOR OFERTA DO ANO! TODO SITE COM ATÉ50% OFF

O que é a logística reversa?
Como a logística reversa funciona?
Etapas do processo de logística reversa
Quero aprender mais sobre sustentabilidade e outros pilares!

O que é a logística reversa e por que ela é tão importante para o meio ambiente?

Veja o que é logística reversa e porque esse processo é tão importante para manter o ciclo produtivo de forma saudável e sustentável.

Thiago Coutinho
Por: Thiago Coutinho
O que é a logística reversa e por que ela é tão importante para o meio ambiente?

Com o aumento crescente dado a temas importantes como ecofriendly e ESG, a logística reversase torna um processo essencial para todas as empresas que desejam contribuir com o cuidado ao meio ambiente.

Estando caracterizada por lei, na Política Nacional de Resíduos Sólidos, fica claro que a logística reversatende a ganhar cada vez mais relevância no planejamento estratégico das empresas no geral.

Afinal, com o avanço acelerado do desenvolvimento tecnológico, que vem acompanhado de fenômenos como a logística 4.0, colaborar com a preservação do meio ambiente é fundamental para qualquer empresa que deseje prosperar no longo prazo.

Assim, se você deseja entender melhor a logística reversa, bem como os conceitos que a permeiam, não deixe de acompanhar os tópicos abaixo até o final:

●      O que é a logística reversa?

●     Como a logística reversa funciona?

●     Etapas do processo de logística reversa.

 O que é a logística reversa?

De acordo com a Lei Federal Nº 12.305/2010, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), logística reversaé um instrumento de desenvolvimento econômico e social caracterizado por uma série de condutas e atitudes que visam:

“[...] viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial, para reaproveitamento, em seu ciclo ou em outros ciclos produtivos, ou outra destinação final ambientalmente adequada; “

Ou seja, como sugere o nome, a logística reversatrata de cuidar dos resíduos gerados após o término do ciclo de vida de um produto, se preocupando com o gerenciamento (logístico) do mesmo.

Como será discutido ao longo deste artigo, a PNRS estabelece, ainda, que a responsabilidade de garantir a logística reversaé de todos envolvidos com o produto, desde o consumidor e o poder público, até mesmo os importadores, distribuidores e fabricantes.

Assim, todos os conceitos ambientais que se relacionam com o risco de escassez de recursos naturais, e com o tripé da sustentabilidade como um todo, se relacionam no fim com a logística reversa, que chega para completar o ciclo sustentável.

Apesar de parecer um conceito novo e até complexo, a essência da logística reversaé garantir que o descarte de resíduos termine de forma adequada ao meio ambiente, objetivo em comum com os sistemas já conhecidos que promovem a reciclagem, reuso ou tratamento dos resíduos.

Dessa forma, ao empregar estratégias como o Lean Manufacturing, que se baseia na filosofia de uma prática “enxuta”, se facilita todo o processo de logística inversa pelo simples fato de se produzir menos resíduos.


A sua empresa não está tendo uma boa performance quando se trata da área de entregas e logística?

Para que uma empresa tenha um desempenho satisfatório, faz-se o uso contínuo dos sistemas de controles internos. São estes que proporcionam segurança para a administração na busca que seus objetivos e metas estabelecido sejam atingidos.

Logo, seja qual for o processo, é importante que a empresa tenha meios de controlá-lo, variando de acordo com a complexidade do mesmo.

Para te ajudar nesta tarefa, queremos oferecer nossa planilha de Controle de Entregas Logísticas! Está esperando o que? Baixe agora clicando no botão abaixo!

Planilha de controle de entregas logísticas

Como a logística reversa funciona?

Em uma logística reversa adequada, as empresas devem garantir que os resíduos gerados pelo seus produtos ou serviços recebam um destino adequado.

Assim, devem ser estabelecidos planos para o tratamento de resíduos em qualquer etapa produtiva que eles possam vir a se apresentar, seja por problemas na cadeia de suprimentos, ou até quando o produto de um cliente já tiver oferecido todo o seu tempo de vida útil.

Por isso, é importante para um bom funcionamento da logística reversaque todos os agentes envolvidos no processo se comprometam a realizar a sua parte, incluindo a empresa fabricante, quaisquer intermediários ou fornecedores e o consumidor final.

Desse modo, cabe ao cliente descartar corretamente o produto que não será mais utilizado e cabe às empresas fornecerem ambientes adequados para que os consumidores possam descartar os resíduos (como pontos de coleta).

Por fim, ainda que o tratamento de lixo oferecido pelo governo normalmente não contribua efetivamente com a logística reversa, é possível que o mesmo estabeleça planos de coleta seletiva para reciclagem ou ao menos para descarte mais adequado.

É possível ainda que o governo busque estabelecer acordos com as empresas, incentivando e ajudando as mesmas a garantir a logística reversa, ou até por meio de políticas ambientais, como a PNRS.

Etapas do processo de logística reversa

Como foi explicado, o processo de logística reversadeve incluir qualquer fase em que o produto virou resíduo e precisou ser descartado, seja ao fim natural do seu ciclo de vida, seja por algum defeito.

Assim, as 3 etapas que envolvem a logística reversa estão relacionadas com as 3 formas possíveis de se gerar resíduos por parte do cliente (novamente, para a efetividade destas etapas é necessário a cooperação de, no mínimo, 2 agentes).

Então, confira abaixo as etapas do processo de logística reversa:

Devolução da embalagem pelo consumidor

Relacionado com o pós-consumo, o objetivo aqui é garantir um destino adequado e ambientalmente sustentável para o produto que, após utilizado pelo consumidor, encerrou o seu ciclo de vida útil.

Assim, ao disponibilizar embalagens retornáveis, por exemplo, a empresa não só incentiva o cliente a uma nova compra, como ainda garante que a logística reversa seja garantida, renovando o ciclo produtivo.

Entrega ao fabricante

Mais relacionado agora à pós-venda, na qual o cliente, por alguma razão, não chegou a utilizar o produto. O objetivo aqui é reinserir o produto de volta ao mercado (às vezes sendo necessário passar novamente por alguma etapa da cadeia produtiva).

Nesse sentido, ao ser incentivado a retornar ao fabricante produtos indesejados, a empresa não só garante um melhor controle de entregas logísticas, ajudando a obter insights de como melhorar, como ainda contribui para a logística reversa e coloca de volta no mercado um produto que iria para o lixo.

Reciclagem e Reutilização

Por último, há o caso em que o cliente quer passar adiante um produto que ainda está em condições de uso, evitando que uma mercadoria funcional seja descartada como resíduo.

Nesse caso, a empresa pode contribuir com a manutenção de um sistema de reciclagem e reutilização a partir da criação de oportunidades, como leilões, em que os clientes possam achar compradores ou até mesmo outras pessoas dispostas a aceitar o produto como doação.

Produtos de setores distintos possuem um sistema de logística reversanatural diferente, sendo mais favoráveis a alguma das etapas citadas, por isso, o mais importante é a integração entre os agentes, e adaptação para a forma mais eficiente de tornar o ciclo de vida do produto sustentável.

Quero aprender mais sobre sustentabilidade e outros pilares!

Hoje, estar capacitado na metodologia World Class Manufacturing (WCM) tem se tornado um pré-requisito para os profissionais da indústria 4.0!

E para te ajudar a alcançar uma posição de destaque, oferecemos para você nossa Formação de Especialistas em World Class Manufacturing.

Nosso pacote contempla 14 cursos, iniciando com conhecimentos básicos para compreensão da abordagem WCM em uma organização, passando pelo aprofundamento dos conceitos dentro de áreas vitais em uma organização, representadas pelos pilares do WCM.

Está esperando o que? Não perca tempo! Clique na imagem abaixo e se inscreva na capacitação que te tornará capaz de entender e aplicar uma metodologia utilizada por gigantes como Fiat, Whirlpool, Unilever e muitas outras. Torne-se um profissional de alto nível!

Formação Especialista em WCM - Word Class Manufacturing

Thiago Coutinho

Thiago Coutinho

Thiago é formado em Engenharia de Produção, pós-graduado em estatística e mestre em administração pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Black Belt em Lean Six Sigma, trabalhou com metodologias para redução de custos e otimização de processos na Votorantim Metais, ingressando posteriormente na MRS Logística como trainee, onde ocupou posições de gestor e especialista em melhoria contínua. Com certificação Microsoft Office Specialist (MOS®) e Auditor Lead Assessor ISO 9001, atendeu a diversas empresas em projetos de consultoria, além de treinamentos e palestras relacionadas a Lean Seis Sigma, Carreira e Empreendedorismo em congressos de renome nacional como o ENEGEP (Encontro Nacional de Engenharia de Produção) e internacional como Congresso Internacional Six Sigma Brasil. No ambiente acadêmico atua como professor de cursos de Graduação e Especialização nas áreas de Gestão e Empreendedorismo. Empreendedor serial, teve a oportunidade de participar de empreendimentos em diversos segmentos. Fundador do Grupo Voitto, foi selecionado no Programa Promessas Endeavor, tendo a oportunidade de receber valiosas mentorias para aceleração de seus negócios. Atualmente é mentor de empresas e se dedica à frente executiva da Voitto, carregando com seu time a visão de ser a maior e melhor escola on-line de gestão do Brasil.

Clique aqui e faça o download!

QUER RECEBER CONTEÚDO VIP?

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Respeitamos sua privacidade e nunca enviaremos spam!

voitto.com.br

© Copyright 2008 - 2024 Grupo Voitto - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Controle De Entregas Logisticas

Para baixar o material, preencha os campos abaixo:

Possui graduação completa?

Concordo em receber comunicações de acordo com a Política de Privacidade.