Provavelmente você conhece alguém ou já passou pela situação de ter que apresentar um trabalho com aquele friozinho na barriga. Algumas pessoas suam frio e outras chegam a ter problemas gastrointestinais ao precisar fazer uso da comunicação verbal em público.

Situações como essa podem atrapalhar a vida de uma pessoa, não é mesmo? Saber se comunicar bem e passar o conteúdo que você precisa de forma clara é essencial para ter sucesso tanto na vida profissional quanto pessoal.

A comunicação é constituída pela linguagem verbal e não verbal, sendo que a linguagem não verbal abrange 55% da nossa comunicação. Contudo, a comunicação verbal ainda é indispensável para passar informações e estabelecer relações interpessoais.

Logo, se a sua intenção é melhorar a sua comunicação verbal ou conhecer mais sobre esse assunto, leia esse texto. Nós vamos te passar dicas importante sobre essa área de conhecimento. Nesse artigo você aprenderá:

  • O que é comunicação verbal?
  • Comunicação verbal escrita
  • Comunicação verbal oral
  • Elementos da comunicação verbal

 

O que é comunicação verbal?

 

A comunicação verbal faz menção a tudo aquilo que é transmitido através das palavras, seja na forma falada ou escrita.

Você já deve ter escutado que a oratória é uma das habilidades mais requisitadas no mercado de trabalho, certo? Em diversas situações precisamos trocar informações e, para isso, é importante conhecer os elementos da comunicação verbal para transmitir a mensagem certa.

Mas você tinha ciência que, em ambientes profissionais, uma comunicação inadequada poderá até trazer riscos para sua imagem na organização?

Portanto, uma dica é investir e potencializar uma visão positiva sua na empresa em que trabalha. Pensando nisso, a Voitto traz o Workshop Personal Branding como uma forma de dar destaque à sua marca pessoal e profissional!

Inscreva-se e melhore já seu Personal Branding!

Workshop Personal Branding

 

Comunicação verbal escrita

 

Toda informação passada através de meios como jornais, revistas e aplicativos de mensagem abrange a comunicação verbal escrita.

A comunicação escrita exige muita atenção, visto que o receptor da mensagem não está presente no momento da escrita. Dessa maneira, é indispensável ao emissor da mensagem o conhecimento das regras de ortografia e sinais de pontuação para a melhor compreensão da mensagem.

O canal de comunicação entre emissor e receptor deve não ser ambíguo para que a mensagem chegue.

Afinal, uma frase com pontuação errada pode ganhar outro sentido. Veja o exemplo de ruído na comunicação escrita abaixo:

 

Ruído na comunicação escrita

 

No caso da mensagem que essa mãe enviou, ela provavelmente queria dizer para a filha não ingerir bebidas alcoólicas. Todavia, a pontuação errada deu um outro contexto à frase.

Uma outra situação muito comum no meio da comunicação verbal escrita é a suposição do "estado de espírito" de quem envia a mensagem. Assim, se alguém próximo a você te manda apenas “Oi “ é normal você achar que tenha algo errado.

Mas, se a pessoa envia um “Oi fulano, tudo bem? :)” As chances de você pensar que há algo de errado é muito menor.

Percebeu a mudança de entendimento de quem recebe a mensagem? Por isso, é importante que você aprenda a como transmitir mensagens de forma mais efetiva!

 

Comunicação verbal oral

 

A comunicação oral, também chamada de comunicação falada, compreende o conteúdo que você transmite através da sua fala.

Contudo, se a sua intenção é gerar um conteúdo rico e que cative a atenção de quem está ouvindo, é necessário utilizar mais do que apenas palavras.

Até porque uma pessoa pode ter um nível intelectual muito bem desenvolvido, mas se ela não sabe como se expressar, a comunicação verbal pode atrapalhar o seu desenvolvimento pessoal e profissional.

E então, você quer saber como ter uma boa comunicação verbal?

O primeiro passo é aprender quais são os elementos da comunicação verbal oral que podem lhe ajudar a se expressar melhor. 

 

Elementos da comunicação verbal

 

Você já se perguntou como é constituída a comunicação? Segundo os estudiosos deste tipo de linguagem, a comunicação verbal é dividida em quatro elementos que são necessários para que uma pessoa fale bem em público.:

1. Entonação

2. Ritmo

3. Dicção

4. Ênfase

 

Entonação

A entonação é como a melodia de uma música. Provavelmente, você já percebeu como duas palavras podem ganhar sentidos diferentes dentro de uma canção se a mesma for romântica ou agitada.

A fala também funciona dessa forma, pois a maneira que você lê ou fala uma palavra é o que diferencia o significado dela.

Logo, é importante que você passe emoção, honestidade e sinceridade na sua fala, mas sem exageros ou monotonia.

O ideal é que você encaixe o seu tom de voz na situação em que se encontra. Se você precisa repreender alguém, é necessário fazer isso com mais seriedade, sem brincadeiras.

Mas, se vai apresentar um trabalho, é aconselhável que você faça isso de uma forma agradável, a fim de mostrar para as pessoas o quão interessante é o assunto em questão. Torne a comunicação envolvente para seu público!

Ao falar sobre um assunto, tente imaginar a situação por trás da mensagem . Esta é uma forma de como melhorar a voz para falar. Por exemplo, em uma apresentação de projeto para tentar ser promovido você não deve usar uma entonação baixa, pois isso pode afetar sua credibilidade. Posicione-se de forma confiante e fale com entonação mais elevada.

 

Ritmo

Bateu aquele nervosismo na hora de se apresentar e você começou a falar tudo muito rápido para terminar a apresentação? Ou o medo de esquecer algum item e “tropeçar“ nas palavras fez com que você falasse demasiadamente devagar?

Você se identificou com algum dos exemplos citados acima? Se sim, isso não é um bom sinal. A fala muito acelerada faz com que você perca a voz e a pessoa que está te ouvindo fique cansada. Já a fala excessivamente pausada, não prende o interesse do público, causando desinteresse no público ouvinte.

Para melhorar a sua apresentação, é necessário que as palavras ganhem um ritmo mais constante. Logo, é fundamental que você saiba o momento correto de utilizar a pausa. A pausa é responsável por te ajudar a manter o ritmo, melhorar a sua dicção, aumentar a compreensão do público e proporcionar mais lógica e elegância ao seu discurso.

Portanto, faça pausas curtas, sem dar tempo para o outro desviar o olhar. Lembre-se que você deve articular a sua voz e chamar atenção das outras pessoas para a sua fala.

Esta é uma das dicas de melhorar a fala. Uma aplicação dessa dica é quando chega na parte do clímax de sua fala e você quer fazer um suspense antes de revelar algo.

Nesse caso, você faz uma pausa, com pouco mais de tempo, para que público foque atenção e interesse no que você falará a seguir.

 

Dicção

A dicção é um dos elemento mais importantes na comunicação verbal, visto que é a parte da sua linguagem responsável por articular as palavras de forma clara e compreensiva.

Muitas vezes a falta de desenvoltura com as palavras é um problema na fala - relacionada a dicção - que as pessoas carregam desde a infância. Há muitos adultos que costumam trocar a letra "r" pela "l" ou "falam para dentro".

Se você está se perguntando “Como melhorar a dicção?”, saiba que uma forma de tratamento muito eficiente é com os profissionais de fonoaudiologia.

Curiosidade: Você tinha a percepção que saber articular as palavras pode mudar até mesmo o jeito com que as pessoas te tratam? Quando você fala de uma maneira clara, as pessoas têm mais interesse em prestar atenção em você :)

Interessadx em saber como ter uma boa dicção verbal? Que tal fazer um exercício de dicção para potencializar a sua comunicação? Um dos exercícios é falar trava-línguasÉ algo bem simples, basta que você coloque uma caneta na boca e repita 5 vezes a frase abaixo:

“Comprei poucas capas pretas plásticas perto da praça Petrópolis.”

Viu como que a caneta faz com que você comece a articular melhor suas palavras? Agora, procure fazer o mesmo exercício sem a caneta na boca e veja como a sua dicção pode melhorar. Esta é uma técnica de dicção através de um modelo de mini texto para melhorar a fala.

 

Ênfase

A ênfase faz toda a diferença no seu discurso. Junto com a entonação, esse elemento faz com que o público entenda melhor a sua intenção com uma determinada mensagem.

Se você quer ressaltar pontos positivos ou negativos de uma determinada situação, utilize a ênfase. Dessa maneira, as pessoas terão maior facilidade de absorver o que foi proposto.

Ah, e lembre-se que a comunicação não-verbal é um elemento complementar à comunicação verbal, ok? Se você tem interesse em saber o que é comunicação verbal e não-verbal, como o corpo fala a linguagem silenciosa da comunicação não verbal e qual a diferença entre esses 2 tipos de comunicação, leia nossos outros artigos sobre o tema!

 

Quero me comunicar bem!

 

Se você já entendeu para que serve a comunicação verbal, que tal colocar as dicas desse artigo em prática e mudar a forma com que você conversa no seu dia a dia? Seja na hora de comprar um pão na padaria ou de apresentar um palestra, fale bem!

Através da comunicação verbal é possível se comunicar de maneira satisfatória, trocar informações e cativar a atenção das pessoas a sua volta!

Agora que você já sabe o que é comunicação verbal e está interessadx em como obter uma boa comunicação, que tal aprender mais sobre esse universo? Temos o Curso de Oratória e Técnicas de Apresentação, no qual você vai poder desenvolver suas habilidades de oratória e, ainda, ter melhores relações interpessoais.

Afinal, para desenvolver a arte de falar em público é necessário que a sua linguagem corporal e verbal caminhem de mãos dadas.

E então, estava querendo um curso para melhorar a comunicação verbal e aprender a como melhorar a comunicação com as pessoas? Inscreva-se abaixo!

 

Curso de Oratória e Técnicas de Apresentação

 

Gostou do nosso artigo? Deixe o seu feedback para a gente, queremos saber a sua opinião!