É muito provável que você já tenha ouvido a seguinte frase: “Não se vai para a guerra sem conhecer o inimigo”, não é mesmo? Pois bem, essa frase se encaixa muito bem quando se fala de folha de verificação, e você entenderá o motivo ao longo deste artigo.

Para você melhorar a qualidade, é necessário que se tenha uma base de dados confiável. Pois, com a análise dessas informações, você pode tentar achar a causa raiz de um problema e atuar sobre ela.

Para que se tenha sucesso nesse processo e na gestão da qualidade, é preciso utilizar as ferramentas certas! Neste artigo, você vai conhecer a folha de verificação, mas recomendo fortemente a leitura do nosso ebook com todas as 7 ferramentas da qualidade, assim você se capacita ainda mais!

 

 

Agora, vamos passar pelos pontos que você precisa saber a respeito de uma folha de verificação, desde a sua finalidade até algumas dicas valiosas que vão fazer toda a diferença quando você for utilizá-la! Vamos?  

 

O que é uma folha de verificação?

 


 

A folha de verificação é a ferramenta mais simples da qualidade. Basicamente, ela visa padronizar e organizar a coleta desses dados, podendo ser por meio de tabelas, planilhas ou quadros.

Como a folha de verificação já vêm com um formato pronto, com apenas as informações necessárias, economiza-se tempo e aumenta-se a produtividade da análise.

 

Quais os tipos de folha de verificação?

 

1 - Folha de verificação para a análise da distribuição de um item de controle

 

 

Esse primeiro tipo de folha de verificação é utilizado quando se quer conhecer e analisar a distribuição dos valores de um item de controle ou de interesse associado a um determinado processo.

Primeiramente, no cabeçalho da folha você deverá pôr os dados e informações sobre o processo, como a data, hora, estagio, produto e total inspecionado.

Já na parte inferior da folha de verificação, existem colunas que deverão ser preenchidas com as especificações dos pesos e suas variações.  

Com essas variações, você consegue verificar onde está acontecendo a maior incidência de problemas no processo e se ele está produzindo abaixo ou acima da média.

Como resultado, obtém-se outra ferramenta da qualidade, o histograma

 

2 - Folha de verificação de itens defeituoso

 

 

O segundo tipo de folha de verificação é utilizado quando você deseja saber quais os tipos de defeitos mais frequentes e o número de vezes em que as causas ocorrem.

Para construí-la, deve-se seguir os passos do tipo anterior. É extremamente necessário colocar todas as informações do cabeçalho, para que se tenha o controle de todo processo de produção.

Como resultado dessa folha de verificação, você tem informações para a construção de outra ferramenta da qualidade, o Gráfico de Pareto. Assim, você consegue identificar onde se encontra a maior índice de defeitos.

 

3 - Folha de verificação de identificação de causas de defeito

 

 

Esse tipo de folha de verificação é utilizado para relacionar as causas aos efeitos, ou seja, os dados das causas são dispostos de que forma que são facilmente relacionados aos efeitos, tornando mais fácil e clara a investigação dos defeitos observados dentro de um determinado processo.

Com isso, você pode se confundir, e achar que as folhas 2 e 3 são a mesma coisa. É aí que você se engana!

Essa folha de verificação tem como papel pegar os defeitos identificados pela folha anterior e procurar a causa desses defeitos, podendo assim cortar o mal pela raiz.

 

Dicas para utilizar a folha de verificação

 

 

1. Defina seus objetivos

2. Determine o tipo de folha de verificação

3. Construa um formulário claro

4. Conscientize as pessoas envolvidas no processo

5. Informe como, onde e quando será feita a coleta

6. Faça testes

 

Realmente, “não se deve ir à guerra sem conhecer o inimigo”!

 

 

Como falei ao longo desse artigo, antes de entrar em ação para resolver os problemas do processo, tem que fazer uma pesquisa, coletar dados sobre o processo com um todo, identificar a melhor forma de combatê-lo, e depois, entrar em ação!

Agora tudo faz sentido não é mesmo? A folha de verificação é a base do conhecimento de tudo, dos problemas, do “inimigo”, e, depois disso tudo coletado, se deve ir à guerra, lutar contra esses obstáculos, buscando sempre extingui-los.

 

Que tal conhecer as outras ferramentas de gestão?

 

Agora que você já conhece a folha de verificação, é hora de ampliar esse conhecimento!

E isso é muito fácil! É só você se inscrever e fazer o  curso online de Introdução ao Lean Manufacturing disponível em nossa plataforma online. E o melhor de tudo, ele é gratuito. Então, não perca essa oportunidade!