É comum convivermos com alguns problemas em nosso cotidiano, não é mesmo? Na rotina de empresas, isto não seria diferente. É natural percebermos erros em nossas organizações que devem ser corrigidos para um bom funcionamento dos processos.

Porém, quando o problema reaparece frequentemente, precisamos colocar na balança os gastos de tempo e dinheiro em retrabalhos. É comum começarmos a nos perguntar qual o motivo do reaparecimento destas falhas e, neste momento, não podemos mais considerá-las como espontâneas, afinal, elas acontecem por algum motivo.

Pensando nisso, foram criadas diversas ferramentas para auxiliar a gestão da qualidade, eliminar as causa dos problemas de forma bem sucedida e promover a melhoria contínua dentro de uma empresa. 

Uma das metodologias que foram elaboradas, com esse intuito, ficou conhecida como os cinco porquês. Apesar de parecer muito simples, sem ela, muitos caminhos importantes são negligenciados na solução de problemas. 

Além de aprender o que é e como usar o método dos “5 porquês”, não deixe de conferir o Ebook com as 7 ferramentas da qualidade. Afinal, uma boa gestão deve combinar diferentes metodologias para torná-la o mais eficiente possível! 

 

 

Agora, vamos ao que interessa! É hora de entender o que é o tal dos “5 porquês”. 

 

5 porquês: por que é tão importante?

 

 

A prática de analisar os porquê dos erros acontecerem é essencial para compreendermos como resolvê-los. A maioria das empresas atua apenas em cima dos efeitos gerados pelo erro, mas não preocupa-se ou tenta compreender a necessidade de uma análise rotineira inserida dentro de suas culturas organizacionais.

Ou seja, entender a causa raiz dos problemas dentro de um ambiente empresarial ajuda a realmente solucioná-los de maneira eficaz. Assim, ao invés de simplesmente gerarmos uma solução paliativa ou sanarmos um sintoma, a não conformidade pode ser resolvida de fato. Consequentemente, você evita que o problema apareça mais vezes.

Para compreender melhor como colocar em prática esta rotina, quero te apresentar o método dos 5 Porquês - esta é uma das ferramentas que pode auxiliá-lo na análise da causa raiz dos problemas em sua empresa!

Os 5 porquês são muito utilizados para problemas mais simples no dia a dia, com causas diretas. O método pode ser aplicado a qualquer momento, sem que haja a necessidade de análises estatísticas. 

Além disso, a própria equipe responsável pelo processo é capaz de utilizá-la, gerando resultados muito positivos. 

Outra ferramenta com objetivo semelhante é o Diagrama de Ishikawa, que busca relacionar causa e efeito. Essa opção pode ser mais interessante para problemas que possuem múltiplas causas. Caso tenha interesse em saber mais, confira o artigo Diagrama de Ishikawa: conheça essa ferramenta da qualidade!

 

5 Porquês: o que é?

 

 

A ferramenta dos 5 Porquês consiste em perguntar cinco vezes ‘Por quê?”: você irá começar indagando a razão do problema em questão acontecer e, a seguir, continuará perguntando ‘por quê?’, sempre o relacionando à resposta anterior. Desta maneira, ao invés de perceber e tratar os reflexos de seu problema, você conseguirá determinar sua real causa raiz.  

A técnica ‘Os 5 porquês’ auxilia efetivamente a estruturação de soluções para falhas das mais complexas. A utilização deste método pode potencializar os resultados de sua organização, ao passo que reduzirá os retrabalhos e aumentará a competência no tratamento de anomalias. Sua implementação e aplicação é simples, rápida e altamente eficiente.

 

De onde surgiram os 5 porquês?
 

‘Os 5 Porquês’ foram elaborados por Taiichi Ohno, pai do Sistema Toyota de Produção.  Para ele, nada impede que mais  - ou menos - do que 5 perguntas sejam feitas. Este número veio de sua observação por costumar ser o suficiente para se chegar à causa raiz.

Vale ressaltar, que o número 5, segundo estudos de Ono costuma ser suficiente para chegar a causa raiz, mas nada impede, que mais (ou menos) do que 5 perguntas sejam feitas. Problemas mais complexos costumam demandar mais perguntas.

 

Taiichi Ohno definiu, também, algumas etapas ao aplicar os  5 ‘Porquês’

 

  • você determina o que houve; 

  • em seguida, o porquê de ter acontecido e, 

  • por fim, descobre o que pode ser feito para reduzir as chances de acontecer novamente.

 

Geralmente, quando somos questionados sobre o motivo de um problema, costumamos logo culpar alguma coisa ou alguém, ao contrário de refletir e, realmente, procurar sua causa.  Esta técnica vem, justamente, para mudar esta lógica, transformando a maneira como lidamos com falhas.

 

Quando utilizar os 5 porquês?

 

  • Preferencialmente, em problemas mais simples ou de complexidade moderada;

  • Em diversas áreas: marketing, qualidade, operações, RH, entre outras;

  • Quando se deseja encontrar a causa raiz de um problema de forma rápida e sem grandes esforços;

  • Quando se deseja reduzir desperdícios; e

  • Ao implementar a metodologia Seis Sigma ou Lean Manufacturing

 

Lembre-se que a ferramenta 5 porquês é muito flexível e atende uma enorme variedade de situações e negócios, então, não tenha medo de testá-la!

 

5 Porquês - Exemplo  

 

Problema: indústria não está conseguindo entregar os pedidos em carteira dentro do prazo. 

 

Por que a empresa não está conseguindo atender aos prazos? Porque o lead time de produção está alto. 

Por que o lead time está alto? Porque há um alto índice de retrabalho.

Por que há um alto índice de retrabalho? Porque a máquina está gerando defeitos. 

Por que a máquina está gerando defeitos? Porque não foi programada da forma correta.

Por que a máquina não foi programada da forma correta? Porque o funcionário não foi instruído sobre como fazer a programação. 

 

Pronto! Aí está a causa do problema! 

Viu como é fácil resolver esse problema com o uso dos 5 porquês? Basta realizar um treinamento com os funcionários!

 

Que tal conhecer as outras ferramentas de gestão?

 

Agora que você já conhece o que é o método dos “5 porquês” e como usá-lo , é hora de ampliar esse conhecimento!

E isso é muito fácil! É só você se inscrever e fazer o  curso online de Introdução ao Lean Manufacturing disponível em nossa plataforma online. Nele você encontra os meios necessários para implementar uma produção enxuta, livre de desperdícios e custos desnecessários. 

Obter uma certificação como essa com certeza vai fazer você se destacar no mercado de trabalho e colher grandes resultados! 

Ah! E o melhor de tudo é que ele é gratuito! Então, não perca essa oportunidade!

 

 

Caso deseje saber ainda mais sobre os 5 porquês, sugiro a leitura do Ebook abaixo: