Em cenário de crise, redução da demanda e aumento de concorrência, investir em inovação e aumento de produtividade são estratégias vitais para o sucesso das organizações.


Nesse contexto, o Lean Seis Sigma vem se mostrando uma ferramenta importante na condução de negócios, auxiliando empresas a se tornarem mais eficientes, buscando a redução dos custos e otimização dos seus processosSeu principal objetivo é proporcionar ganhos financeiros para empresas por meio da melhoria de processos existentes. Para isto usa-se um método estruturado e quantitativo conhecido como Método DMAIC.

 

Mas afinal de contas, o que significa Seis Sigma?

 

Muito se fala sobre a metodologia que foca em ser excelente no que se faz, mas poucos conseguem explicar claramente o que significa. De fato existem várias interpretações e perspectivas, mas vamos ater a duas das quais julgamos serem mais adequadas:

 

Seis Sigma é uma Filosofia de Gestão

A maneira de estimular todos colaboradores a melhorar processos e otimizar resultados, criando uma cultura de melhoria contínua.
Uma forma de alinhar as diretrizes estratégicas e traduzi-las em indicadores para monitoramento e otimização de resultados.

 

Seis Sigma é um Referencial de Qualidade.

Estatisticamente, o sigma (σ) é uma letra do alfabeto grego que representa uma medida de variação: mede o afastamento em relação a um valor central.
O 6 σ é uma referência de performance que representa um nível de precisão que tolera no máximo 3,4 defeitos* por milhão de oportunidades.
Desta forma várias empresas utilizam como referencial comparativo (benchmark) para análise e melhoria dos seus processos internos.
*Um defeito neste contexto é definido como a não conformidade de um produto ou serviço com suas especificações.

 

E por que essa metodologia ficou famosa?

 

Seis Sigma ajuda empresas a cumprir com sua razão de existir: gerar lucratividade com sustentabilidade.

Sua popularização deve-se a sua implantação na GE – General Electric – liderada pelo então CEO Jack Welch (considerado por muitos o maior executivo do século XX).
Com aproximadamente 6.000 projetos, a GE obteve economias com a implantação do Seis Sigma de US$1,5 bilhão até 1999, melhorando a sua margem operacional de 14,8% em 1996 para 18,9% em 2000. A partir do sucesso da GE, as maiores empresas globais iniciam processo de implementação do Programa Seis Sigma.

Atualmente, observa-se uma grande evolução e dinamização do Seis Sigma em diversas empresas e segmentos, usando a metodologia em serviços como hospitais, empresas de telecomunicações, instituições governamentais, bancos, entre outras. Em alguns casos a marca Seis Sigma é usada para atrair novos negócios e/ou fidelizar clientes. Observa-se progressivamente o uso do Seis Sigma dentro do Sistema de Gestão das Empresas, alinhado à estratégia organizacional.

 

Mas como isso funciona na prática?

 

1º - O primeiro passo é a capacitação dos colaboradores para se tornarem capazes de liderar um projeto de melhoria (Yellow/Green/Black e Master Black Belts).

2º - Posteriormente a empresa deve identificar as principais necessidades e oportunidades de melhoria, sempre alinhados com as diretrizes estratégicas da organização.

3º - Quando se identifica um processo com alta variabilidade, que tenha impacto significativo sobre a satisfação do cliente, com solução desconhecida e que gere um retorno financeiro, pode ser criado o projeto Seis Sigma.

Para este projeto é formada uma equipe com responsabilidades claramente definidas. Esta equipe irá utilizar a metodologia DMAIC  em busca da redução de variabilidade e atingir o nível 6 σ.
Em geral, a duração de um projeto é em torno de 4 a 6 meses, dependendo de sua complexidade.

 

 

 

As ferramentas adotadas pela metodologia são em sua maioria as mesmas que têm sido utilizadas pelos sistemas de qualidade, com a grande diferença que a estrutura de um projeto Seis Sigma consegue potencializar o resultado, uma vez que os objetivos do projeto de melhoria estão alinhados com as metas financeiras da empresa.

 

Qual estrutura típica de implantação?

 

O Seis Sigma está relacionado com envolvimento de pessoas, para isto o treinamento é o ponto chave da metodologia.

Nele o conhecimento é classificado por faixas, como nas artes marciais:

♦ White Belts: atende profissionais do nível operacional, que são treinados nos fundamentos do Seis Sigma para executar ações de rotina, de forma a auxiliar os Yellow, Green e Black Belts no andamento de projetos Seis Sigma dentro da empresa.

Yellow Belts: profissionais do nível tático da empresa que são treinados nos fundamentos do Seis Sigma para que possam dar suporte aos Black Belts e Green Belts na implementação dos projetos. Com uma base teórica não aprofundada nos conceitos Seis Sigma, principalmente no que diz respeito ao conteúdo estatístico, os Yellow Belts auxiliam na utilização de ferramentas Seis Sigma no dia a dia da organização, podendo ser capazes de desenvolver pequenos projetos de melhoria em sua área de atuação.

Green Belts: em geral administradores e engenheiros a nível de supervisão e que dedicam parte de seu tempo (geralmente cerca de 20 a 30% do tempo) a atividades de melhoria contínua e execução de projetos Seis Sigma, respondendo hierarquicamente a seu superior imediato. 

♦ Black Belts: nível para profissionais com cargo efetivo na hierarquia da empresa, respondendo diretamente ou indiretamente ao Master Black Belt (MBB). Eles também estão ligados à área de gestão da organização e disponibiliza, preferencialmente, 100% de seu tempo ao programa Seis Sigma. Trabalha principalmente na execução e no monitoramento de projetos.

♦ Master Black Belt: é capacitado para direcionar as estratégias junto ao programa Seis Sigma em uma organização, dando suporte aos Green Belts e Black Belts e desenvolvendo competências e habilidades relacionadas à liderança, comunicação, condução de projetos e resultados da organização, bem como trazendo elementos com foco em gestão e negócios. Seu grande diferencial está na ênfase dada ao processo de identificação de projetos que serão responsáveis pela implementação da metodologia com sucesso.

♦ Equipe Seis Sigma: existe durante o período de desenvolvimento do projeto e é constituída de 5 a 7 elementos que são conhecedores profundos do processo que se quer melhorar . Os membros de uma equipe podem ser fixos durante todo o projeto ou pode haver elementos que participam por períodos curtos apenas quando se faz necessária a sua presença.

 

 

E esse processo de CERTIFICAÇÃO de especialistas? Como funciona?

 

O primeiro passo para a certificação é a capacitação acadêmica. Com o treinamento os participantes recebem certificado de participação no Treinamento de Green Belts ou Black Belts em Lean Seis Sigma e podem dar início ao desenvolvimento dos projetos.
Os  especialistas são profissionais que realizaram um treinamento e tiveram a oportunidade de liderar a execução de um projeto de melhoria utilizando os princípios Lean Seis Sigma.
Os candidatos podem submeter seu projeto Lean Seis Sigma e de acordo com os requisitos e padrões de certificação receber o título de Especialista Lean Seis Sigma Green Belt ou Especialista Lean Seis Sigma Black Belt.

 

   Especialista Lean Seis Sigma Green Belt ou Especialista Lean Seis Sigma Black Belt   

 

A Certificação coloca o profissional em um outro patamar no mercado de trabalho, pois comprova a execução de um projeto Seis Sigma e o alcance de resultados, mostrando que o profissional é capacitado numa metodologia reconhecida mundialmente, e que é cada vez mais valorizada no Brasil.

 

 

Interessante, mas o que eu ganho com isso?

 


Empregabilidade
Mercado em busca de profissionais capazes de reduzir custos e otimizar recursos.


Maiores Salários
ASQ em 2014 afirmou que um profissinal Seis Sigma ganha 12% + que outros profissionais do mesmo ramo.


Versatilidade de Atuação
O Seis Sigma permite atuação nas mais diversas empresas e setores.


Diferencial Curricular
Seu currículo passa a concorrer com as melhores oportunidades de trabalho.


Credibilidade
Seu currículo passa a concorrer com as melhores oportunidades de trabalho.

A certificação demonstra que o profissional está qualificado para lidar com situações complexas e pronto para resolvê-las, contribuindo para a melhoria do desempenho de sua organização.

 

 

Seis Sigma é para mim?

 

Para sua carreira:

 

Por que se especializar em Seis Sigma pode representar uma promoção e um diferencial no seu curriculo?

 

Uma pesquisa feita pela ASQ em 2014 afirmou que um profissional seis Sigma ganham 12% + que outros profissionais do mesmo ramo.

Em estudos recentes, pudemos perceber que a candidatos com certificação Black Belt possuem em média salarial entre 15-20% maior do que profissionais não certificados.

Isso é facilmente explicado pela escassez desse tipo de conhecimento entre candidatos a vagas de emprego e pelo retorno que esse profissional é capaz de trazer para a empresa.

Com a falta de vagas de emprego as empresas se tornam mais rigorosas na seleção de profissionais.

Capacidade Analítica, resolução de problemas e geração de resultados. Competências de um profissional de alta performance e desenvolvidas durante a formação seis sigma.

O certificado Seis sigma tem sido um pré-requisito para muitos cargos nas principais organizações do Brasil e a busca de profissionais para a certificação de projetos tem se tornado ainda maior em tempos de crise.

A razão é simples: neste momento as empresas buscam profissionais capazes de reduzir custos, aumentar a produtividade e melhorar resultados.

Possuir uma certificação Seis Sigma no currículo representa estar apto a realizar projetos onde se espera resultados financeiros imediatos e sustentáveis.

Demonstra que o profissional está qualificado para lidar com situações complexas e pronto para resolvê-las, contribuindo para a melhoria do desempenho de sua organização.

 

Qualquer um pode se especializar em Seis Sigma?

 

"Estudantes, Gestores da Qualidade do Sistema , Supervisores, Gerentes de Operações, Finanças e Gestores Comerciais..."

 

Não há impedições! desde estudantes interessados em aprimorar seus conhecimentos em técnicas estatísticas avançadas e conquistar uma das certificações mais valorizadas pelo mercado. 
a profissionais de nível tático e estratégico interessados em se tornar especialistas de projetos transnacionais de melhoria em sua empresa e alavancar resultados dos seus processos. Sugere-se que o aluno tenha perfil para liderar equipes e sejam motivados pelo desafio de promover mudanças na organização.

 

E o que eu vou ser capaz de fazer me tornando um Green/Black Belt?

 

  • Liderar equipes de melhoria em áreas industriais, setores administrativos e coorporativos;
  • Conduzir projetos Lean Seis Sigma utilizando método DMAIC;
  • Ser capaz de usar estatística para analisar dados e extrair informações;
  • Atuar como Consultor organizacional: de visão estratégica a suporte organizacional de empresas ou como empregado direto;
  • Ministrar treinamentos de extensão de Yellow Belt e Green Belt* (no caso do Black Belt);

 

Para sua Empresa:

 

Por que minha empresa precisa de Seis Sigma?

O Seis Sigma ajuda a melhorar o nível de serviço oferecido para o cliente, trabalha a eficiência dos processos internos, reduz custos de má qualidade e ajuda a identificar e eliminar atividades que não agregam valor aos clientes. Resumindo: Make Money!

E por fim, Qual seu grande segredo da metodologia?

Educação: o seis sigma valoriza o capital humano da empresa e cria o engajamento de colaboradores na busca do que realmente importa: RESULTADOS! Esse é a grande sacada.

A partir do entendimento dos desafios estratégicos. Cada um compreende sua contribuição no processo e é estimulado a gerar resultados diretos na performance da empresa.

Os colaboradores são de fato o grande diferencial das empresas. Máquinas não desenvolvem empresas de sucesso!

Apenas pessoas são capazes de inovar, de analisar criticamente e melhorar processos.

Pessoas de sucesso constroem empresas de sucesso.

 

Por onde devo começar?

 

O primeiro passo para iniciar sua carreira seis sigma é participar de um treinamento para ganhar conhecimento e habilidade na aplicação das ferramentas.

Depois, é preciso muito empenho, dedicação e disciplina na aplicação dos conhecimentos.

Existem diversas opções de escolas no Brasil oferendo cursos de alta qualidade! Para escolher a que mais se adequa a você procure avaliar quem são seus consultores, qual a metodologia de ensino e a credibilidade da empresa. É fundamental também assegurar que todo conteúdo recomendado pela ASQ (American Society for Quality) será ministrado durante o treinamento. As ferramentas serão essenciais para o sucesso do seu projeto.