Conseguir soluções inovadoras e eficientes para os problemas empresariais nem sempre é uma tarefa fácil, então, como identificar e analisar corretamente estes problemas e chegar a soluções eficazes?

Em primeiro lugar, é muito importante que você conheça seus processos, rotinas e atividades, para garantir que eles estejam em concordância com os objetivos da organização. Dessa forma, fica mais fácil identificar problemas e tomar as medidas necessárias para cada um deles.

Tenha sempre uma visão clara da organização. É importante que você esteja atento, a qualquer momento e em qualquer cenário, às oportunidades de melhoria, isso te ajudará a definir claramente os problemas e reconhecer a importância de cada um deles dentro da empresa.

Identifique e priorize sempre os problemas mais graves e os que possuem maior urgência para serem solucionados, e lembre-se que não adianta focar no que não impacta nos resultados, certo?

Mas... apenas identificar os problemas não é suficiente né?

Pensando nisso, a dica da Voitto é usar a metodologia MASP.

 

Faça junto com a gente

 

Para te ajudar no uso da metodologia MASP e facilitar sua vida, estamos disponibilizando uma planilha incrível, GRATUITA e 100% editável para você preencher de acordo com a leitura deste artigo, colocando em prática o conhecimento adquirido em cada etapa descrita!

Tenho certeza que essa planilha irá ajudar na sua carreira e na sua vida. Clique na imagem abaixo para baixar agora a planilha!

 

 

Se tiver alguma dúvida sobre como usar a planilha, preparamos um artigo somente para te explicar todos os detalhes, clique aqui para conferir.

Está curioso para saber o que é a metodologia MASP e cada etapa que compõe o método? Então continue lendo este artigo, pois detalharemos tudo o que você precisa saber. Vamos lá!

 

O que é MASP?

 

O Método de Análise e Solução de Problemas (MASP) é uma forma sistemática de realização de ações corretivas e preventivas para eliminar a causa de não conformidades, além de descobrir e atacar as causas fundamentais dos problemas, evitando a repetição destes por meio de padronização de procedimentos. Ele utiliza o conceito do PDCA, que é um ciclo de desenvolvimento que tem foco na melhoria contínua.

Através da metodologia MASP você é capaz de:

 

  1. Identificar problemas;

  2. Observar os problemas;

  3. Analisar o fenômeno e suas causas;

  4. Propor planos de ação;

  5. Boas práticas para execução das ações;

  6. Métodos de verificação dos resultados;

  7. Padronizar procedimentos;

  8. Elaborar relatórios de conclusão.

 

Conheça então as 8 etapas da metodologia MASP:

 

ETAPA 1 - Identificar problemas

 

Na primeira etapa da metodologia MASP você irá definir claramente o problema e reconhecer a sua importância.

 

Definição do problema

 

Identifique quais são as perdas a partir do problema e quais riscos ele representa;

 

Histórico do problema

 

Analise seu histórico, podendo envolver a frequência com que ocorre, local, equipes envolvidas, fornecedores e clientes;

 

Levantamento das perdas atuais e avaliação de ganhos

 

Encontre as perdas e pense nas oportunidades de melhorias e metas. Você deve identificar o que está sendo perdido e o que é possível ganhar;

 

Escolha e preparação da equipe

 

Para finalizar a identificação, defina responsabilidades. Encontre os responsáveis pela execução das tarefas e proponha um prazo para que o problema seja solucionado.

Ferramentas úteis: Folha de Verificação, Gráfico de Pareto, Gráfico de Controle e Matriz GUT.

 

ETAPA 2 – Observar os problemas

 

Nessa etapa você deve observar o problema sob vários pontos de vista. Quanto mais tempo você dedicar nessa etapa da metodologia MASP, melhor será para identificar a solução para o problema.

 

Tempo

 

Os resultados variam com qual periodicidade?

 

Local

 

Os resultados são diferentes em locais diferentes?

 

Tipo

 

Os resultados variam como?

 

Indivíduo

 

Os resultados variam por operador ou por equipe?

Ferramentas úteis: Folha de Verificação, Gráfico de Pareto e Estratificação.

 

ETAPA 3 – Analisar o fenômeno e suas causas

 

Essa etapa tem o objetivo de identificar as causas raiz do problema.

 

Definição de causas influentes

 

Envolva todas as pessoas que possam contribuir com a identificação das causas e estabeleça a relação de causa e efeito para o que foi levantado;

 

Escolha das causas mais prováveis

 

As causas levantadas na etapa anterior devem ser reduzidas por eliminação das menos prováveis;

 

Análise das causas mais prováveis

 

Visite o local para analisar as hipóteses levantadas e verifique-as.

Ferramentas úteis: Diagrama de Causa e Efeito (Ishikawa)Brainstorming, 5 PorquêsHistograma e o Gráfico de Dispersão.

 

ETAPA 4 – Propor planos de ação

 

Nessa etapa a ideia é elaborar um plano de ação para bloquear os problemas por meio da eliminação de suas causas raiz.

 

Elaborar a estratégia de ação

 

Certifique-se de que as ações serão tomadas sobre as causas fundamentais. Avalie se ela produzirá efeitos colaterais, e qual sua eficácia;

 

Trabalhar as causas mais prováveis

 

Identifique como será o trabalho, quais metas deverão ser atingidas e quais serão seus itens de controle.

Ferramenta útil: 5W2H.

 

ETAPA 5 – Boas práticas para execução das ações

 

O objetivo dessa etapa da metodologia MASP é bloquear as causas fundamentais do problema.

 

Treinamento e Capacitação

 

Divulgue as ações e capacite os executores sempre que necessário. Para isso, crie reuniões participativas, apresente as tarefas e as razões para que sejam executadas.

 

Execução das Ações

 

Implemente as ações registradas e todos os resultados alcançados.

Ferramenta útil: Gestão à Vista.

 

ETAPA 6 – Métodos de verificação dos resultados

 

Para você verificar se o bloqueio foi efetivo, você deve:

 

  • Comparar os resultados coletando os dados anteriores e posteriores a ação de bloqueio para verificar a efetividade da ação e a redução dos resultados indesejáveis;

  • Listar os efeitos secundários e identificar se as alterações provocaram efeitos positivos ou negativos;

  • Analisar se as ações foram implementadas conforme planejado e caso os defeitos continuem a acontecer, atente-se, pois, a solução apresenta falhas.

 

Ferramentas úteis: Gestão à Vista e Gráfico sequencial.

 

ETAPA 7 – Padronizar procedimentos

 

Etapa que irá prevenir o reaparecimento do problema.

 

Elaboração ou alteração do padrão

 

Esclareça se as ações implantadas necessitam de criação de padrão ou alterações.

 

Comunicação do novo padrão

 

Divulgue a nova sistemática para as áreas que serão afetadas.

 

Educação e treinamento

 

Garanta que os novos padrões ou as alterações nos padrões existentes sejam transmitidos para toda a equipe envolvida.

 

Acompanhamento a utilização

 

Estabeleça o sistema de medições periódicas.

Ferramenta útil: Procedimento Operacional Padrão (POP).

 

ETAPA 8 – Elaborar relatórios de conclusão

 

Na última etapa da metodologia MASP, avalie todo o processo de solução de problemas para aproveitar potenciais situações futuras.

 

Relacionar os problemas remanescentes

 

Mostre quais resultados superaram as expectativas.

 

Planejar a eliminação desses problemas

 

Reavalie o que está pendente, fazendo a organização destes para posterior aplicação de um MASP.

 

Reflexão e Aprendizado

 

Avalie as etapas aplicadas da metodologia MASP e crie um relatório que contenha os resultados obtidos, a evolução dos mesmos, as lições aprendidas, os erros e as dificuldades na aplicação.

Ferramentas Úteis: Gráfico de Pareto e Gráfico de Controle.

 

Quer aprimorar suas habilidades de resolução de problemas?

 

Para você aperfeiçoar suas habilidades e competências para resolver um problema, nada melhor que estudar um método eficiente que lhe traga este resultado, correto?

É pra isto que vou te indicar o curso online e gratuito aqui da Voitto de White Belt em Lean Seis Sigma. Com ele, além de você conhecer os principais fundamentos adotados pelo modelo de gestão mais inovador da atualidade: o Lean Seis Sigma; você terá também a oportunidade de se aprofundar em outro método também muito empregado pelo programa: o DMAIC, se inscreva e venha conferir.

 

 

Ainda tem dúvidas sobre a metodologia MASP? Não deixe de nos contar aqui nos comentários!

Ah e compartilhe esse artigo também com um amigo que tenha interesse em saber mais sobre a metodologia MASP.