Durante nossa formação, sempre nos questionamos sobre como e quando teremos sucesso. Mas o que seria o sucesso?

Esta é uma questão complexa de se responder, pois está intimamente ligada com a história, o momento de vida e o propósito de cada pessoa.

Independentemente da sua trajetória, da sua idade, sabemos que sim, é possível ser bem-sucedido desde que você alinhe suas realizações pessoais e profissionais com ações que vão torná-las realidade.

Nunca é tarde para ter sucesso.

A idade não é desculpa para não ir atrás dos seus sonhos. Todas as pessoas nessa lista também tinham suas famílias, várias responsabilidades e problemas pessoais e, mesmo assim, provaram que não é tarde para ter sucesso.

Na verdade, não existe uma idade certa para se fazer sucesso. Façamos uma reflexão: se você tiver por volta dos 30 e acha que ainda não encontrou seu propósito ou objetivo na vida, saiba que ainda terá pela frente mais uns 40 ou 50 anos de vida.

Isso é muito tempo para fazer o que quiser, como veremos nos exemplos abaixo. Por isso, não se sinta pressionado caso ainda esteja desenvolvendo sua formação.

Principalmente nas áreas das engenharias é comum ficar muitos anos na graduação, por exigir um alto nível de dedicação e comprometimento do aluno. Tudo isso é fundamental durante seu desenvolvimento pessoal e vai te tornar um profissional melhor.

Por isso, convidamos você, leitor, a se inspirar nos casos abaixo que provam que nunca é tarde para ter sucesso!

 

É tarde para ter sucesso?
 

1. Harland Sanders – KFC

 

Para começar nossa lista Old School mostrando que nunca é tarde para ter sucesso, nosso adorado Coronel Sanders do Kentucky Fried Chicken, que só vendeu a primeira franquia aos 62 anos.

O criador da rede de lanchonetes KFC tentava desde os 40 anos desenvolver a receita do frango frito perfeito e só fechou seu primeiro contrato depois de ouvir 1.009 vezes a palavra “não”.

Hoje em dia, a franquia conta com 21 mil lojas em mais de 130 países, mostrando que nunca é tarde demais para acreditar em suas ideias.

 

2. Soichiro Honda - Honda Motor Company

 

A famosa marca de carros e motocicletas cujo nome vem de Soichiro Honda. Ele era engenheiro e com 30 anos fabricava anéis para pistões, que a princípio mal pagavam a estrutura e seus 50 funcionários.

Por isso, mais tarde, devido à crise no Japão, ele foi obrigado a vender a fábrica para um de seus clientes que era a Toyota.

Após viver alguns anos apenas gastando a grana de venda de sua fábrica, ele observa os catastróficos efeitos da guerra no Japão no setor dos transportes e decide agir.

Então, compra um lote de motores e faz uma adaptação para as bicicletas, em sua própria garagem, que foram vendidas rapidamente. Devido a esse sucesso de vendas, desenvolve então o seu próprio motor e, aos 42 anos, nasce a Honda Motor Company!

Será que com 42 anos é tarde para ter sucesso? Sem ele, Soichiro Honda, a popularização das motocicletas no Japão estaria comprometida.

O mais interessante dessa história é que o mundo jamais poderia imaginar que, mesmo numa época de desemprego e falta de oportunidade, ele pôde criar um negócio de bilhões de dólares - que conhecemos até hoje -, mostrando que nunca é tarde para ter sucesso.
 

 

3. Henri Nestlé – Nestlé

 

Mais um caso em que, devido à necessidade, se teve visão e foi alcançado o sucesso. Henri Nestlé inventou a farinha láctea aos 52 anos motivado pelo problema de desnutrição infantil de sua própria família e de tantas outras na Suíça. Será que foi tarde para ter sucesso?

Pois bem, ele teve suporte de sua experiência como assistente de farmacêutico do seu amigo, Jean Balthasar Schnetzler, que era cientista de nutrição humana e também de sua esposa (que entendia de mortalidade infantil).

Depois de muitos estudos e testes, Henri Nestlé criou uma mistura de leite de vaca com farinha de trigo e açúcar para produzir uma alternativa ao leite materno para as crianças que não podiam aceitar o leite das suas mães.

Lançado em 1867, o composto deu origem à Farinha Láctea Nestlé e foi o primeiro produto da multinacional, que hoje reúne mais de 30 mil funcionários em 150 países.


4. Jan Koum e Brian Acton - WhatsApp

 

Em quarto lugar na nossa lista temos essa dupla que, com 35 e 37 anos, respectivamente, é responsável por um dos aplicativos mais utilizados da atualidade.

Os dois são programadores e empreendedores digitais responsáveis pela criação do aplicativo de mensagens instantâneas Whatsapp.

Antes disso, em 2007, Jan Koum e Brian Acton saíram de seus empregos no Yahoo! e tiraram férias por volta de um ano. Já em 2009, Jan observou que a App Store, recém-criada, tinha um grande potencial para desenvolvedores de aplicativos.

Nascia então o WhatsApp Inc., na Califórnia, que se expandiu rapidamente para usuários de todo mundo sendo vendido para o Facebook em 2014 por inacreditáveis 16 bilhões de dólares, sendo quatro bilhões em dinheiro e 12 bilhões em ações do Facebook.

O mais engraçado dessa história é que Brian tentou emprego no Facebook em 2009 e foi recusado. Você tem alguma ideia de aplicativo?


5. Ray Kroc – McDonald’s

 

Como deixar Ray Kroc fora da nossa lista? Impossível! O comprador do McDonald’s já foi músico, motorista, vendedor de máquina de milk-shake e também de copos de papel - tudo isso aos 52 anos de idade!

Em 1955, ele conheceu o restaurante dos irmãos McDonald que, na época, era um pequeno fast-food na Califórnia. Kroc, então, fica encantado com o modo da operação e decide ajudar os irmãos a expandir.

Como a concorrência só crescia, Kroc ficou obsessivo com o controle de qualidade, a limpeza e o serviço nas lojas.

Para ele, cada hambúrguer precisava conter a mesma quantidade de carne e as mesmas duas rodelas de picles. Esse esquema é utilizado até hoje, onde praticamente é possível comer o mesmo hambúrguer em qualquer parte do mundo.

Então, após controversas negociações, ele compra a franquia dos irmãos McDonald, sendo responsável pela maior cadeia mundial de hambúrguer.

Hoje em dia, o McDonald's segue servindo cerca de 68 milhões de clientes por dia em 119 países, por meio de 37 mil pontos de venda.

 

 

6. John Pemberton – Coca-Cola

 

Já que acabamos de falar do McDonald’s, que tal uma Coca-Cola para acompanhar?

Brincadeiras de lado, John Pemberton era farmacêutico e desenvolveu a primeira versão do refrigerante mais famoso do mundo enquanto estava testando medicamentos para dor de estômago.

Sua ideia era desenvolver um produto que fosse refrescante e ainda pudesse ser usado para amenizar as dores de estômago.

Quando você pensar que está velho demais ou que é tarde para ter sucesso, lembre-se que ele fez essa façanha quando estava com 55 anos e veio a falecer com 57.

Contudo, pouco antes disso, ele chegou a vender a fórmula secreta da Coca-Cola para o empresário Asa Griggs Candler, que foi o responsável pela expansão e desenvolvimento da marca.

A Coca-Cola é um dos produtos mais vendidos do mundo sendo que, em 2011, também foi considerada pela Interbrand a marca mais valiosa do mundo.



 

7. Niklas Zennstrom e Janus Friis - Skype

 

Nascido na Suécia, Niklas Zennström e Janus Friis foram os pioneiros nos serviços de telefonia via internet e também os inventores do Skype, justamente quando estavam com 37 e 27 anos de idade, respectivamente.

Antes disso, Niklas já havia criado uma plataforma de compartilhamento de arquivos que ficou muito famosa e utilizada pelas pessoas nascidas no início dos anos 80: o Kazaa.

Em maio de 2011, eles decidem fechar o acordo e o Skype é comprado pela Microsoft por 8,5 bilhões de dólares.

Hoje em dia, Niklas divide suas atenções entre a empresa de tecnologia Atomico e a organização filantrópica Zennström Philanthropies.


8. Akio Morita - Sony

 

Mostrando que sempre é necessário acreditar, para fechar nossa lista temos Akio Morita, um dos fundadores da Sony.

No início de sua carreira, Akio foi muito criticado por criar uma panela de arroz que queimava os alimentos. Isso, porém, não foi motivo para Morita desistir de seu sonho.

Então, após a aquisição de 25 mil dólares pelo uso de uma invenção norte-americana - o transistor -, a Sony finalmente conseguiu criar o primeiro rádio sem válvula do mundo que foi um grande propagador da marca.

Akio Morita fez isso com 25 anos, mas o importante é que acreditou em sua ideia e transformou a Sony na empresa multibilionária que conhecemos hoje.

 

 

9. Thomas Edison - General Eletric

 

Thomas Edison foi um inventor muito conhecido pelos seus fracassos, antes, é claro, de fazer muito sucesso. Ele foi responsável por criar diversos produtos da área cinematográfica, mas sua principal invenção é (nada menos) do que a lâmpada.

Quando questionado sobre nunca desistir, ele respondeu: “Eu não falhei. Apenas descobri 10 mil maneiras que não funcionam”.

Edison sempre foi um homem de negócios, mas só em 1878, quando estava com 45 anos,  fundou a empresa Edison Electric Light Company que mais tarde passaria a se chamar GE.

Isso mostra que, se você acredita que está no caminho certo, nunca será tarde para ter sucesso!

Hoje em dia, a GE é um dos maiores conglomerados industriais do planeta, diversificando negócios entre dispositivos elétricos, como geradores, motores, e até mesmo gigantescas válvulas solenóides.

 

O que aprender com a lição de todos eles?

 

Como você pôde perceber, a persistência, o trabalho constante e a ideia de propósito sempre acompanharam estes empreendedores em suas trajetórias. Contudo, vale lembrar que nenhum deles conseguiu chegar onde chegaram sozinhos.

Na Voitto Premium, você tem contato direto com nossos mentores e o clube do networking, onde as pessoas estão, verdadeiramente, alavancando suas carreiras!

Independentemente da sua idade, nunca é tarde para ter sucesso. Seja Premium!