Você provavelmente já ouviu falar em realidade aumentada, virtual ou projeções 3D em algum filme, jogo ou até mesmo no trabalho. 

Mas o que exatamente são esses termos?

São tecnologias que vieram para ficar e estão cada vez mais próximas de você. Então, se você tem interesse em descobrir os mistérios desse mundo, vem comigo que eu vou te contar tudo sobre realidade aumentada, virtual e mais. Neste artigo veremos:

  • O que é realidade aumentada;

  • Como surgiu a realidade aumentada;

  • Óculos de realidade aumentada;

  • Realidade aumentada na indústria 4.0;

  • O que é realidade virtual;

  • Realidade aumentada e realidade virtual;

  • Realidade aumentada em filmes;

  • O que esperar para o futuro.

 

O que é realidade aumentada?

 

A realidade aumentada vem do termo em inglês augmented reality (AR), que é uma tecnologia que permite a combinação/inserção de elementos virtuais no ambiente real. Essa inserção é feita em tempo real através de pequenas telas dispostas próximo ao olho do usuário, proporcionando uma experiência de elementos digitais no mundo real.

Ela também pode ser chamada de realidade expandida ou realidade ampliada.

Um exemplo dessa tecnologia em nosso cotidiano é o QR Code em livros ou pontos turísticos.

Através da leitura do código, temos indicações de sites de leitura com mais informações sobre o tema, ou locais para visitação, com guias de melhores passeios, incluindo as rotas para todos os pontos turísticos, imagens e todas as informações relevantes para o turista.

Mas como surgiu essa tecnologia?

 

Como surgiu a realidade aumentada

 

Muitos pensam que a realidade aumentada é uma tecnologia nova, mas isso é um engano. O marco inicial da realidade aumentada teve início em 1968 com Ivan Sutherland que desenvolveu um sistema Head Mounted Display, abreviado como HMD. É um dispositivo usado na cabeça como um capacete, que possui uma pequena tela na parte da frente.

Porém, o conceito de realidade aumentada começou a ser utilizado somente na década de 90. Atualmente, a tecnologia de realidade aumentada evoluiu bastante e se espalhou em diversas áreas.

Suas aplicações são ilimitadas e pode ser usada em todas as áreas, tendo como limitador a imaginação. As aplicações mais comuns são vistas em jogos como, por exemplo, Pokémon Go, no qual o usuário utiliza o celular para ir à caça de pokémons (monstros) pelas ruas da cidade.

Esse tema também é muito abordado em filmes de ficção e na maioria deles são utilizadas tecnologias de realidade aumentada que ainda nem existem no nosso mundo.

Uma das mais conhecidas aplicações reais dessa tecnologia é o óculos de realidade aumentada. Você conhece como eles funcionam? Esse é nosso próximo tópico!

 

Óculos de realidade aumentada

 

Mais realista que as telas, os óculos de realidade aumentada funcionam como uma conexão entre o mundo real e virtual.

O Google é uma das empresas que está investindo nessa tecnologia. Eles criaram um óculos de realidade aumentada, chamado de Google Glass.

Este óculos projeta  imagens em um prisma e as mesmas são refletidas para dentro da nossa retina. Essa imagem se sobrepõe ao ambiente, gerando uma mistura entre os dois mundos, o virtual e o real

Vamos agora ver como essa tecnologia está presente na indústria, mas antes preparamos um material para você se aprofundar ainda mais!

Umas das Linguagens de Programação mais utilizadas recentemente é o Python. É uma Linguagem reconhecida por ser versátil e permitir algoritmos mais estruturados.

Então, se você quer estar por dentro das novas tecnologias, um bom caminho é saber alguns fundamentos do Python, e vamos te ajudar nisso.

Preparamos para você um curso totalmente GRATUITO de Fundamentos Essenciais para Python. Clique e Aproveite!

 

Curso de Fundamentos Essenciais para Python

 

Realidade aumentada na indústria 4.0

 

A indústria 4.0 tem como base IoT, Big Data e cibersegurança, onde os processos estão conectados permitindo a aquisição instantânea de dados, e assim a tomada de decisões em tempo real.

Na realidade aumentada, é possível fazer simulações em três dimensões (3D) de um  processo antes mesmo de sua verdadeira execução, possibilitando o treinamento da equipe e a detecção precoce de falhas, podendo corrigi-las antes mesmo que aconteçam.

Temos também a utilização da realidade aumentada na área de manutenção e inspeção, onde tutoriais surgem de forma interativa ajudando o usuário nos passos a serem seguidos para realização da manutenção das máquinas.

 

O que é realidade virtual?

 

A realidade virtual ou virtual reality (VR), termo em inglês, é um ambiente isolado criado por computador, onde o usuário interage com essa nova dimensão, sendo ela totalmente digital e não se misturando com o mundo real.

É um termo bastante utilizado, porém é diferente da realidade aumentada.

Um exemplo é o Oculus Rift, um dispositivo de realidade virtual para jogos eletrônicos, onde o usuário fica imerso em uma dimensão gerada por computador. Existem diversos jogos que o utilizam, como é o caso do Project Cars, Adr1ft, Chronos, The Climb, Eve: Valkyri.

Também é citado em vários filmes que abordam o tema da realidade virtual como: Jogador número 1, Tron: O Legado, Matrix, entre outros.

Mas e se combinarmos realidade aumentada e realidade virtual, o que acontece? Vamos descobrir!

 

Realidade aumentada e realidade virtual

 

A união da realidade aumentada com a realidade virtual é o que chamamos de realidade mista, onde o universo virtual se mistura com o real diante dos nossos olhos, e o usuário pode interagir com os elementos das duas dimensões. Essa tecnologia ainda está em desenvolvimento e amadurecimento, mas possui um grande potencial e, provavelmente acarretará em grandes avanços.

Uma dispositivo que possui essa tecnologia nos dias atuais é o HoloLens, no qual o usuário utiliza óculos que possuem câmeras e sensores integrados que escaneiam o local e projetam na tela transparente objetos virtuais no mundo real, onde o usuário pode interagir.

 

Realidade aumentada em filmes

 

Se você gosta de filmes de ficção científica, com certeza já viu o uso da realidade aumentada em muitos deles, então vamos falar de alguns deles e de como a realidade aumentada aparece. 

Um exemplo muito conhecido são os filmes do Homem de Ferro, com sua armadura capaz de lhe dar informações sobre os elementos que estão no ambiente, além de parâmetros da própria armadura.

Também temos seu assistente J.A.R.V.I.S, uma inteligência artificial que ele mesmo desenvolveu e que em vários momentos dos filmes escaneia informações e as projeta em 3D no ambiente.

Outros exemplos de filmes em que esse tema é abordado, como: Star Wars, Avatar, Vingadores, Transformers, entre vários outros.

 

O que esperar para o futuro?

 

Temos grandes expectativas quanto ao futuro da realidade aumentada, porém ela deve ser vista mais como uma combinação com a realidade virtual, a chamada realidade mista. Atualmente, os custos ainda não são muito atrativos, mas com o passar do tempo e o avanço das pesquisas, o preço tende a diminuir, de forma semelhante ao que aconteceu com os celulares.

Partindo um pouco para a imaginação de como a realidade mista pode vir no futuro, temos o filme Sword Art Online: Ordinal Scale lançado em 2017. No filme, existe um dispositivo denominado “Augma”.

O Augma é um dispositivo com um formato de fone de ouvido que se ajusta em torno de um dos ouvidos do usuário, possuindo uma parte que é equipada com uma lente que permite projetar imagens diretamente na retina dos usuários e outra na parte de trás da cabeça que é equipado com uma matriz que estabelece uma conexão (link) com o cérebro do usuário.

 

Augma

 

Esse dispositivo se comunica com drones que sobrevoam a cidade e são estão equipados com sensores que escaneiam o local, permitindo assim que o dispositivo altere visualmente o design do ambiente, além de inserir outros personagens digitais.

 

E aí? Preparado para entrar nessa nova realidade?

 

Cada vez mais a realidade aumentada e a realidade virtual estão se misturando com o nosso ambiente real e isso tende a se tornar mais comum com o passar dos anos. É bem provável que objetos físicos como mouse e teclado deixem de existir.

Então, é bom estar sempre atualizado para não ficar para trás nessa nova era tecnológica que já está batendo à nossa porta.

Em sua maioria, grandes empresas de inovação utilizam Metodologias Ágeis para desenvolver e otimizar seus projetos. Então, para você que gostou deste tema e tem vontade de trabalhar em empresas inovadoras, preparamos para você um curso de Introdução ao Agile SCRUM, totalmente GRATUITO.

 

Introdução ao Agile SCRUM

 

Se gostou, não se esqueça de deixar seu comentário e compartilhar com seus amigos para saberem mais sobre esse tema.