A entrevista de emprego é parte indispensável do processo de recrutamento e seleção de novos funcionários. Ela possibilita uma maior aproximação com o candidato, através de uma conversa direta. A famosa conversa “cara na cara e olho no olho”.

 

Entrevista cara a cara e olho no olho


 

Saber como conduzir uma entrevista de emprego é fundamental para um bom profissional de recursos humanos. Porém, é preciso muita preparação para entrevistar alguém e saber escolher a pessoa certa.

Nesse artigo, vou lhe apresentar como conduzir uma entrevista de emprego de forma impecável. Tenho certeza que elas vão te ajudar a selecionar o candidato ideal para sua empresa. Junte-se a mim e vamos nessa! Nesse artigo você aprenderá:

  • O que é entrevista de emprego?
  • Como fazer uma entrevista?
  • Como conduzir uma entrevista de emprego?

 

O que é entrevista de emprego?

 

A entrevista de emprego procura levantar as principais informações sobre os candidatos.

Essas informações são divididas em duas classes:

  • Hard skills: São as habilidades técnicas de um candidato. Essas habilidades podem ser aprendidas em sala de aula e facilmente quantificadas. Por exemplo, fluência em alguma língua, cursos de gestão de projetos, entre outros.

  • Soft skills: São competências subjetivas. Sua avaliação é mais complexa e requer o uso de técnicas da psicologia. Como exemplos de soft skills temos, atitude, comunicação, criatividade, etc.

Já que estamos falando de soft skills, que tal conferir nosso artigo Soft Skills para engenheiros: qual sua importância?

Esses dois conjuntos de habilidades têm dois objetivos. O primeiro busca identificar no candidato conhecimentos e aptidões técnicas especificas para a vaga disponível. Já o segundo, procura verificar se ele tem as atitudes, as caraterísticas comportamentais esperadas pela empresa. A combinação desses 2 fatores resultam no perfil e análise de competências do candidato.

Apresentarei a você agora 9 dicas de como conduzir uma entrevista de emprego. Papel e caneta na mão!

 

Como fazer uma entrevista?

 

1. Conheça bem o cargo disponibilizado pela empresa

Não adianta contratar um mecânico para ser o cozinheiro de um restaurante de comida mexicana, não é mesmo?

 

Candidato selecionado não condizente à vaga

 

O entrevistador precisa estar bem preparado para conduzir uma entrevista de emprego. Portanto, é necessário que ele conheça bem, não somente a empresa, mas também a área e as funções correspondentes ao cargo com vaga disponível.

Isso é importante, pois, só assim ele saberá quais tipos de profissionais possuem habilidades técnicas e comportamentais necessárias para assumir aquele cargo com eficiência.

 

2. Estude o perfil dos candidatos

Como conduzir uma boa entrevista de emprego sem ao menos fazer o dever de casa? Pois é, não é possível.

É fundamental que o entrevistador estude todos os currículos dos candidatos, para só assim poder iniciar a preparação da entrevista. Também é mais do que recomendado checar as redes sociais dos concorrentes, sobretudo o Linkedin.

As redes sociais também podem ser utilizadas como um filtro de seleção. Candidatos que tenham comportamentos que vão contra os valores da empresa já podem ser eliminados antes da entrevista.

E você sabia que existe uma outra ferramenta que possibilita a você conhecer mais o candidato? O DISC é um teste sobre personalidade que mapeia as características e competências comportamentais em quatro perfis: Dominante, Influenciador, Estável, Condescente.

Ficou interessadx em saber mais sobre o comportamento dos candidatos? Leia nosso artigo Teste DISC: descubra qual é seu perfil comportamental agora mesmo!

E que tal ainda testar a ferramenta? Acesse, gratuitamente, o Teste Disc: Descubra seu perfil profissional.

 

Teste DISC: Descubra seu perfil profissional

 

3. Prepare uma boa entrevista

Nossa terceira dica de entrevista diz respeito à preparação. O entrevistador deve elaborar perguntas que remetem as habilidades do candidato. Perguntas que remetem ao comportamento dos entrevistados também são importantes.

As perguntas elaboradas precisam fazer com que os candidatos sejam capazes de explicar todas as suas experiências empresariais, técnicas, acadêmicas e de relações humanas. E isso é possível avaliar através da técnica STAR :)

Assim, é possível esclarecer todas as dúvidas relacionadas às capacitações e princípios  dos profissionais. Fazer perguntas iguais para candidatos diferentes também permite o entrevistador tomar nota e fazer comparações sobre os perfis de cada candidato.

Entretanto, caso na etapa anterior, dinâmica de grupo, teve algum ponto de um candidato que você deseja investigar melhor, faça uma pergunta específica para ele.

 

Como conduzir uma entrevista de emprego?

 

Recrutador

 

4. Apresentação ao candidato

É necessário que você entrevistador faça, primeiramente, uma apresentação rápida sobre si mesmo. É importante, ainda, falar sobre o cargo em questão, descrevendo as principais funções que o contratado realizará (daí, a importância de se conhecer bem o cargo disponível).

Além disso, você deve apresentar a empresa durante a entrevista, levantando os principais ideais, as conquistas e as ambições da mesma. Dessa forma, o candidato pode demonstrar interesse maior pela empresa e ainda se sentir mais confiante e a vontade.

 

5. Conheça o entrevistado

Após fazer sua apresentação e da empresa é a vez do candidato. Peça para ele fazer uma breve apresentação sobre si mesmo.

Sempre preste muita atenção no que ele está dizendo. Se for o caso, interrompa-o e faça perguntas sempre que houver dúvidas. Pode ser que ele passe alguma informação que não conste no currículo dele.

Passada a fase das apresentações, o entrevistador deverá começar a fase de perguntas (as preparadas antes da entrevista) e respostas.

Cada vez que o candidato é submetido a uma pergunta, o entrevistador precisa estar atento para fazer qualquer anotação relevante sobre as respostas e o comportamento dele.

Preste muita atenção para ver se o candidato está realmente respondendo as perguntas ou está sendo evasivo. Caso isso ocorra, tente fazer a pergunta novamente, em um outro momento.

A fase de perguntas e respostas permite uma melhor compreensão do candidato. É possível observar, através das reações dele às perguntas, como é seu comportamento quando colocado a certos tipos de situações.

Assim, o entrevistador consegue identificar o perfil do candidato, bem como seus valores e atitudes. A partir disso, é possível formar uma opinião completa e coerente sobre ele e se o mesmo se adequa ao perfil que a empresa está buscando.

 

6. Seja objetivo em seus questionamentos

Umas das dicas mais importantes de como conduzir uma entrevista de emprego de maneira eficiente é não enrolar. Seja objetivo em suas perguntas e considerações.

Provavelmente o candidato estará nervoso na entrevista. Não é sua função deixá-lo mais nervoso através de perguntas confusas ou que possuem ambiguidades.

Através de perguntas objetivas o candidato provavelmente irá se sentir mais confortável e você poderá extrair de maneira mais eficiente as características dele.

 

7. Considerações finais de uma entrevista de emprego

Na fase final da entrevista, pergunte ao candidato se ele possui alguma dúvida a respeito do cargo a ser preenchido ou sobre as principais atividades da empresa.

Fazer essas perguntas ajuda o entrevistador a saber se o candidato estava realmente “ligado” e prestando atenção nas informações passadas a ele. Essa parte funciona como uma espécie de teste final.

Independentemente da forma que o entrevistado reagiu às perguntas e como ele as respondeu, sempre agradeça-o pelo seu tempo. Informar ao candidato quando o resultado será revelado, sendo ele positivo ou negativo, também é uma boa prática.

O feedback do resultado negativo é importante e o mais necessário. Fazê-lo ajuda não somente o candidato a refletir sobre si mesmo, buscar pela melhoria, mas também aumenta o respeito que ele tem pela empresa.

 

8.Pós-entrevista

Após o término da entrevista, organize todas as informações coletadas em um resumo. Você deve apontar as principais características observadas durante a entrevista, isso facilitará a tomada de decisão futura.

Tenha em mente que você deverá julgar o candidato baseado sempre no comportamento e nas competências que ele apresentou durante a entrevista.

É vital que o entrevistador selecione, os 3 que mais se adequam à vaga. A seleção deve sempre respeitar a todos os aspectos apontados nesse artigo, sejam eles técnicos, comportamentais ou até mesmo éticos.

 

9. Crie uma tabela de classificação

Sobretudo para entrevistadores inexperientes, existe a tendência  do julgamento do candidato pelas impressões iniciais. É importante tomar cuidado, pois, muitas vezes os candidatos aprovados para a entrevista com gestor são aqueles que possuem mais afinidades com você. Mas, talvez, não são os candidato que apresentariam os melhores resultados para a empresa.

Em meio a esse contexto é muito importante que os entrevistadores sigam uma tabela de classificação (ranking) baseada nas competências identificadas. Isso auxilia na tomada de decisões.

 

Aposto que você vai adotar essas práticas, não é mesmo?

 

Uma escolha equivocada pode comprometer a imagem do entrevistador. Além disso, pode gerar retrabalho para a organização, que terá que abrir um novo processo seletivo, lidar com processos demissionais de funcionários antigos e ainda admitir os novos.

Portanto, escolher as pessoas certas para contratar é fundamental para o sucesso de qualquer empresa.

Usar das boas práticas apresentadas nesse artigo irão te ajudar a conduzir uma entrevista de emprego de forma mais eficaz, permitindo que você escolha apenas os candidatos ideais para o cargo vago de sua empresa.

E aí, gostou das dicas de como conduzir uma entrevista de emprego?

 

Precisa de algo mais na hora conduzir uma entrevista de emprego?

 

Como você pode perceber, realizar uma entrevista de emprego é bem mais comum do que você imagina. Portanto, é fundamental capacitar-se para isso.

Lidar diretamente com candidatos pode ser uma tarefa árdua para pessoas que têm alguma dificuldade em se comunicar. Mas não se preocupe, tenho a solução ideal para você!

Aqui na Voitto, você pode começar agora o curso de Oratória e Técnicas de Apresentação, clicando no botão abaixo. Esse curso vai complementar as práticas abordadas nesse artigo a ainda vai te ajudar a lidar com as dificuldades de comunicação.

Não vai perder essa oportunidade, né?

 

Curso de Oratória e Técnicas de Apresentação

 

Gostou desse artigo? Deixe um comentário!