Os intermediadores de pagamento estão ganhando cada vez mais destaque nos dias de hoje. Afinal, é bem comum ver um cliente ter dúvidas e receios sobre como realizar o pagamento na etapa final de compra. 

Será que é seguro fornecer os dados? Quais são os meios de pagamentos disponíveis? Essa é uma das perguntas mais frequentes dos consumidores.

Além disso, não é apenas quem administra uma loja virtual que deve estar por dentro das vantagens que os intermediadores de pagamento podem oferecer. Quem gerencia pequenas e médias empresas também deve conhecer as características do pagamento online.    

Por isso, é fundamental estar a par dos detalhes referentes a gateways de pagamento, cartões de crédito, boleto bancário e também instituições financeiras que podem oferecer os intermediadores de pagamento.

Com os intermediadores, é possível proporcionar para os clientes um atendimento mais ágil e também mais facilidade para a compra de serviços e produtos.

E para o tema deste artigo trataremos os seguintes tópicos:

  • O que são intermediadores de pagamento;

  • Quais as vantagens de usar os intermediadores de pagamento;

  • Como funcionam os intermediadores de pagamento;

  • Quais são os principais intermediadores de pagamento;

  • Os intermediadores de pagamento podem trazer várias vantagens para o seu negócio!

 

O que são intermediadores de pagamento?

 

Também chamados de subadquirentes, os intermediadores de pagamento consistem em empresas que atuam no segmento de viabilização de pagamentos online

Sendo assim, ao abrir uma loja virtual, por exemplo, o empreendedor conta com a possibilidade de terceirizar a função de pagamento, o integrando ao e-commerce.

Desse modo, o sistema se torna responsável por viabilizar e manter a segurança dos dados dos seus clientes, por interagir com as instituições financeiras e garantir que os valores corretos dos recebimentos sejam enviados ao vendedor.

Além disso, é importante saber que existem distinções entre os intermediadores de pagamento e os gateways de pagamento. 

A principal é que os gateways devem acrescentar os convênios bancários com a instituição financeira para possibilitar que as transações sejam realizadas.

Por outro lado, os intermediadores de pagamentos disponibilizam os convênios já devidamente integrados.

Para entender melhor, basta comparar os gateways com as máquinas de cartão de crédito. Ou seja, eles possuem a função de armazenar os dados do cartão, os enviando para as operadoras validarem e aprovarem a compra.

E já que estamos tratando assuntos do mundo financeiro, que tal aprender mais sobre gestão financeira com o nosso material gratuito? É só clicar e baixar:

 

imagem do kit de planilhas gestão financeira

 


Quais as vantagens de usar os intermediadores de pagamento?

 

Os benefícios que a utilização dos intermediadores de pagamento proporcionam são várias. Entre elas podemos destacar alguns a seguir: 

 

Mais segurança

O risco de problemas de segurança, especialmente quando se trata de cartões de crédito, ainda é dor de cabeça tanto de clientes quanto de empresários que possuem um negócio online

A precaução é justificada, pois hackers ávidos por roubar senhas e fraudar sistemas sempre estão de olhos atentos a qualquer falha na segurança de um e-commerce

No entanto, pelo fato do intermediador de pagamento investir pesado na segurança de dados, a sua loja virtual não armazena nenhum tipo de dado bancário dos clientes. 

Diante disso, caso surja algum transtorno, quem arca com a análise de risco é o intermediador e não o lojista.

 

Vantagens nas vendas a prazo

Um dos elementos que mais atraem os clientes para as lojas online são as vendas a prazo. Contudo, disponibilizar esse tipo de atendimento sem a presença de uma plataforma de pagamentos traz dificuldades para o pequeno empreendedor.

Graças um intermediador de pagamento é possível estabelecer as vendas a prazo, acrescentando mais valor com a diversidade de bandeiras de cartões de crédito que aceitam o parcelamento.

 

Alternativas nas formas de pagamento

Na loja online é essencial apresentar diversas maneiras de pagamento para tornar as transações mais atrativas. Portanto, se o empreendedor disponibilizar apenas uma ou duas, com certeza encontrará algumas dificuldades na hora de concluir vendas.

Por essa razão, o intermediador se torna a saída ideal para aqueles que possuem um baixo poder de negociação com bancos, pois apresenta mais alternativas para os consumidores.

 

Como funcionam os intermediadores de pagamento?

 

Intermediadores-de-pagamento.png

 

Quando a loja online conta com um intermediador de pagamento eficiente, conta também com um checkout transparente. Ou seja, disponibilizam baixas taxas de abandono de carrinho e mais vendas realizadas.

O funcionamento de um intermediador de pagamento na hora de uma transação funciona por meio dos seguintes passos: o cliente opta pelo produto que almeja comprar, em seguida é enviado para a página de pagamento.

Depois o pagamento online é realizado, a transação é devidamente efetuada e, por fim, os valores são liberados.

 

Quais são os principais intermediadores de pagamento?

 

Atualmente existem vários intermediadores, porém alguns são mais conhecidos e recomendados para os empreendedores. Veja um pouco mais sobre cada um deles. 

 

Yapay

Possui oito anos atuando no mercado e ainda traz total proteção contra um grande número de fraudes. 

Vale destacar que com o Yapay o empreendedor vai ter à disposição apoio de uma equipe de risco, inclusive durante os finais de semana. Esse recurso assegura uma maior conversão, maior proteção e rapidez na hora de efetuar compras.

Ele apresenta várias alternativas de pagamento, entre elas está a opção de boleto bancário, cartão de crédito com parcelamento até 12 vezes ou transferência bancária. 

Caso um pagamento for negado durante a compra, o Yapay automaticamente pode oferecer alternativas para impedir que o cliente abandone o carrinho e desista da compra.

 

Paypal

Ele é um intermediador que permite a realização tanto de compras nacionais, como as internacionais. 

Paypal atua em mais de 100 países e é aceito em 24 moedas diferentes. Os dados dos usuários são vistos apenas pelo intermediador e é bastante seguro.

Para usar os serviços do PayPal, basta criar uma conta grátis no sistema. Em seguida é necessário informar os dados como endereço de e-mail, senha, país de origem, nome, sobrenome, endereço e número de celular. 

Além disso, é também possível efetuar cadastro do seu cartão de débito ou de crédito. Para isso ele deve possuir as bandeiras MasterCard e Visa, tanto nacional quanto internacional.

 

PagSeguro

Antigamente era chamado de BrPay. Ele permite receber pagamentos a partir de boletos e cartões em até 15 vezes, possibilitando ao comerciante o recebimento do valor integral.

Ele também disponibiliza um checkout transparente, mantendo o usuário no mesmo ambiente para finalizar o pagamento, tornando o processo mais ágil. O PagSeguro também pode ser integrado a outras plataformas de maneira simples e rápida.

 

Os intermediadores de pagamento podem trazer várias vantagens para o seu negócio!

 

Uma coisa é certa: com os intermediadores de pagamento, os clientes se sentem mais confortáveis e seguros para efetuar compras em ambiente online.

Portanto, se você tem um e-commerce - ou pretende ter um - encontre o intermediador de pagamento que mais se adapta aos seus propósitos.

Além disso, você pode conhecer o nosso curso de Formação Empreendedora que possui um passo a passo para facilitar a sua caminhada e potencializar seus resultados!

Ele tem todas as informações necessárias e uma didática objetiva e direta, aliando conceitos teóricos e práticos. Não perca tempo e comece agora mesmo! É só clicar no botão abaixo:

 

banner do curso de formação empreendedora