Conciliar a atuação profissional com um mestrado não é nada fácil. Afinal, a pós-graduação exige muito estudo e dedicação para dar conta da enorme quantidade de tarefas e provas que nela há. 

Assim, conciliar a trajetória acadêmica com o gerenciamento de uma empresa e com diversas responsabilidades, certamente foi um desafio para mim, ao cursar o programa de mestrado.

Pensando nisso, decidi dedicar minha dissertação a uma das grandes questões que permearam minha vida profissional e que é de grande interesse para o meu negócio: a área de ensino à distância (EAD).

O EAD passou por um grande crescimento nos últimos anos, devido ao avanço da tecnologia e à busca por formas de ensino mais dinâmicas e flexíveis. 

A atração de novos ingressantes nesse mercado também se deveu, em grande parte, à redução de custos, já que as instituições de ensino não apresentam grandes gastos com instalações físicas nesse novo modelo.

Assim, o preço dos cursos também pôde ser atenuado, o que tornou o EAD uma escolha mais acessível ao consumidor. Do mesmo modo, diversas empresas surgiram no ramo, conferindo ao aluno uma enorme gama de possibilidades de seleção. 

 

Como transformei o meu negócio? 

 

Conforme o mercado mudava com essa nova tendência, senti os impactos diretos na minha empresa de treinamento e consultoria, a Voitto, que é especializada nas áreas de Lean Seis Sigma, Softwares Empresariais, Sistemas de Gestão e Desenvolvimento Humano.

Permanecer estagnado não era uma opção; assim, apostei no EAD e transferi a ministração dos meus cursos, que antes eram dados, em sua maioria, de forma presencial, para o meio online. Foi a partir dessa iniciativa que minha empresa colheu ótimos resultados e desfrutou de grande crescimento.

Assim, durante o meu mestrado, me propus a responder a pergunta: “quais são os fatores que mais possuem influência no comportamento do consumidor de cursos na modalidade à distância?” - um questionamento que é muito relevante para traçar as diretrizes estratégicas do meu negócio.

Isso porque a compreensão de como se desenvolve o comportamento de compra do consumidor, de acordo com os fatores que ele elege como os mais importantes, é essencial para o alcance da satisfação do cliente, qualidade do serviço ou produto, e a rentabilidade de uma organização.

Neste artigo, você vai entender qual foi a grande descoberta que obtive no meu mestrado sobre o processo de compra no EAD e quais são os fatores comportamentais que mais influenciam na escolha desse tipo de serviço. 
 

Os fatores de escolha no comportamento do consumidor

 

Fatores Culturais

 

   

 

A cultura é um conceito amplo e complexo, no qual um indivíduo, a partir da sua experiência pessoal, incorpora características e valores referentes à sociedade em que está inserido, facilitando a comunicação e a identificação com seus pares.  

Esse fator de comportamento de consumo está diretamente ligado às escolhas do indivíduo, já que a necessidade de determinado produto varia de acordo com a cultura. Da mesma forma, o fator cultural influencia o valor que o indivíduo dá ao objeto ou serviço e a relação com o mesmo após a compra. 

 

Fatores Sociais

 

   

 

São os aspectos relacionados à influência no comportamento de compra do indivíduo por meio de grupos, sejam eles primários, como familiares e amigos, ou secundários, como referências profissionais.

A classe social tende a apresentar grande influência no comportamento do consumidor. Enquanto pessoas de classes sociais mais altas tendem a buscar produtos e serviços com maior valor agregado e status relacionado, as classes sociais mais baixas costumam dar mais importância ao preço e às compras que cabem no orçamento

 

Fatores pessoais

 

 

 

São os fatores relacionados à personalidade do indivíduo, que é definida como as respostas pessoais consistentes aos estímulos ambientais e incentivos externos.

Esse aspecto é responsável pelas diferentes preferências que as pessoas apresentam e que fazem com que o consumidor escolha um produto ou serviço em vez de outro. 

 

Fatores psicológicos


 

   

 

Trata-se da maneira pela qual os indivíduos interpretam e processam as ideias referentes a uma determinada marca e/ou produto. Os fatores psicológicos que influenciam no comportamento do consumidor, por sua vez, estão ligados aos pessoais e à forma como o indivíduo recebe estímulos do ambiente.

No processo de compra, a percepção do indivíduo em relação à marca e aos produtos está relacionada à forma como as suas ideias recebem e processam as mensagens passadas por eles.

 

Metodologia

 

A pesquisa foi realizada no âmbito nacional, tendo como base a resposta de um questionário, destinado a usuários da rede de internet que se inscreveram em algum curso à distância nos últimos 24 meses.

Os dados necessários à condução do projeto foram coletados mediante a aplicação do

questionário estruturado on-line: survey. Nessa fase, foram mensurados os fatores que influenciam a compra de cursos na internet.

O questionário usado continha 30 questões que foram divididas pelos aspectos adotados, sendo o cultural com sete questões, o social com nove, o pessoal com oito e, por fim, o psicológico com seis, como pode ser observado na imagem abaixo:
 

 

Análise descritiva dos participantes

 

772 pessoas responderam ao formulário, sendo que 72,83% dos participantes tinham de 18 a 35 anos. Também pôde ser observada uma maioria do sexo masculino, como ilustra o gráfico abaixo:

 

 

Da mesma forma, também foi possível obter informações acerca do grau de escolaridade das pessoas que responderam o questionário, assim como da distribuição de renda entre os respondentes, em que pôde-se perceber que 68,77% dos respondentes afirmaram receber até 2 salários mínimos (465) e entre 2 e 4 salários mínimos (264).

 

 

O que descobri?

 

A partir da análise dos dados coletados, através do software MINITAB 18, foram identificadas as 3 mais relevantes variáveis respostas, em cada um dos quatro fatores que possuem influência no comportamento do consumidor de cursos do  EAD. 

 

Variáveis mais relevantes no aspecto social:

 

  • Orçamento (média 6,11);

  • Preço do curso (média 6,08);

  • Disponibilidade de tempo (6,00).

 

Variáveis mais relevantes no aspecto cultural:

 

  • Imagem e credibilidade da empresa (média 6,40);

  • Valores éticos da instituição (média 6,03);

  • Reconhecimento profissional oferecido pelo curso (média 5,98).

 

Variáveis mais relevantes no aspecto psicológico:

 

  • Confiança na instituição e nos cursos (média 6,47);

  • Necessidade de desenvolvimento pessoal (média 6,32);

  • Importância de se ter um certificado validado (média 6,32).

 

Variáveis mais relevantes no aspecto pessoal:

 

  • Necessidade de complementar o conhecimento (média 6,48);

  • Preocupação da instituição em oferecer serviços de qualidade (média 6,31);

  • Vantagem de ser uma instituição já reconhecida (média 6,19).

 

Em seguida, para identificar se existe ou não influência de características dos respondentes nos resultados, foram considerados parâmetros relacionados a gênero, faixa etária, grau de escolaridade e renda mensal, obtendo-se as seguintes conclusões:

 

  • Na estratificação do gênero, na abordagem social, podemos perceber que a avaliação das mulheres é 2,7% maior do que os valores apontados pelo gênero masculino; 

  • Na estratificação da renda, na abordagem social e na estratificação de renda no constructo psicológico, pode-se observar que a maior média é apontada por respondentes com renda de até 2 salários mínimos.

 

Além disso, através do método de análise de variância (ANOVA), foi possível categorizar a influência dos aspectos no processo de escolha por cursos no EAD pelo valor de suas médias. O resultado encontrado pode ser observado na imagem a seguir:

 

 

Dessa forma, a partir das conclusões fornecidas pela pesquisa, ações comerciais e de marketing por profissionais interessados em aumentar a conexão e a conversão do seu público alvo no EAD podem se tornar mais assertivas, de forma a proporcionar melhores resultados para as empresas. 

 

E aí, o que achou?

 

Entender os fatores de escolha no comportamento do consumidor é fundamental para a definição de estratégias mais efetivas e para uma melhora na tomada de decisões em um negócio.

Com certeza, foi de grande ajuda para a minha empresa, que pôde melhorar o ciclo de qualidade do serviço ou produto, satisfação do cliente e rentabilidade. 

A Voitto está sempre em busca de formas de melhor capacitá-lo e atendê-lo. E foi pensando nisso que criamos uma rede de ensino na qual você tem a oportunidade de estudar com referências em liderança e gestão, e de fazer diversos cursos com profissionais altamente qualificados.

O Voitto Premium é um plano de assinatura criado para quem está em busca de uma solução acessível para se preparar para os desafios do mercado ou para você que já está estabelecido, mas deseja dar o próximo passo em sua carreira..

No nosso clube de vantagens, os assinantes têm acesso aos cursos, mentorias, VoittoCast, Power Hacks, Let’s Grow, conteúdos exclusivos, além de uma rede de Networking conectada e engajada. Para saber mais, clique no botão abaixo:

 

Seja Premium 

 

Já imaginava quais eram os fatores que mais influenciam no comportamento do consumidor no EAD? Conte-me aqui nos comentários, assim como a sua opinião sobre o tema! 

Até mais!