Você sabe qual é o real significado da palavra liderança? Muitas pessoas se perdem tentando fazer uma definição precisa dessa palavra. Na maioria das vezes, a palavra liderança é relacionada com o ato de mandar. Bem, esse pensamento é totalmente ultrapassado, pois é comprovado que a liderança autocrática não consegue obter os resultados desejados.

Liderar é o ato de gerir, comandar e motivar um grupo de pessoas a atuar em prol de um objetivo comum. Pode ser algo natural de uma pessoa, ou pode ser algo adquirido através de muito treinamento e experiência.

Um líder deve inspirar os demais membros de sua equipe, pois ele é o responsável do grupo por fazer com que as pessoas sigam a sua direção. Ou seja, ele é o responsável por orientar o trabalho dos demais.

Traremos aqui 4 exemplos de líderes que revolucionaram a forma com que suas empresas lidavam com o mercado. Através de seus novos conceitos, essas organizações tiveram grandes resultados. Continue aqui com a gente e aprenda esses novos padrões de liderança trazidos por eles.

 

Os quatro CEO’s que criaram um novo perfil de liderança

 

Segundo a Harvard Business School, quatro líderes corporativos mudaram para sempre a gestão de pessoas e a liderança.

Quando esses 4 líderes se tornaram CEO’s, a crise econômica de 2008 estava assolando o mundo inteiro. Muito se especulava até sobre uma nova depressão do mercado, com um colapso da bolsa de valores e uma taxa de desemprego extrema

Os novos CEO’s, Indra Nooyi, Paul Polman, John Noseworthy e Richard Davis, pregavam que os negócios tinham que contribuir para a sociedade de uma maneira mais direta e não apenas gerar lucro. Além disso, eles acreditavam que as suas empresas deveriam beneficiar a todos: clientes, cada membro da organização, acionistas e a comunidade como um todo.

Através de seu novo estilo de liderança eles inspiraram inúmeros outros líderes ao redor do mundo, pois, através de suas atitudes conseguiram um enorme aumento de receita, ganhos para a empresa e, como consequência, o aumento da geração de empregos.

É muito importante se inspirar em bons exemplos. Para te ajudar a seguir esses bons exemplos trazidos por Nooyi, Paul, John e Richard, separamos um material exclusivo para você.

O nosso ebook sobre 5 práticas exemplares de liderança traz dicas incríveis de como se tornar um bom líder e alavancar a sua vida profissional. Através dele você vai ver que é possível adotar práticas concretas no seu dia a dia para melhorar sua atuação como líder e, como consequência, alcançar seus objetivos.

 

Ebook gratuito sobre as 5 práticas exemplares de liderança!

 

Agora iremos fazer uma análise dos tipos de liderança de cada um dos CEOs mencionados acima e como esses padrões foram importantes para o crescimento de suas respectivas empresas. Confira!

 

O político: Paul Polman, da Unilever

 

Paul Polman assumiu o cargo de CEO da Unilever no ano de 2009. Teve como foco a sustentabilidade e, devido a isso, implementou o Plano de Sustentabilidade da Unilever, aplicando tal medida à fabricação e ao fornecimento dos produtos da companhia. Através de seu plano ele venceu o prêmio Champion for Global Change Award, da Fundação das Nações Unidas, em 2014.

Seu trabalho também é voltado para o bem-estar dos consumidores. Segundo Polman, seu trabalho não é servir aos acionistas, mas sim servir aos consumidores da Unilever.

O maior desafio enfrentado por Polman foi quando a empresa Kraft Heinz fez uma proposta de US$ 143 bilhões para a compra da Unilever, no ano de 2017. Dentro de um prazo de 48 horas, o CEO recusou a oferta e convenceu a Heinz a fazer a retirada da oferta.

Após o acontecimento, Paul Polman traçou um plano de sete etapas para que o valor da empresa tivesse um acréscimo, mas claro, nunca deixando de lado seu compromisso com o meio ambiente. Desde então, as ações da Unilever subiram 20% enquanto as das Kraft Heinz caíram em 50%.

Muitas pessoas consideram Paul Polman um mistério. Algumas vezes elogia todos os benefícios trazidos pela preservação do meio ambiente, já no outro dia, cobra por resultados melhores. A grande verdade é que Polman é o tipo de líder que sabe conciliar muito bem a preservação do meio ambiente, o bem-estar dos membros da equipe e a geração de lucros.

 

A visionária: Indra Nooyi, da PepsiCo

 

A visionária!

 

A indiana, Indra Nooyi, chegou aos Estados Unidos no ano de 1978 para estudar na Universidade de Yale. Em 1994 ela entrou na PepsiCo e rapidamente teve crescimento profissional na empresa. No ano de 2006 ela assumiu o cargo de CEO.

Ela pode ser considerada uma mulher visionária, pois assumiu publicamente a obesidade como um grave problema de saúde, ressaltando como as indústrias de alimentos e refrigerantes impactavam diretamente nesse problema.

Nooyi, no ano de 2007, lançou a nova missão da PepsiCo, “Performance with Purpose”. Com essa nova missão, ela se propôs a reduzir a quantidade de sódio e açúcar dos refrigerantes e salgadinhos da marca. Tal medida foi muito bem vista pelos consumidores e isso trouxe um aumento de faturamento para a organização.

No ano de 2010, as ações da PepsiCo tiveram uma considerada queda, devido a isso Nooyi foi duramente criticada pelos acionistas. Ela respondeu às críticas através de um maior investimento em marketing e fortalecimento de sua equipe de liderança, mas claro, sem abrir mão de seus ideais.

Em 2012, as medidas tomadas por Nooyi trouxeram enormes resultados e a empresa teve um grande crescimento até o ano de 2018.

Indra Nooyi com certeza esteve à frente do seu tempo, reconhecendo que a indústria alimentícia tem influência direta no problema da obesidade. Nos dias atuais, isso impacta diretamente na decisão do consumidor e as empresas estão sendo obrigadas a mudar a forma como lidam com esse problema de saúde.

 

O curador: John Noseworthy, da Mayo Clinic

 

O curador!

 

John Noseworthy assumiu o cargo de CEO da Mayo Clinic no ano de 2009, quando o renomado centro médico estava passando por uma grave crise financeira.

O então novo CEO da empresa baseou sua liderança nos valores dos irmãos Mayo e na missão histórica da Mayo Clinic, que é de sempre colocar o paciente em primeiro lugar. Além disso, o CEO voltou os esforços da Mayo para pesquisas das doenças mais complexas enfrentadas pelos pacientes.

Noseworthy reorganizou a Mayo em um sistema inovador, onde existia um padrão único de atendimento para todos os clientes. Isso possibilitou atendimentos de alta qualidade e com redução nos custos.

John teve um papel muito importante na reestruturação da Mayo Clinic. Para se ter uma ideia, ele foi capaz de aumentar o faturamento anual da empresa em US$ 12 bilhões. Esse aumento foi devido à redução de custos e à melhoria da qualidade dos atendimentos clínicos.

Podemos considerar que a liderança de John Noseworthy foi totalmente centrada nas pessoas, sempre se preocupando com o bem-estar dos pacientes. Devido a isso, ele sempre será lembrado como um líder de sucesso.

 

O líder servo: Richard Davis, da US Bancorp

 

Richard Davis é um caso de superação. Teve seu início de carreira como um caixa de banco e tornou-se o banqueiro comercial de maior sucesso nos Estados Unidos, quando foi nomeado pela US Bancorp como CEO da instituição.

Tendo Richard como líder, o US Bancorp tornou-se o sétimo maior banco da América. O CEO teve um padrão de liderança único, em que soube lidar muito bem com todas as crises enfrentadas.

Durante a crise de 2008, ele conduziu o banco de forma a não cometer falhas, não tomando medidas precipitadas como as que levaram inúmeros outros bancos a decretarem falência.

Preocupado com os impactos gerados pela crise financeira na sociedade, Davis assumiu a presidência Financial Services Roundtable. Neste cargo, pôde trabalhar diretamente com o então presidente, Barack Obama, e líderes do congresso dos Estados Unidos. Tomou inúmeras medidas para o reaquecimento da indústria.

Richard Davis acredita que a liderança deve ser exercida de forma a melhorar a sociedade como um todo. Ele é considerado um líder servo, pois, como ele mesmo diz, o papel de um líder é adentrar a comunidade e contribuir da melhor forma possível.

O CEO da US Bancorp sempre será lembrado por ser um líder que possui uma integridade inabalável, que coloca os interesses da sociedade à frente dos seus, sendo fonte de inspiração para muitos outros líderes.

 

Hora de aplicar esses novos padrões de liderança na sua vida

 

É inegável que Nooyi, Polman, Noseworthy e Richard definiram novos padrões de liderança, estando assim à frente de seu tempo.

Para conseguir melhorar sua capacidade de liderança é muito importante que você siga os passos desses CEO’s, aplicando-os tanto na sua vida profissional quanto na sua vida pessoal.

Nós, da Voitto, queremos que você se torne um grande líder e, para isso, estamos trazendo aqui um curso que vai ser a solução para os seus problemas.

Confira nosso curso totalmente gratuito de Introdução ao Lean Manufacturing.Neste curso, você conhecerá mais dessa filosofia e as suas principais ferramentas.


Clique no botão abaixo e inscreva-se!

 

Curso gratuito de introdução ao Lean Manufacturing!

 

Por último, mas não menos importante: não deixe de comentar abaixo, seu feedback é  imprescindível para produzirmos um conteúdo de boa qualidade.