O que é Learning Agility?
9 pilares da Learning Agility por Warner Burke
5 fatores da Learning Agility pelo Instituto Korn Ferry
Qual é a importância dela para as empresas?
Características de pessoas com agilidade de aprendizado
5 ações para desenvolver a Learning Agility nas suas equipes
Venha ser um profissional cada vez mais completo com a Voitto!

Learning Agility: um conceito valioso para uma liderança de sucesso

Learning agility representa o caminho mais curto para descobrir estrelas no seu time. Aplique e obtenha resultados na gestão de pessoas.

Parceiro
Por: Parceiro
Learning Agility: um conceito valioso para uma liderança de sucesso

Learning Agility é um conceito muito valorizado no universo profissional. A explicação está na busca constante das empresas por pessoas com versatilidade para aprender novos conhecimentos.

Sendo assim, o método — relativamente recente — destaca-se como uma ferramenta empresarial capaz de trazer benefícios interessantes. Descubra o que é a Learning Agility e como aplicá-la na gestão de pessoas para qualificar seu time!

O que é Learning Agility?

Learning Agility é um conjunto de práticas e comportamentos aplicados para desenvolver o aprendizado rápido. O método representa também uma mentalidade empresarial, capaz de ajudar as pessoas a conquistarem novas habilidades, consciente e continuamente.

Com a Learning Agility, o aprendizado chega pela experiência e como um propósito. Os profissionais adquirem conhecimento pela superação de desafios mais complexos, alcançando patamares prósperos, mesmo diante das mudanças.

Uma característica interessante do método é a capacidade de desenvolver competências para a vida toda, ajudando o sujeito em todos os aspectos. Além disso, verifica-se que pessoas com agilidade para aprender também conseguem “desaprender” aqueles comportamentos nocivos que atrapalham sua evolução.

Nesse contexto, a habilidade de esquecer pontos negativos para aprender novamente, do jeito certo, é chamada reskilling.

Breve histórico do Learning Agility

Embora muito difundido pelo RH como um conceito ligado aos processos seletivos, o Learning Agility ganhou espaço também na gestão de pessoas. Além disso, o método não é novidade.

Isso porque, ele foi desenvolvido depois de muita pesquisa conduzida pelo professor de psicologia Dr. Warner Burke, da Universidade de Columbia. Durante 5 anos, o especialista acompanhou executivos para aprimorar a técnica, até desenvolver o The Burke Learning Agility Inventory, um dos relatórios mais completos sobre o tema.

Com o estudo, Burke identificou quais traços de personalidade e de comportamento conseguem definir o Learning Agility. A partir disso, o professor definiu 9 características que representam os pilares do método.

Outra vertente a respeito do método foi desenvolvida pelo Instituto Korn Ferry, fundado em 2008, em Los Angeles. O centro de estudos desenvolveu 5 fatores que definem o Learning Agility. Ambos os estudos se complementam, como veremos a seguir.

9 pilares da Learning Agility por Warner Burke

Ao mapear traços de comportamento e de personalidade comuns no grupo de executivos, Warner Burke elaborou 9 fundamentos da teoria.

1. Flexibilidade

Considerada uma das características positivas do processo, ter flexibilidade significa estar aberto a novas possibilidades e diferentes formas de solucionar problemas.

2. Agilidade

É a capacidade de testar ideias com rapidez, na prática, e, ao final, aprender com os resultados, sem perder tempo com reflexões que não levam a nada. O ensinamento desse pilar é não esperar a excelência de um produto ou ideia para apresentá-la. Agilidade é trazer a ideia para a prática, quanto antes.

3. Experimentação

Significa aplicar novos conhecimentos para alcançar os resultados, ainda que a experiência não tenha definição sobre o caminho a percorrer.

4. Tomada de risco em performance

Esse pilar representa desafiar as próprias capacidades em novas áreas, mesmo que encontre tarefas e funções desconhecidas ou para as quais não esteja preparado. Ainda assim, o indivíduo consegue compreender a ação como um aprendizado.

5. Tomada de risco interpessoal

É o ato de assumir riscos ao confrontar as pessoas para defender ideias próprias, enquanto identifica pontos fortes e eventuais falhas. Essa discussão serve para aprendizagem ou para complementar o raciocínio.

6. Colaboração

Esse pilar defende que a participação em projetos com outras pessoas permite acompanhar o desenvolvimento das ideias, na prática. Com isso, o participante aprende novas maneiras de fazer e pensar. Assim, simultaneamente, ele consegue contribuir com ideias e vivências.

7. Coleta de informações

Para desenvolver o Learning Agility com maestria, devemos buscar novas informações, sem ficar acomodado sobre conhecimentos já adquiridos.

8. Busca de feedback

É contar com avaliações externas, buscando percepções diferentes sobre o próprio trabalho. Desse modo, conseguimos aprimorar pontos críticos e desenvolver soft skills para qualificar a carreira.

9. Reflexão

Esse pilar defende que as práticas devem ser revistas constantemente. O objetivo é reconhecer o que funciona e traz resultados, além de substituir métodos que não estão dando certo.

5 fatores da Learning Agility pelo Instituto Korn Ferry

Da mesma forma, o Instituto Korn Ferry estabeleceu 5 fatores para definir o método Learning Agility.

1. Autoconsciência

Significa ter autoconhecimento, conhecendo pontos fortes e fracos para refletir sobre eles, buscando feedbackse insights constantes.

2. Agilidade mental

É a capacidade de estabelecer conexões entre áreas diferentes, mantendo a curiosidade e aceitando a complexidade ao redor.

3. Agilidade interpessoal

É ter a mente aberta em relação aos colegas, gostar de interagir com pessoas diferentes, praticar a escuta ativa e não tomar como pessoal as divergências de trabalho.

4. Agilidade para mudanças

Representa o desejo de transformar situações e explorar possibilidades.

5. Agilidade para resultados

É a entrega de bons resultados e o apreço pelos desafios, embora a situação seja difícil.

Qual é a importância dela para as empresas?

O Learning Agility é um método perfeitamente aplicável na rotina das empresas, trazendo benefícios, já que é importante como mentalidade empresarial e como fator de desenvolvimento para os colaboradores. Conheça as vantagens:

●     promove eficiência no recrutamento: especialmente com modelos de análise preditiva que consideram a agilidade de aprendizagem para mapear perfis;

●     melhora a gestão da inovação: a transformação digital exige agilidade e flexibilidade para adaptar-se. O Learning Agility é fundamental para trazer novidades e promover mudanças;

●     desenvolve lideranças: habilidades de liderança como agilidade, flexibilidade e bom relacionamento permitem identificar colaboradores para cargos de sucessão.

Características de pessoas com agilidade de aprendizado

Até este ponto do artigo, tratamos sobre a teoria do Learning Agility. Entretanto, é interessante conhecer como a metodologia se apresenta na prática, no cotidiano do mundo corporativo.

Para ilustrar e exemplificar, mostraremos como um profissional com aprendizado ágil se relaciona em três situações: na aquisição de conhecimento, diante de um desafio e nos relacionamentos.

Buscando conhecimento

O profissional com habilidade Learning Agility consegue relacionar conceitos de diferentes áreas para entregar resultados. Trata-se de uma pessoa autocrítica e inquieta que assimila novas informações e busca desenvolver-se constantemente.

Por isso, procura aprender mais e com qualidade. No horizonte desse indivíduo, toda experiência ensina uma lição.

Imagine um profissional da Gestão de Pessoas utilizando o método de design thinking para solucionar problemas. Ainda, aplicando técnicas de copywriting para promover o engajamento dos colaboradores. Significa que, embora de outra área, o colaborador usa conhecimentos de Produto e de Marketing no cotidiano.

Enfrentando desafios

Profissionais com capacidade de aprendizagem rápida se relacionam bem com incertezas e riscos, características comuns em projetos desafiadores. Nesses casos, ter inteligência emocional faz a diferença, mantendo o profissional tranquilo para enfrentar as adversidades.

Os desafios trazem oportunidades de experimentar novas abordagens, apesar das incertezas. Nesse sentido, pessoas Learning Agility conseguem recalcular a rota e até alterar o destino, se for preciso.

Relacionando-se

O caráter ágil dos profissionais Learning Agility transpassa para o trato com outras pessoas. Eles gostam de cultivar relações sinceras, maduras e eficientes, especialmente no trabalho em equipe.

A característica de ser aberto para receber feedbacks e aceitar pontos de vista diferentes faz desse profissional alguém sempre em busca de críticas construtivas.

Nesse contexto, o profissional procura maturidade nas relações e demonstra isso nas atitudes, inclusive para ter melhores experiências de trabalho, sempre em busca de soluções, onde suas ideias são compartilhadas com gestores e líderes.

5 ações para desenvolver a Learning Agility nas suas equipes

Equipes de alta performance conseguem equilibrar hard e soft skills. Essa condição representa o cenário ideal para as empresas. No entanto, muitas vezes, a gestão de pessoas precisa desenvolver certas habilidades no time para compensar o que falta.

Conheça 5 dicas para qualificar os colaboradores e prepará-los para exercitar o aprendizado ágil e atingir resultados:

  1. Avalie o momento atual da equipe, considerando desempenho e objetivos;
  2. Promova um ambiente fértil e aberto para trocar experiências e feedbacks;
  3. Ofereça treinamentos sobre o Learning Agility;
  4. Invista em programas de desenvolvimento;
  5. Conecte pessoas a projetos que fazem sentido para elas e estão alinhados com o propósito de cada um, promovendo a felicidade no trabalho.

Em suma, o conceito aqui apresentado pode ser aplicado diariamente em todos os setores da organização. Basta ter flexibilidade, adaptabilidade e vontade de aprender em diferentes situações. Desenvolva sua equipe e descubra como ter uma liderança de sucesso!

Acesse o RH Portal e descubra novas possibilidades para aplicar hoje mesmo.

Venha ser um profissional cada vez mais completo com a Voitto!

Confira o eBook Scrum para Gestão ágil de Projetos e se especialize ainda mais na área!

Você vai conhecer todos os eventos, artefatos, papéis desempenhados e as barreiras encontradas na implementação da Metodologia Scrum, utilizada como forma de gerenciamento de projetos em 58% das maiores referências ágeis do mundo todo.

Metodologia Ágil vem sendo cada vez mais essencial para o mercado de trabalho, já que devemos estar preparados para nos adaptar às mudanças de forma rápida, sem desperdiçar tempo e agregando o maior valor possível ao cliente.

Não perca tempo! Baixe o seu agora!

Ebook Scrum para Gestão ágil de Projetos , baixe agora!

Banner do curso "Introdução ao Agile Scrum"

QUER RECEBER CONTEÚDO VIP?

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

Respeitamos sua privacidade e nunca enviaremos spam!

voitto.com.br

© Copyright 2008 - 2024 Grupo Voitto - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

[Curso] Introdução Agile Scrum

Para baixar o material, preencha os campos abaixo:

Possui graduação completa?

Concordo em receber comunicações de acordo com a Política de Privacidade.