Você tem dificuldade em dizer “não” para as pessoas? Está sempre buscando agradar os outros e tem medo de perder amizades por recusar convites ou pedidos?

Se você respondeu sim a essas perguntas, você está no lugar certo.

A tarefa de se posicionar em algumas situações pode ser complicada para algumas pessoas e demonstra a falta de inteligência emocional.

Mas, se você já reconhece essa dificuldade, saiba que está no caminho para  solucionar o seu problema.

Ao longo deste artigo vamos falar sobre:

  • Por que é difícil dizer não?
  • A importância de aprender a dizer não;
  • 7 dicas para dizer não.

 

Preparada(o) para aprender a dizer não?

 

Por que é difícil dizer não?

 

Dizer não é uma tarefa difícil, pois, na maioria das vezes, temos a necessidade de agradar os outros, sermos solícitos e não decepcionar ninguém.

Mas existe um vilão por trás dessa atitude e o seu nome é sabotador.

Temos a falsa crença de que dizer “não” causa a impressão de individualidade, de egoísmo e de falta de educação. Porém, isso é um mito.

Às vezes, pensamos que, ao dizer um “sim”, estamos ajudando o outro ou assumindo responsabilidades, mas, na maioria das vezes, estamos carregando um fardo que não é nosso.

Um dos fatores que nos levam a tomar essa atitude é a falta de clareza sobre o nosso propósito de vida, as nossas prioridades, os nossos sonhos e os nossos valores.

Você sabe qual é o seu perfil profissional? Descubra-o por meio do nosso Teste DISC.

Teste DISC: Descubra o seu perfil profissional

Ele se baseia na teoria desenvolvida pelo psicólogo William Moulton e afirma a existência de quatro traços básicos de comportamento. Descubra qual é o seu clicando no botão abaixo!

Vamos entender a importância de dizer não?


 

A importância de aprender a dizer não

 

Aprender a dizer não é fundamental para a sua saúde mental, para impor limites e para você obter sucesso na sua carreira profissional.

Quando dizemos não para para alguém ou para uma situação, estamos dizendo sim para nós mesmos, para o que definimos como prioridade.

Ao dizer sim para uma situação que não queremos, estamos nos anulando, estamos colocando o problema do outro em uma posição de superioridade em relação aos nossos.

No ambiente profissional, também é importante exercitar essa habilidade para evitar sobrecarga e apresentar melhores resultados, visto que, assim, você terá mais tempo para se dedicar às suas tarefas, sendo mais produtivo.

Quer aprender a dizer não? Então, confere as dicas do próximo tópico!


 

7 dicas para dizer não

Para que você possa desenvolver a capacidade de dizer não e fazê-la com mais facilidade, sem sentimento de culpa, separamos algumas dicas práticas que vão te ajudar. Vamos conferir?

 

1. Estabeleça prioridades

 

É importante você ter controle do que é prioridade para você.

Se você tiver dificuldades quanto a isso, utilize uma agenda, um bloco de notas ou técnicas como a matriz de Eisenhower e a análise SWOT pessoal.

 

2. Seja honesto e educado

 

Quando você tiver que dizer não, procure sempre ser honesto com a outra pessoa. Não fique dando voltas ou inventando desculpas. Deixe bem claro o motivo pelo qual você não pode ajudar a pessoa naquele momento.

É importante você fazer uma análise da situação, se for o caso, explique a pessoa que naquele momento você não pode ajudá-la, mas depois, se ela ainda precisar de ajuda, deixe claro que você está disposta(o) a ajudar.

Se não for esse o caso, procure apontar outras soluções para a pessoa, assim você estará ajudando ela mas sem comprometer as suas tarefas.

 

3. Não queira sempre agradar as pessoas

 

A necessidade de sempre agradar alguém está relacionada ao medo do que os outros vão pensar, o que significa falta de autoaceitação.

Pense por um momento.

Se você dizer não a uma pessoa, usando apenas a dica acima e ela ficar brava ou com raiva de você, isso significa que ela não está sendo empática.

Mas calma. Não é pra sair por aí julgando os outros. Isso serve para você analisar uma situação de forma crítica.

Se você explicar para alguém o motivo de você não ajudá-la e essa pessoa virar as costas para você, não significa que você foi rude, apenas demonstra que você está valorizando as suas prioridades e o outro precisa entender isso.

E isso nos leva a próxima dica.

 

4. Cuide de você

 

É preciso olhar para si mesmo com compaixão, exercitar o seu amor próprio e respeitar os seus limites.

Você não tem a obrigação de fazer tudo o que te pedem, principalmente se isso for ferir os seus valores.

Procure se autoconhecer, valorizar os seus planos e sonhos.

 

5. Encontre o equilíbrio entre o “sim” e o “não”

 

Dizer não é tão importante quanto dizer sim, por isso é importante a autocrítica. Entender cada situação, desenvolver a flexibilidade cognitiva e exercitar o seu senso colaborativo.

Assim, como dizer “não” ajuda você a ser produtivo e priorizar a sua carreira, dizer “sim” as oportunidades que aparecem pode abrir portas para novos desafios e aprendizados.


 

6. Trabalhe a sua inteligência emocional

 

Desenvolver a inteligência emocional significa trabalhar cada um dos seus pilares.

Ela nos permite uma jornada de autoconhecimento e nos ajuda a desenvolver o nosso controle emocional, o que nos permite lidar com as nossas emoções e sentimentos de forma madura.

A inteligência emocional também nos faz identificar e lutar contra os nossos sabotadores internos, nos impedindo de sermos reféns do medo e de pensamentos negativos.

 

7. Não tenha medo do conflito

 

Na maioria das situações, evitamos dizer não para que um conflito ou uma situação ruim não seja gerada. Mas tudo tem limites, não é mesmo?

É importante ter em mente que um conflito pode não ser ruim, mas uma oportunidade de olhar uma situação por uma perspectiva diferente.

Você sabia que temos um curso sobre Gestão de Conflitos?

Durante o curso, você aprende a transformar conflitos negativos em positivos, se prepara para usar a comunicação verbal e não verbal a seu favor, a reconhecer problemas e transformar o ambiente de trabalho em um lugar harmonioso e produtivo.

Está interessada(o)? Então, clique no botão abaixo e se inscreva!

Curso de Gestão de Conflitos