A demanda por mais qualidade e produtividade passou a ser fator obrigatório para que empresas se mantenham ativas em seus particulares mercados de atuação.

Soluções e ferramentas empresariais de grande eficiência são, cada vez mais, uma necessidade. Então, qual a melhor solução para sustentar a competitividade?

Para sobreviver ao mercado, muitas companhias vêm adotando a estratégia Seis Sigma.

Para saber mais a fundo sobre a estratégia e como implantá-la, trago duas ótimas dicas de e-books da Voitto para download: O que é e como funciona o Seis Sigma e o Guia definitivo de implantação do Seis Sigma.

A estratégia Seis Sigma, adaptada em um programa de melhoria, consegue envolver todos os colaboradores e setores chave da organização, ajustando o foco de toda equipe ao resultado final - que deve ser de longe o fator mais importante a ser buscado em tempos de crise e retração na economia.

A estratégia Seis Sigma conta com um sistema funcional muito bem estruturado, que permite transparecer com clareza e objetividade as responsabilidades de cada membro e demais participantes, garantindo assim o pleno funcionamento e o sucesso de sua implementação.

A seguir eu listei questões indispensáveis para empresas que querem sobreviver nesta crise, aumentando sua atratividade de mercado e elevando, assim, seus resultados financeiros e qualitativos. Vamos conhecê-las?

 

5 razões para adotar a estratégia Seis Sigma

 

1. Acrescenta maior vantagem competitiva

 

Esta é uma condição decorrente dos ganhos gerados pelos projetos implantados na empresa.

Com um time treinado e capacitado através do uso das mais refinadas ferramentas analíticas e da qualidade, os problemas e as oportunidades de melhoria são mais facilmente resolvidos, reproduzindo, assim, melhores resultados monetários para a companhia que usufrui da estratégia Seis Sigma.

Com a eliminação contínua de problemas e desperdícios, os custos e gastos decorrentes deles tornam-se lucro para a empresa.

E, através deste lucro, a empresa agora pode revisar suas estratégias de venda tornando-as mais vantajosas e atrativas para seus clientes, além de também poder investir em novos sistemas e equipamentos que transformem o processo da companhia ainda mais enxuto e eficaz.

 

2. Torna processos mais eficientes e eficazes

 

O foco da estratégia Seis Sigma é a melhoria de desempenho, quanto a isto não se resta dúvida. Mas melhoria de desempenho em quê? Nos processos estratégicos: tanto fabris, quanto administrativos da organização. Tenho certeza de que concordará comigo de que qualquer processo contém inúmeras variáveis, correto?

A chave para reduzir sua variabilidade é saber gerenciá-la da forma mais eficiente possível. Não é a toa que, em sua formação de especialidades, a estratégia Seis Sigma conta com uma quantidade gigantesca de técnicas estatísticas para aperfeiçoamento do poder de tomada de decisão.

 

3. Entrega produtos com maior qualidade

 

A forma defasada de avaliar a qualidade de um produto foi, durante várias décadas, empregada através da técnica de inspeção tradicional, você se lembra? Produtos eram fabricados e, somente ao final da cadeia produtiva, avaliava-se a sua conformidade e qualidade.

Esta é uma prática que a estratégia Seis Sigma busca eliminar ao máximo. Como? Através do controle efetuado diretamente no processo, não mais no produto. É somente atuando e controlando o processo, que se torna cabível produzir e entregar materiais e informações com maior performance.

Para exemplificar o que estou te dizendo, a estratégia Seis Sigma é condizente com seu nome: possibilitar que processos produzam produtos perfeitos que não gerem a necessidade de retrabalho ou sucata, onde o desempenho Seis Sigma é atrelado as chances de produzir defeitos em apenas 3,4 de 1 milhão de oportunidades.

Já parou para imaginar em quanto sua empresa economizaria com isto?

 

4. Otimiza o fluxo de material e o tempo de entrega

 

Com processos mais produtivos, flexíveis e mais confiáveis, o prazo de entrega para os pedidos de clientes pode então ser reduzido, não é verdade? Um prazo de entrega reduzido pode significar para a companhia duas coisas:

a) Fornece maior satisfação para seus clientes: deste modo, eles agora conseguem receber mais vezes estes produtos em um menor intervalo de tempo, viabilizando, assim, a redução destes materiais em seu próprio estoque, favorecendo, inclusive, o giro mais rápido de seu fluxo de caixa;

b) Aumenta a flexibilidade para produção de outros pedidos: o processo de produção está mais flexível e confiável, assim, é possível, nesta ocasião, programar a sua demanda semanal e mensal para atender mais pedidos e satisfazer mais clientes, facilitando até mesmo a conquista de outros.

 

5. Promove a interação entre áreas e fornecedores

 

Cada área de uma organização possui suas peculiaridades, isto inclui até seus fornecedores. Até pouco atrás – quando ainda não existia a estratégia Seis Sigma - toda a responsabilidade de melhorar o desempenho final através do funcionamento e da interação de cada envolvido dentro desta cadeia empresarial era apenas dos gestores.

Responsabilidade esta um pouco extensa, não acha?

Portanto, é justamente com este enfoque que a estratégia Seis Sigma busca atuar. Através dos interesses estratégicos destes dirigentes da companhia, os profissionais Seis Sigma conseguem traduzir as exigências em metas pelas quais possam ser desdobradas e divididas em cada setor e fornecedores chave. Beneficia-se, assim, o gerenciamento de melhores resultados por toda a organização.

 

Que tal conhecer mais?

 

Convido você para conhecer os treinamentos de Lean Seis Sigma em nosso site e a se inscrever no curso de White Belt gratuito da Voitto. Será um prazer ajudá-lo em seu desenvolvimento profissional!