A blockchain certamente está entre as tecnologias mais disruptivas do século XXI. Quando ela surgiu, acreditavam que a complexidade dela seria um impedimento para a sua aplicação em atividades do dia a dia. 

No entanto, muitas empresas já estão fazendo o esforço de aplicar a blockchain como solução (BaaS) dentro de seus negócios. E é com esse objetivo que a Hyperledger surgiu!

Espera, você não sabe o que é Hyperledger? Pois não precisa se preocupar, porque, nesse artigo, você vai descobrir:

  • O que é a Hyperledger?
  • Os principais conceitos dessa tecnologia;
  • Requisitos da Hyperledger;
  • 5 ferramentas utilizadas dentro dessa rede;
  • Projetos desenvolvidos na Hyperledger.

Prepare-se para desbravar um pouco mais esse mundo da blockchain. Siga a leitura!

 

O que é Hyperledger?

 

A Hyperledger é um ambiente de desenvolvimento de soluções criado pela Linux Foundation para as indústrias e empresas utilizando a tecnologia blockchain.

De acordo com a página oficial do projeto:

Hyperledger é uma comunidade open source (código aberto) focada no desenvolvimento de um conjunto de estruturas estáveis, ferramentas e bibliotecas para implementações de blockchain a nível empresarial.

Ela serve como um local neutro para várias estruturas de Distributed Ledger (Razão Distribuída), incluindo Hyperledger Fabric, Sawtooth e Indy.

Ela não é uma blockchain, tampouco uma empresa ou uma BaaS.

O projeto, liderado por Brian Behlendorf, ex-diretor executivo do Grupo Apache, envolve desenvolver protocolos e funcionalidades modulares distribuídas que podem ser utilizadas por diferentes usuários.

Existem empresas associadas que apoiam o projeto: IBM, Intel, JP Morgan, ANZ Bank, Accenture e muitas outras, que visam aplicar a blockchain em seus negócios.

Parece confuso? Tente imaginar um grupo de programadores financiados por grandes empresas de tecnologia, criando softwares por meio da blockchain, que podem ser utilizados na indústria A e na empresa B em qualquer lugar do mundo. De uma forma bastante simples, é assim que a Hyperledger funciona.

Ser programador de um projeto como esse não deve ser fácil. Mas, se um dia, você quiser se aventurar na Hyperledger ou em outros projetos envolvendo programação, você precisa desenvolver suas habilidades em criar códigos.

Por isso, preparamos um curso de fundamentos essenciais para python, para ser o primeiro passo no seu desenvolvimento em programação.

Nele, você aprende os fundamentos da lógica de programação, como utilizar Python para resolver problemas e para lidar com processamento de dados. Bem legal, não é mesmo?

Então clique no botão abaixo e se inscreva!

Curso de fundamentos essenciais de python

Agora, vamos conhecer alguns termos que são utilizados dentro do projeto Hyperledger e entender um pouco mais do ele se trata. Preparado? Continue lendo o texto.

 

Principais conceitos da tecnologia Hyperledger

 

Como a Hyperledger tem o objetivo de criar um ambiente no qual qualquer pessoa ou empresa pode criar softwares utilizando blockchain. Assim, ela precisa possuir um certo nível de extensibilidade, modularidade e interoperabilidade. Vamos conhecer cada um desses conceitos agora!

 

Extensibilidade

A extensibilidade diz respeito a não restrição do número de novas aplicações dentro da Hyperlegder. Dessa forma, aumenta a cobertura de soluções para os mais variados problemas.

 

Modularidade

A Hyperledger possui um grupo de empresas associadas, que produzem tecnologias para sustentar o projeto. No entanto, a modularidade é um princípio que permite a participação de empresas não associadas no desenvolvimento de soluções na Hyperledger.

 

Interoperabilidade

Desenvolver um projeto que garante a interoperabilidade significa que softwares e hardwares diferentes sejam capazes de executar e criar as aplicações Hyperledger.

Esses três conceitos, que são encarados como princípios, fazem a proposta do projeto integrador de blockchains mais clara.

Para compreender ainda mais sobre o tema, você vai ler sobre os requisitos que esse ambiente de desenvolvimento toma como prioridade.

Vamos lá?

 

Requisitos propostos da rede Hyperledger

 

No tópico anterior, você conheceu os princípios da Hyperledger. Agora, você vai aprender quais são os requisitos operacionais dentro desse projeto.

 

Transações privadas

O projeto foca em desenvolver diferentes aplicações de criptografia, como a função hash a fim de garantir a segurança das operações internas dos usuários criando contratos inteligentes, também conhecidos como smart contracts.

 

Identidade

Para aumentar a segurança dos usuários, o projeto garante protocolos de anonimidade invioláveis.

Se uma empresa multinacional precisa realizar uma ação, que envolve a aprovação de diferentes diretores em diferentes partes do mundo, ela pode utilizar os mecanismos de anonimato e de unique approach consensus (abordagem consenso único) para consultar os diretores e tomar uma decisão validada.

 

Interoperabilidade

Lembra que a Hyperledger não é uma blockchain?

Ao invés de ter criado a própria cadeia de blocos, o projeto busca integrar e operar cadeias já existentes como a Bitcoin e a Ethereum, combinado aspectos de cada uma para criar soluções.

 

Portabilidade

A portabilidade se refere à capacidade dos softwares da Hyperledger funcionarem da mesma forma em diferentes ambientes computacionais.

A figura a seguir resume os requisitos dessa tecnologia. Olha só:

Requisitos propostos da rede Hyperledger

Depois de entender esses requisitos, é a hora para ver quais são as ferramentas utilizadas na Hyperledger e como elas contribuem para o desenvolvimento de projetos.

 

5 ferramentas da Hyperledger

 

As principais ferramentas desse projeto são Caliper, Cello, Composer, Explorer e Quilt. Saiba mais sobre cada uma delas a seguir!

 

1. Caliper

 

O Caliper é uma ferramenta de benchmarking de blockchain aplicada na medição do desempenho de uma implementação de uma cadeia de blocos com um conjunto de casos de uso predefinidos.

 

2. Cello

 

O Cello é um painel operacional para blockchain e contribui para a redução do esforço necessário para criar, gerenciar e usar as cadeias de blocos. Ele também pode ser aplicado para facilitar a criação de aplicações BaaS.

 

3. Composer

 

O Composer é um conjunto de ferramentas de colaboração para a construção de redes de negócios na cadeia de blocos.

Por meio dele, proprietários de empresas e desenvolvedores conseguem criar contratos inteligentes e aplicativos de blockchain de maneira simples e rápida para resolver problemas de negócios.

 

4. Explorer

 

O Explorer é um aplicativo da Web fácil de usar, aplicado na visualização de códigos da blockchain e famílias de transações, bem como qualquer outro dado relevante armazenado no livro-razão (ledger).

 

5. Quilt

 

O Quilt é uma ferramenta para empresas que permite criar uma rede de pagamentos com criptomoedas ou moedas fiduciárias.

Ferramentas como as que foram apresentadas são utilizadas para criar os projetos dentro da Hyperledger. Quer conhecer que projetos são esses? Desça o texto e confira!

 

Projetos desenvolvidos na Hyperledger

 

Os projetos da Hyperledger são criados por uma empresa associada ou pelos desenvolvedores da rede. Descubra quais são os projetos mais famosos agora!

 

Hyperledger Sawtooth

O projeto Sawtooth oferece um mecanismo de consenso mais prático para validar transações que envolvem um alto número de nós na rede.

Ele foi utilizado pela empresa ScanTrust para trazer mais transparência à cadeia de suprimentos tanto para a empresa quanto para os consumidores.

 

Hyperledger Fabric

O Hyperledger Fabric é o projeto de consenso criado pela IBM e utilizado pela rede de supermercados Walmart para verificar a origem e qualidade dos produtos que oferecem em suas prateleiras.

O tempo de rastreabilidade de mangas vendidas nas unidades estadunidenses do Walmart caiu de 7 dias para 2,2 segundos utilizando a tecnologia blockchain.

 

Hyperledger Indy

De acordo com a Federação Canadense de Negócios Independentes (CFIB), as empresas gastam mais de 10 bilhões de dólares canadenses por ano com burocracias desnecessárias.

O Hyperledger Indy surgiu para auxiliar o governo canadense na documentação e validação de empresas, fornecendo uma grande rede de informações conectadas e confiáveis. Isso reduz essas burocracias e agiliza as operações entre governo e empresas privadas.

 

Chega de leitura e hora da ação!

 

Nesse artigo, você conheceu alguns aspectos que envolvem o ambiente Hyperledger e viu como as empresas e órgãos governamentais estão aplicando a blockchain para resolver diferentes tipos de problemas.

O meio empresarial está cada vez mais tecnológico e procurando soluções para expandir negócios.

Se você quiser participar de empresas que estão em expansão, você precisa desenvolver suas habilidades em tecnologia, análise de dados para tomada de decisão e resolução de problemas.

Essas são algumas das habilidades que você desenvolve no nosso curso de introdução ao Power BI, o software para análise inteligente de negócios da Microsoft.

Nele, você aprende a criar relatórios para visualizar e analisar informações de maneira ágil, realizar análises em diferentes níveis dentro de uma empresa e fazer a integração Power BI e Excel.

Preparado para crescer? Então clique no botão abaixo e se inscreva no curso!

Curso de introdução ao Power BI.