Você provavelmente já ouviu falar sobre planejamento e controle de produção (PCP), certo?

É imprescindível planejar, programar e analisar sistemas de produção em uma empresa. E, para isso acontecer, entra em cena o cargo de Analista de PCP, que vamos abordar nesse artigo.

Ficou interessado? Veja abaixo quais tópicos serão abordados no texto:

  • O que faz o Analista de PCP?
  • Qual formação o Analista de PCP precisa ter?
  • Quais são as principais responsabilidades do Analista de PCP?
  • Quanto ganha em média um Analista de PCP?

E aí, vamos nessa?

 

O que faz o Analista de PCP?

 

O Analista de PCP, como o próprio nome descreve, analisa o planejamento, controle e programação de uma indústria. Mas a sua função não se resume só a isso.

Ele controla a matéria-prima e insumos necessários à produção, planeja a manutenção de máquinas e equipamentos, além disso ele organiza as informações por meio de relatórios e fichas de instruções de trabalho.

O Analista de PCP atua principalmente nos setores de produção e logística, que são fundamentais para fazerem a empresa produzir visando sempre a melhoria contínua.

Para saber mais do assunto, não perca essa chance e descubra como otimizar e reduzir custos da sua empresa e faça o curso GRATUITO de Introdução ao Lean Manufacturing!

O Lean Manufacturing é uma metodologia que tem como objetivo eliminar os desperdícios no processo produtivo, dessa forma nesse curso você vai aprender quais são os 5 princípios do Lean, os 8 principais despedícios, conhecer o ciclo PDCA e as ferramentas da qualidade! Não perca tempo e inicia o curso gratuito agora mesmo clicando no botão abaixo:

Curso de Introdução ao Lean Manufacturing

 

Qual formação o Analista de PCP precisa ter?

 

Para seguir a carreira de Analista de PCP, é fundamental estudar sobre os fundamentos de administração de empresas, mas sobretudo sobre otimização e manutenção de processos.

Portanto, os cursos desejados que esse profissional deve ter são Engenharia de Produção e Administração.

Vale destacar que é altamente recomendado que o Analista de PCP continue fazendo cursos complementares para se atualizar em relação à tecnologias e aprimorar seus conhecimentos em planejamento e controle de produção.

 

Quais são as principais responsabilidades do Analista de PCP?

 

Como você já viu, as funções do Analista de PCP não se restringem ao planejamento e controle do sistema de produção.

Na verdade, nós separamos 7 funções principais que o profissional desempenha no seu dia a dia para você conferir:

 

1. Analisar previsões de venda e planejar o plano de produção

 

É imprescindível que o Analista de PCP, junto com o departamento de Marketing/Comercial, analise as previsões de venda para poder planejar a produção e, consequentemente, poder atender aos requisitos dos clientes.

Com base na análise das previsões de venda e dos pedidos firmes, o analista estará apto para desenvolver o plano de produção.

 

2. Rodar o MRP e gerar necessidades de compras e produção

 

Depois, é necessário executar o MRP (Materials Requirement Planning), ou traduzindo, Planejamento das Necessidades de Materiais.

Quando há produtos acabados, é necessário determinar a quantidade de materiais exigidos na linha de produção e assim, saber o quanto deverá ser adquirido e fabricado para realizar o pedido de compra e seguir com o plano de produção.

Para ter esses dados e noções, é fundamental o uso de um ERP (Enterprise Resource Planning), ou Sistema de Planejamento de Recursos Empresariais, adequado na empresa.

 

3. Emitir solicitações de compra e acompanhar o processo

 

Após confirmar a quantidade de materiais necessários, é preciso que o Analista de PCP realize o pedido de compra para o setor designado.

O acompanhamento é feito através de follow-ups com fornecedores internos (compras e importação) para garantir os prazos de fabricação e abastecimento de estoque.

 

4. Conferir e liberar as ordens de produção

 

É por meio do MRP que o Analista de PCP fornece as ordens de produção. Depois de gerá-las, ele precisa confirmar e liberar as ordens para a fabricação.

Mas antes de criá-las, ele precisa seguir um checklist de documentações necessárias e deverá subdividir os documentos em “pastas” de fabricação, como por exemplo:

  • Delineamento do processo;
  • Lista de empenhos;
  • Desenhos para fabricação;
  • Roteiro de Produção;
  • Programa CNC;
  • Ficha técnica;
  • Fichas de inspeção.

 

5. Elaborar a programação da produção com o ERP 

 

Como você já viu, é fundamental ter um ERP (Enterprise Resource Planning) adequado na empresa.

Isso porque, é por meio dele que o Analista de PCP será capaz de coordenar a produção, integrar as atividades de cada setor e otimizar os recursos para implementar o plano da melhor forma possível.

Além disso, esse software de gestão promove a redução máxima de erros e falhas na empresa.

 

6. Gerenciar os indicadores de PCP

 

Afinal, o que é um planejamento e controle de produção sem um constante gerenciamento de seus indicadores?

É imprescindível que o analisa gere relatórios com base em dados preexistentes de fabricação, sempre visando a melhoria contínua dos resultados e outros insumos.

Além disso, é fundamental investigar a causa raiz de cada problema, para a chance de cometer o mesmo erro ser a mínima possível. Para isso, nós da Voitto utilizamos muito a ferramenta dos 5 Porquês.

 

7. Controlar a qualidade

 

Por último, mas não menos importante, temos o compromisso com a qualidade que toda empresa deve prezar. 

Por esse motivo, o profissional deve analisar o Registro de Não Conformidade (RNC). 

Nesse registro, devem ser verificados fatores como materiais e demandas insuficientes e acompanhamento de prazos de entrega. 

Dessa forma, os profissionais devem prezar pela prevenção de não conformidades nas tarefas para que não aconteçam novamente.

 

Como você viu, os Analistas de PCP possuem muitas funções essenciais para a produção de uma indústria ou empresa. Mas, você sabe quanto eles ganham em média?

 

Quanto ganha em média um Analista de PCP?

 

Segundo o site Vagas, os salários do cargo de Analista de PCP podem variar de R$ 2.325,00 a R$ 4.010,00, dependendo principalmente de fatores como tempo de experiência e localização

Portanto, no contexto atual, o Analista de PCP ganha, em média, R$ 3.043,00 mensais. 

Quer saber mais sobre a carreira de Analista de PCP e como o planejamento e controle de produção é importante para a sua empresa? Então, confira a dica que nós preparamos pra você!

 

Dica bônus!

 

Até agora você já leu muito sobre o profissional Analista de PCP. Mas, você sabe o que é de fato o planejamento e controle de produção (PCP)?

Mesmo que você seja um profissional da área ou deseja ingressar nessa carreira, é essencial buscar por qualificações que possibilitem o aprofundamento nos conceitos de PCP.

Por isso, nós preparamos um curso gratuito sobre Fundamentos de Planejamento e Controle de Produção, com ele você será capaz de avaliar os processos de uma empresa quanto aos objetivos de desempenho e obter uma visão sistêmica do seu negócio!

Para saber mais e começar agora mesmo o curso, clique no link abaixo!

Clique e confira o nosso curso!