Se você perguntasse a Taiichi Ohno, o grande responsável pela criação do Sistema Toyota de Produção e referência mundial em Lean Manufacturing, se ele gostaria que os processos produtivos de sua empresa fossem como uma lebre ou como uma tartaruga, qual você acha que seria a resposta?

Se você pensou prontamente, assim como eu, que seria a lebre, está errado! 

Taiichi citou esse exemplo para dizer que os processos de produção devem ser, na verdade, como uma tartaruga. Não entendeu? Vou explicar!

Enquanto a lebre dá “tiros” de alta velocidade e faz intervalos para descansar, a tartaruga permanece em um ritmo constante. 

É exatamente nisso que a metodologia just in time, da Toyota, se baseia: um ritmo de produção constante, através do Heijunka (nivelamento da produção), que permite reduzir estoques, produzir com qualidade, aumentar a flexibilidade, entre outros benefícios que veremos adiante. 

Já a lebre seria equivalente a um sistema produtivo com alto tempo de setup, que por mais que os processos sejam desempenhados de forma rápida, há um grande desperdício de tempo toda vez que a produção é parada.

Então, bora entender exatamente o que é esse tal de Heijunka, quais são os seus benefícios e como implementar o nivelamento em uma linha de produção.

Aproveite, também, a oportunidade de saber mais sobre Lean Manufacturing baixando o nosso Ebook gratuito Guia definitivo do Lean Seis Sigma.  Clique no botão abaixo e tenha em mãos um guia valioso para aumentar a produtividade e reduzir os custos de produção!

 

 

O que é Heijunka


 

Heijunka é o nivelamento da variedade e da quantidade de itens produzidos em um processo ao longo de um período de tempo. 

Esse tipo de nivelamento permite eliminar a variabilidade excessiva da produção, tornando-a mais repetitiva e previsível. Com isso, o Heijunka possibilita identificar as quantidades de matéria-prima e de produtos acabados que são realmente necessárias de se manter no estoque, o que possibilita a redução do número de itens estocados. 

Além disso, utilizar o Heijunka permite reduzir o lead time, aumentar a flexibilidade de resposta ao cliente e tornar a produção mais próxima da demanda real.


 

Assim, nivelar a produção é uma forma de minimizar as variações das quantidades produzidas, por meio de uma programação da produção que regula a frequência das atividades de produção, qualidade, expedição e transporte, sincronizando-as com a demanda do cliente.

 

 

Benefícios da implementação do Heijunka 

 

  • Redução na ocupação de armazéns por meio do equilíbrio na utilização de recursos;
  • Redução nos custos por meio da eliminação de desperdícios decorrentes da superprodução;
  • Aumento na flexibilidade de resposta para o cliente, permitindo uma produção mais próxima da demanda real;
  • Mudanças dos pedidos deixam de ser catastróficas. A empresa pode ajustar o seu rumo durante o dia, semana ou mês, gerando menos estresse aos próprios funcionários; 
  • Redução do estoque de produtos acabados e de matéria-prima, e consequentemente de lead time
  • Redução de custos extras com mão de obra e equipamentos, devido à utilização equilibrada dos recursos;
  • Melhora do planejamento, devido à estabilidade e ao conhecimento que se obtém dos processos; e
  • Redução do risco de não vender os produtos, já que a empresa está focada em produzir somente o que o cliente solicita.

 

Como implementar o Heijunka (nivelar a produção)?

 

Para começar a utilizar o Heijunka em uma empresa, você deve começar com os produtos que possuem o maior volume de produção e são fabricados com a maior frequência. 

Em seguida, é necessário entender de onde vêm as distorções de demanda que se originam dos próprios departamentos da empresa para que estas possam ser eliminadas e o cliente se torne o verdadeiro norteador da produção. 

Outro ponto de atenção deve ser o takt time, que deve ser definido e atualizado constantemente no Heijunka. Na Toyota, por exemplo, costuma-se fixar o intervalo de tempo de 6 meses como uma base para o plano de produção.  

O tamanho do estoque final de itens também precisa ser estabelecido de forma embasada para atender à demanda e evitar a superprodução.

Além disso, no Heijunka, os tempos de setup devem ser reduzidos para que a empresa possua a flexibilidade necessária para atender a novos pedidos e mudanças nas especificações do cliente. Utilizar pequenos lotes, em vez de lotes maiores, também é uma forma de cumprir com esse objetivo. 

Outro fator importante para o sucesso do Heijunka é a padronização das operações e a transição do sistema produtivo empurrado para puxado. 

Por fim, os dados do Planejamento e Controle da Produção (PCP) devem ser utilizados e convergidos para manter a produção nivelada. 

 

Exemplo de aplicação do Heijunka 
 

Uma empresa de autopeças produz 4 tipos de produtos que são distribuídos para diversas lojas do segmento. A empresa entrega seus produtos, na maioria dos casos, dentro do prazo estabelecido pelos clientes. 

Entretanto, para atender às demandas imprevisíveis, seu processo se apresentava bastante caótico, desde o processo de obtenção de matéria prima até o transporte do produto final. 

A falta de materiais para produção das peças era frequente e os custos com transportes emergenciais estavam cada vez mais caros.  

 

Devido a toda essa pressão de trabalho constante, o turnover na empresa era muito elevado, o que resultava na perda de colaboradores muito bons e consequentemente em gastos frequentes com treinamentos extras da equipe. 

 

O produto A leva 20 minutos para ser produzido, já os produtos B e C levam 10 minutos e o D, 40 minutos. A empresa trabalha em apenas 1 turno de produção, das 8 às 16h. 


Assim, a solução dos problemas que a empresa enfrentava foi a aplicação do Heijunka, que resultou na seguinte configuração do sistema produtivo:


 

Que tal se tornar um especialista em Lean Manufacturing?

 

Agora que você aprendeu o que é Heijunka e como nivelar a produção, que tal aprender ainda mais sobre os fundamentos do Lean?

Deter conhecimentos sobre como reduzir desperdícios e custos, assim como aumentar a produtividade de uma empresa, através da produção enxuta, com certeza vai te trazer diversos benefícios em sua atuação profissional e fazer com que você se destaque no mercado!

Então, está esperando o quê? Confira o nosso curso de introdução ao Lean Manufacturing completamente gratuito, inicie a sua jornada pelo conhecimento e alcance resultados incríveis!

Para se inscrever, é só clicar no botão abaixo: