Engana-se quem pensa que não há um longo caminho a se trilhar quando o assunto é liderança feminina. As profissionais mais destemidas sabem que para conquistar um cargo sênior dentro de uma empresa, é preciso enfrentar obstáculos, desbravar terrenos inexplorados e desconstruir rótulos e paradigmas ligados ao universo feminino.

Muitas mulheres estão de fato conquistando seu espaço no mercado e subindo alguns degraus na pirâmide organizacional, mas não na mesma proporção que alcançam o topo. Dados recentes divulgados pelo IBGE mostram que embora as mulheres representem pouco mais da metade (51,7%) dos trabalhadores brasileiros, somente 37,8% ocupam os cargos gerenciais existentes no país.

Meu objetivo aqui não é ditar regras ou fazer um manual de conduta sobre o que uma mulher deve ou não fazer para crescer na carreira. A intenção deste texto é justamente compartilhar com você conselhos que eu adoraria ter recebido antes de ocupar um cargo de liderança.

Te convido a refletir sobre a liderança feminina que existe dentro de você, aquela que te faz ser a dona da sua história, capaz de mudar o mundo se for preciso. Preparada? Então aqui vão algumas dicas que fizeram diferença na minha carreira e podem ser úteis para a sua:

 

Liderança é ação, não posição!

 

Um erro comum que muita gente comete é achar que ser líder é estar em uma posição de comando. A verdade é que a liderança está mais ligada a suas ações do que um cargo que irá te proporcionar algum tipo de status ou poder.

Tornar-se uma líder não é algo que acontece do dia para noite. É preciso trabalhar muito para ser capaz de motivar outras pessoas. Líder é quem inspira, convence, sonha e faz toda a equipe comprar a ideia do projeto. É o tipo de profissional que não deixa lugar para dúvidas e enxerga no erro uma possibilidade de aprendizado.

 

Antes de liderar os outros, lidere a si mesma

 

A primeira coisa que se deve saber quando se trata de liderança, independente do gênero, é que quase tudo se trata de um jogo mental, onde você é seu maior adversário.

Para ganhar esse jogo tudo só depende de você. E isso implica se conhecer, saber como agir diante dos desafios e, principalmente, saber o que você quer para si mesma. Portanto, trace metas pessoais para sua carreira e lute para alcança-las.

 

 

Confie na sua equipe e aprenda a delegar tarefas

 

Se você quer ser uma boa líder, aprenda a delegar tarefas. Não tente ficar no controle de tudo o tempo todo. Prepare seu time para compartilhar determinadas responsabilidades e se falharem, ensine-os a forma certa de fazer o que foi solicitado. Estimule-os a aprender com os erros para que se sintam valorizados.

Nossos liderados são como filhos. Por maior que seja o amor, é preciso dar espaço para que cresçam e se desenvolvam. Quanto mais eles se desenvolverem, mais tempo você terá para focar nas decisões estratégicas.

Lembre-se: ser líder é ser estratégica e não operacional.

 

Transforme as dificuldades em motivação

 

Mesmo que demonstrem forças diferentes em situações diferentes, mulheres e homens tem a mesma capacidade e potencial para ocupar cargos de liderança. No entanto, se essa trajetória for trilhada em uma área ou empresa dominada por homens isso demandará mais energia e perseverança por parte da mulher.

Ao se deparar com uma situação delicada no seu ambiente de trabalho pelo simples fato de ser uma mulher, administre suas emoções para que elas atuem a seu favor. Trabalhe sua inteligência emocional para transformar todas as suas dificuldades em motivação para que você consiga atingir seus objetivos.

Pode parecer difícil, mas eu sei que você é capaz!

 

Cuide da sua fonte de energia

 

Todo alpinista profissional sabe que chegar ao topo requer não só as habilidades certas, mas também força de vontade e energia. Por isso, cuide da sua fonte de energia!

E quando digo isso me refiro a sua energia física, mental, emocional e espiritual. Estar bem consigo mesma é essencial para ser capaz de gerar bons resultados. Sua atitude no trabalho depende diretamente do seu bem estar.

Pratique exercícios físicos, cultive emoções positivas acerca de si, procure encontrar um significado para sua vida e trabalhe sua mente para te ajudar a ter foco nas suas ações. Use sua energia para impactar quem está a sua volta!

 

Se você pensa que pode, então você pode

 

De nada adianta você se atentar a todos os fatores listados acima se você não tiver confiança no “seu taco”. Independente de quão longe você vá, nunca deixe de confiar em si mesma. Caso contrário não há nada que a faça sentir que você realmente chegou ao topo que traçou para si.

Meu maior conselho é: acredite em si mesma para ser capaz de conduzir uma equipe, seja apaixonada pelo que você faz para assegurar foco e energia aos seus liderados, e o mais importante, respeite as pessoas que estão ao seu lado para ser respeitada.

 

 

Para finalizar, gostaria de te convidar para assistir um bate-papo que aconteceu na véspera do dia da mulher aqui na Voitto com as consultoras Simone Lazzarini e Cíntia Antunes sobre os principais desafios que enfrentaram nas áreas de Engenharia e Consultoria. Clique no botão abaixo para acessar o vídeo!